alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE malasia

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Investigadores do voo MH370 dizem que controles podem ter sido manipulados

    Investigadores do voo MH370 dizem que controles podem ter sido manipulados

    Por Rozanna Latiff

    KUALA LUMPUR (Reuters) - Investigadores emitiram nesta segunda-feira um relatório sobre o desaparecimento do voo MH370, da Malaysia Airlines, nesta segunda-feira, dizendo que ambos os controles do Boeing 777 provavelmente foram manipulados deliberadamente para tirá-lo do curso, mas não foram capazes de determinar quem foi o responsável.

    Os investigadores não chegaram a nenhuma conclusão sobre o que aconteceu a bordo do avião, que desapareceu com 239 pessoas a bordo quando ia de Kuala Lumpur para Pequim no dia 8 de março de 2014, sem oferecer solução para um dos maiores mistérios da aviação mundial.

    'A reposta só pode ser conclusiva se os destroços forem encontrados', disse Kok Soo Chon, chefe da equipe de investigação de segurança do MH370, a repórteres.

    A Malásia cancelou em 29 de maio uma busca de três meses da empresa norte-americana Ocean Infinity, que vasculhou 112 mil quilômetros quadrados do sul do Oceano Índico sem fazer nenhuma nova descoberta relevante.

    Tratou-se da segunda grande busca, já que Austrália, China e Malásia encerraram uma operação infrutífera de 147,06 milhões de dólares em uma área de 120 mil quilômetros quadrados no ano passado.

    Investigadores malaios e de outras partes do mundo tentam entender por que o Boeing 777 se desviou milhares de quilômetros de sua rota programada e depois supostamente mergulhou no Oceano Índico.

    Especialistas acreditam que alguém desligou o transponder do MH370 propositalmente e depois o desviou para o Oceano Índico.

    A última comunicação do avião foi do capitão Zaharie Ahmad Shah, que se despediu dizendo 'Boa noite, malaio três sete zero' quando a aeronave deixou o espaço aéreo da Malásia.

    Um relatório final de 440 páginas divulgado pelo Escritório Australiano de Segurança na Aviação (ATSB) no ano passado mostrou que Zaharie fez uma rota em seu simulador de voo doméstico seis semanas antes que foi 'inicialmente semelhante' àquela de fato seguida pelo MH370.

    Um relatório forense da polícia malaia já havia concluído não ter havido atividades incomuns além de simulações de voo ligadas a videogames.

    Kok disse que os investigadores examinaram o histórico do piloto e de seu auxiliar e que ficaram satisfeitos com sua formação, seu treinamento e sua saúde mental.

    'Não podemos descartar que tenham havido uma interferência ilegal de uma terceira parte', afirmou Kok.

    Ele acrescentou que os históricos de todos os passageiros foram verificados por seu 15 países respectivos e aprovados.

    (Reportagem adicional de Ben Blanchard em Pequim)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Ex-premiê da Malásia é acusado de corrupção semanas depois de perder eleição

    Ex-premiê da Malásia é acusado de corrupção semanas depois de perder eleição

    Por Rozanna Latiff e Joseph Sipalan

    KUALA LUMPUR (Reuters) - Oito semanas depois de perder uma eleição, o ex-primeiro-ministro malaio Najib Razak foi acusado nesta quarta-feira de abuso de poder e quebra de confiança em uma investigação que analisa como bilhões de dólares desapareceram de um fundo estatal.

    Najib, que foi detido na terça-feira, se declarou inocente, mas as acusações e seu comparecimento ao tribunal foram a culminação de uma queda rápida e surpreendente para um premiê que liderou o país durante quase uma década.

    Acredito em minha inocência, e esta é a melhor chance de limpar meu nome , disse Najib aos repórteres do lado de fora da corte, depois de ser solto mediante uma fiança equivalente a 247 mil dólares.

    Muitos jornalistas e curiosos se acotovelaram para ter um vislumbre de Najib, e alguns apoiadores de seu partido UMNO cantaram e ergueram cartazes em apoio a um homem cujo pai, o segundo primeiro-ministro da Malásia, é tido em alta conta.

    Redes de televisão nacionais mostraram imagens ao vivo do comboio de Najib no tráfego do horário de pico matinal rumo à corte da capital, Kuala Lumpur, um espetáculo extraordinário que poucos poderiam ter imaginado antes da surpresa da eleição de 9 de maio.

    Najib escapou de alegações de corrupção durante três anos após revelações feitas em 2015 a respeito de milhões de dólares do problemático fundo estatal 1MDB que foram desviados para suas contas pessoais.

    Mas sua vida desmoronou desde a vitória eleitoral de seu antigo mentor e político mais calejado do país, Mahathir Mohamad, que voltou ao cargo de premiê que ocupou entre 1981 e 2003.

    Mahathir reabriu uma investigação sobre o fundo 1Malaysia Development Berhad (1MDB) e proibiu que Najib deixe o país. As acusações desta quarta-feira foram o cumprimento de uma promessa eleitoral de processar Najib, que ele chamou de ladrão durante a campanha.

    Além do abuso de poder, Najib recebeu três acusações de quebra de confiança criminosa, que podem acarretar até 20 anos de prisão. A acusação de abuso de poder implica em uma multa equivalente a cinco vezes o valor da gratificação .

    Ele recebeu ordens para entregar seus passaportes, e o juiz marcou seu julgamento para 18 de fevereiro do ano que vem.

    As acusações desta quarta-feira se relacionam a fundos de cerca de 10,4 milhões de dólares que supostamente foram da SRC International, uma antiga unidade da 1MDB, para a conta bancária pessoal de Najib – uma fração dos 4,5 bilhões de dólares que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos disse terem sido desviados do 1MDB.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Ex-premiê da Malásia é preso em investigação de corrupção

    Ex-premiê da Malásia é preso em investigação de corrupção

    Por Joseph Sipalan e Rozanna Latiff

    KUALA LUMPUR (Reuters) - Agentes de combate à corrupção na Malásia prenderam o ex-primeiro ministro do país Najib Razak, nesta terça-feira, como parte de uma investigação sobre recursos que desapareceram de um fundo estatal que ele criou há quase uma década, e autoridades disseram que o ex-premiê será acusado oficialmente em um tribunal na quarta-feira.

    Desde uma surpreendente derrota eleitoral para seu ex-mentor Mahathir Mohamad em maio, Najib está proibido de deixar a Malásia e teve milhões de dólares em itens apreendidos em propriedades ligadas a ele como parte de uma investigação sobre o fundo 1Malaysia Development Berhad (1MDB).

    Mahathir, de 92 anos, disse em entrevista à Reuters no mês passado que fraude e suborno com dinheiro estatal estavam entre as acusações que a Malásia pretendia apresentar contra Najib, de 64 anos, acrescentando que tinha um caso quase perfeito contra ele.

    Najib foi preso em investigação sobre a SRC International, uma ex-unidade do 1MDB, segundo uma força-tarefa responsável por investigar o fundo nesta terça-feira. Uma fonte próxima da família de Najib disse que ele deve ser acusado por abuso de poder na SRC.

    Agentes de combate à corrupção prenderam Najib em sua casa após entregar uma ordem de detenção, disseram fontes próximas à família. Um porta-voz de Najib não tinha comentário de imediato, e Najib tem negado repetidamente qualquer irregularidade.

    Fundado por Najib em 2009, o fundo 1MDB está sendo investigado em ao menos seis países por suposta lavagem de dinheiro e corrupção.

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. malasia

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.