alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE omc

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia OMC reduz projeção para crescimento do comércio de produtos em 2018 e 2019

    OMC reduz projeção para crescimento do comércio de produtos em 2018 e 2019

    GENEBRA (Reuters) - O crescimento do comércio mundial de produtos deve ser mais lento do que o previsto anteriormente em 2018 e 2019, embora os efeitos econômicos diretos da guerra comercial tenham sido modestos até agora, afirmou nesta quinta-feira a Organização Mundial do Comércio (OMC).

    A OMC projeta que o comércio mundial de produtos crescerá 3,9 por cento este ano, contra 4,4 por cento estimados em abril. Em 2019 o crescimento do comércio foi estimado em 3,7 por cento, contra estimativa anterior da OMC de 4,0 por cento.

    A OMC afirmou em um comunicado que alguns dos riscos negativos já alertados ??em abril haviam se materializado. Na época, o diretor-geral da OMC, Roberto Azevêdo, advertiu que a recuperação robusta do comércio global, depois de uma década no marasmo, poderia ser prejudicada por uma disputa de restrições comerciais.

    'Os efeitos econômicos diretos dessas medidas foram modestos até o momento, mas a incerteza que eles geram já pode estar tendo impacto através da redução dos gastos com investimentos', disse o comunicado da OMC.

    'Embora o crescimento do comércio continue forte, esse rebaixamento reflete as tensões aumentadas que estamos vendo entre os principais parceiros comerciais', disse Azevêdo, segundo o comunicado.

    'Mais do que nunca, é fundamental que os governos trabalhem com suas diferenças e demonstrem contenção. A OMC continuará apoiando esses esforços e assegurando que o comércio continue a ser um motor de melhores padrões de vida, crescimento e criação de empregos em todo o mundo'.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Tensão comercial entre EUA e China pode escalar para outras áreas, diz diretor-geral da OMC

    Tensão comercial entre EUA e China pode escalar para outras áreas, diz diretor-geral da OMC

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, afirmou que está muito preocupado com o aumento da tensão comercial entre Estados Unidos e China após nova rodada de tarifas entre si nesta semana, dizendo temer que o conflito entre as duas maiores economias do mundo escale para outras áreas.

    'Não fiquei surpreso e sabia que...esse era o destino...estou muito preocupado', disse ele a jornalistas ao frisar que a relação entre China e EUA pode piorar ainda mais.

    'Sinceramente, não acho que acabou não. Tem muita munição e pode escalar para outras áreas que não a tarifária. Pode não ficar apenas na área comercial', acrescentou.

    A China e os Estados Unidos mergulharam mais fundo na guerra comercial nesta semana, depois que Pequim acrescentou 60 bilhões de dólares em produtos norte-americanos à sua lista de tarifas de importação em retaliação aos planos do presidente Donald Trump de impor tarifas sobre 200 bilhões de dólares em produtos chineses. [nL2N1W416C]

    Não há outro caminho para a solução do conflito que não seja o órgão multilateral, defendeu Azevêdo, lembrando que vem discutindo uma reforma para fortalecer a OMC e atender demandas dos países membros.

    'As partes (China e EUA) estão constantemente se falando sem haver progresso', disse ele a jornalistas em evento na Federação da Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

    'Essa conversa de fazer uma reforma é para tentar encontrar um campo de jogo que cubra as preocupações de todos os lados, em particular esse dois (China e EUA). O diálogo bilateral acontece, mas ele sozinho não vai resolver.'

    O diretor-geral da OMC admitiu a possibilidade de existir um órgão de solução de controvérsias sem a presença da maior economia mundial. O presidente dos EUA, Donald Trump, defende a retirada dos EUA do organismo.

    A OMC tem se dedicado a 'forçar' Estados Unidos e China a resolverem suas diferenças comerciais por meio do diálogo e explicou que o órgão já alertou sobre o efeito dominó que as dificuldades comerciais entre os dois países pode gerar.

    (Por Rodrigo Viga Gaier)

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. omc

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.