alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE maioria

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Democratas conquistam maioria na Câmara dos EUA, em revés para Trump

    Democratas conquistam maioria na Câmara dos EUA, em revés para Trump

    Por John Whitesides

    WASHINGTON (Reuters) - Democratas aproveitaram uma onda de insatisfação com o presidente dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump, para conquistar o controle da Câmara dos Deputados, obtendo a oportunidade de bloquear a agenda de Trump e de colocar o governo norte-americano sob intensa fiscalização.

    Nas eleições parlamentares de terça-feira, dois anos depois de chegar à Casa Branca, Trump e seus colegas republicanos ampliaram a maioria no Senado, após uma campanha divisória marcada por fortes embates sobre raça, imigração e outras questões culturais.

    Entretanto, a perda da maioria na Câmara dos Deputados representou um amargo revés para o presidente, após uma campanha que se tornou uma espécie de referendo sobre sua liderança.

    Com algumas disputas ainda não decididas, os democratas parecem a caminho de ampliar sua bancada em mais de 30 assentos, muito além dos 23 que precisavam para estabelecer sua primeira maioria na Casa de 435 membros em oito anos.

    A nova Câmara dos Deputados terá a habilidade de investigar as declarações fiscais de Trump, possíveis conflitos empresariais de interesse e alegações envolvendo a campanha do presidente em 2016 e a Rússia.

    Os deputados também poderão forçar Trump a reduzir suas ambições legislativas, possivelmente condenando ao fracasso as promessas do presidente de construir um muro na fronteira com o México, de aprovar um segundo grande pacote de cortes fiscais e de aplicar mudanças nas políticas comerciais.

    Uma maioria simples na Câmara seria suficiente para abrir um processo de impeachment contra Trump se surgirem evidências de que ele obstruiu a Justiça ou de que sua campanha de 2016 conspirou com a Rússia. Entretanto, o Congresso não pode removê-lo do cargo sem a aprovação de dois terços do Senado, que é controlado pelos republicanos.

    A nova Câmara dos Deputados pode estar planejando lançar uma investigação usando os resultados do inquérito do procurador especial Robert Mueller sobre alegações de interferência Rússia a favor de Trump na eleição presidencial de 2016. Moscou nega ter interferido na votação e Trump nega qualquer conspiração.

    'Graças a vocês, amanhã será um novo dia nos Estados Unidos', disse a líder democrata na Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, a uma multidão de apoiadores em uma festa de vitória em Washington.

    'Nós teremos a responsabilidade de chegar a um consenso quando conseguirmos, e de defender nosso posicionamento quando não conseguirmos', disse Pelosi.

    Apesar de perder a maioria na Câmara dos Deputados, Trump escreveu no Twitter: 'Sucesso tremendo hoje à noite'.

    No Senado, onde democratas estavam defendendo assentos em 10 Estados onde Trump venceu em 2016, os republicanos derrotaram quatro democratas em exercício: Bill Nelson (Flórida), Joe Donnelly (Indiana), Heidi Heitkamp (Dakota do Norte) e Claire McCaskill (Missouri), desta forma ampliando sua liderança na Casa.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Com voto de Admar Gonzaga, maioria do TSE rejeita candidatura de Lula

    Com voto de Admar Gonzaga, maioria do TSE rejeita candidatura de Lula

    Por Ricardo Brito

    BRASÍLIA (Reuters) - A maioria dos integrantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou na noite desta sexta-feira para barrar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto com base na Lei da Ficha Limpa, após o quarto voto dado pelo ministro Admar Gonzaga.

    O colegiado também se posicionou, na linha do voto do relator, Roberto Barroso, para vetar a presença do petista no horário eleitoral no rádio e na TV e que a coligação dele substitua o nome do ex-presidente da disputa em até 10 dias.

    O programa eleitoral no rádio e na TV para presidente começa neste sábado. Apesar dos protestos da defesa, o relator defendeu se julgar o registro de Lula antes do horário eleitoral para evitar que ocorra insegurança jurídica.

    Votaram para rejeitar a participação de Lula --líder nas pesquisas de intenção de voto ao Planalto-- os ministros Roberto Barroso, Jorge Mussi, Og Fernandes e Admar Gonzaga. Até o momento apenas o ministro Edson Fachin se posicionou para liberar a presença do petista.

    Faltam ainda votar os ministros Tarcísio Vieira e a presidente do TSE, Rosa Weber.

    Em seu voto, Admar Gonzaga, que foi advogado da campanha da ex-presidente petista Dilma Rousseff no TSE em 2010, afirmou que a condenação de Lula pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4) enquadram Lula na Lei da Ficha Limpa.

    O ministro disse também que a recomendação do Comitê de Direitos Humanos da ONU, de defender que Lula possa ter assegurado seus direitos políticos e concorrer nas eleições, não tem força de lei no país.

    'Não é possível subordinar os comandos constitucional ao comando do comitê da ONU', disse.

    Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do tríplex do Guarujá (SP) a 12 anos e 1 mês de prisão. O petista, que está preso desde abril, alega inocência e ser alvo de perseguição política para impedi-lo de concorrer novamente à Presidência.

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. maioria

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.