alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE nigeria

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Argentina garante vaga na fase eliminatória com gol no fim e enfrentará a França

    Argentina garante vaga na fase eliminatória com gol no fim e enfrentará a França

    Por Simon Evans

    SÃO PETERSBURGO (Reuters) - A Argentina e seu talismã Lionel Messi avançaram à fase de mata-mata da Copa do Mundo por pouco nesta terça-feira, após um gol aos 41 do segundo tempo do defensor Marcos Rojo dar ao time uma vitória por 2 x 1 sobre a Nigéria, eliminando o time africano.

    A seleção bicampeã mundial irá enfrentar a França nas oitavas de final, enquanto a Croácia, que avançou como líder do Grupo D com nove pontos após vencer a Islândia por 2 x 1, jogará contra a Dinamarca.

        A Nigéria estava a minutos de avançar, até o zagueiro Rojo marcar depois de cruzamento de Gabriel Mercado.

        A Islândia lutava simultaneamente com toda sua força nórdica por uma vitória sobre a Croácia em Rostov-on-Don, que poderia garantir sua classificação. Os argentinos, no entanto, tinham muito pela frente para se preocupar com a Nigéria.

    Messi colocou a Argentina na frente aos 14 minutos do primeiro tempo com um belo gol, mas os africanos igualaram com pênalti cobrado por Victor Moses aos 6 do segundo tempo. A Argentina lutou para responder ao empate, mas teve uma atuação irregular no segundo tempo.

    Apesar de todo seu talento ofensivo, foi o zagueiro Rojo que conseguiu o golpe decisivo, com um poderoso e preciso chute de primeira, sem deixar a bola cair no chão.

    “O que importa é que avançamos”, disse Messi, que foi saudado pelo compatriota Diego Maradona, que assistia na arquibancada, junto à grande e apaixonada torcida argentina.

        “Nós sabíamos que iríamos vencer, nós estávamos confiantes que Deus iria nos ajudar, que tudo sairia bem. Mas nós não esperávamos a complicação do empate, sofrer tanto.”

        O jogo começou de forma ideal para o time de Jorge Sampaoli, que havia conseguido somar apenas um ponto em seus dois primeiros jogos.

        Uma bola diagonal de Éver Banega foi dominada de forma sublime na coxa de Messi, que então superou o jovem goleiro nigeriano, Francis Uzoho, para abrir o placar.

        A escolha de Banega se mostrou uma opção inspirada de Sampaoli, com o meia do Sevilha fornecendo o serviço de qualidade que até o momento estava em falta na Rússia.

        Foi um primeiro tempo impressionante para a Argentina, mas o jogo iria mudar pouco depois do intervalo.

        Defendendo um escanteio, o argentino Javier Mascherano marcou Leon Balogun dentro da área e então o nigeriano caiu e o árbitro turco Cuneyt Cakir apitou um pênalti.

        Após longos e exaltados protestos dos jogadores argentinos, Moses conseguiu manter a calma e superar o goleiro Franco Armani para igualar o placar.

        

    CHANCES PERDIDAS

    A Nigéria perdeu diversas chances de virar o placar e assegurar sua vaga nas oitavas de final e ficou furiosa que a revisão do árbitro de vídeo não concedeu um pênalti por um possível toque de mão de Rojo.

        Do outro lado, Gonzalo Higuaín chutou para longe quando livre na área, um erro que poderia assombrá-lo quase tanto quanto o gol que perdeu na partida contra a Alemanha há quatro anos no Brasil.

        Mas para salvar Higuaín e seus companheiros de equipe de maneira improvável surgiu Rojo, do Manchester United, que manteve vivas as esperanças da Argentina no torneio e deixou a Nigéria em total desespero.

        “É o que é. Não era para ser”, disse o capitão da Nigéria, John Obi Mikel.

        “Este é um time jovem, no entanto, e em quatro anos a maioria estará pronta para este torneio. Estou orgulhoso dos garotos, eles foram muito bem.”

        Enquanto a Nigéria mira o futuro, a Argentina olha para o presente, à medida que segue para a fase de mata-mata pela quarta vez consecutiva em Copas do Mundo, desde que foi eliminada na fase de grupos em 2002.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Após surpreender Argentina, Islândia mira bom resultado contra Nigéria, diz Gunnarsson

    Após surpreender Argentina, Islândia mira bom resultado contra Nigéria, diz Gunnarsson

    Por Philip O'Connor

    GELENDZHIK, Rússia (Reuters) - A estreia dos sonhos da seleção da Islândia em uma Copa do Mundo assegurou um ponto inesperado contra a bicampeã Argentina, no sábado, mas Aron Gunnarsson e seus companheiros de equipe já colocaram o resultado para trás e voltaram suas atenções para o próximo desafio, contra a Nigéria.

    Os islandeses mostraram sua determinação mais uma vez no confronto com os argentinos, conseguindo um empate por 1 x 1 após terem saído atrás no placar contra a equipe liderada por Lionel Messi -- que teve um pênalti defendido pelo goleiro Hannes Halldorsson.

    Agora precisamos focar na Nigéria. Não podemos relaxar agora, se não focarmos na Nigéria e não conseguirmos um bom resultado, esse ponto não terá utilidade para nós , disse o meio-campista a repórteres em sessão de treino neste domingo.

    O time islandês deixou Moscou imediatamente após o jogo com a Argentina e voltou para sua base em Gelendzhik, no litoral do Mar Negro, onde está treinando em um modesto estádio de futebol local.

    Gunnarsson disse que não conseguiu dormir antes das 4h da manhã após a estreia de seu país em um Mundial. A adrenalina continuava alta, mas foi apenas uma parte. Acho que quando você joga um jogo como esse, é difícil acalmar tudo , disse.

    O jogador de 29 anos disse que a Islândia respeitou os adversários mais conhecidos da seleção argentina, mas não se intimidou diante de nomes como Messi.

    Se você fica parado e idolatra ele, ele vai passar por você e vai marcar o gol, ele vai tirar proveito disso. É importante respeitar, mas jogar nosso futebol normal , afirmou.

    A Nigéria, próxima adversária da Islândia, perdeu por 2 x 0 para a Croácia na outra partida do Grupo D no sábado. Com o resultado, os croatas lideram a chave com três pontos, enquanto Islândia e Argentina têm um ponto, e a Nigéria, zero.

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. /
    3. noticias
    4. /
    5. tags
    6. /
    7. nigeria
    8. /

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.