alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE pesquisas

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bolsonaro pede que eleitores 'jamais confiem em pesquisas' e não relaxem

    Bolsonaro pede que eleitores 'jamais confiem em pesquisas' e não relaxem

    (Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, que lidera com folga as pesquisas de intenção de voto para o segundo turno da disputa pelo Palácio do Planalto, pediu nesta quinta-feira que os eleitores 'jamais confiem' nos levantamentos e não relaxem na reta final da disputa contra Fernando Haddad (PT).

    'Jamais confiem em pesquisas! Não relaxemos! Quando não falamos sobre as tais nos criticam e quando falamos fazem o mesmo. Tudo é motivo para tirarem do contexto e tentar induzi-lo para o que lhes interessa! Nossa pesquisa é o sentimento nas ruas! Grato a todos pela consideração!', escreveu o candidato em mensagem no Twitter.

    Bolsonaro lidera o segundo turno da disputa presidencial com 59 por cento dos votos válidos, de acordo com a mais recente pesquisa Ibope, enquanto Haddad aparece com 41 por cento.

    Na quarta-feira, em entrevista a jornalistas no Rio de Janeiro, Bolsonaro disse que já está com uma 'mão na faixa' presidencial porque Haddad não conseguirá reverter a desvantagem apontada pelas pesquisas até o dia da votação em segundo turno.

    'Ele não vai tirar 18 milhões de votos de agora até daqui a dois domingos”, disse Bolsonaro a repórteres após visitar a Superintendência da Polícia Federal no centro da capital fluminense.

    Além da publicação sobre as pesquisas eleitorais, Bolsonaro também escreveu mensagem no Twitter na manhã desta quinta-feira contra o PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mentor político de Haddad.

    'Brasil: Um povo esgotado de pagar impostos e não ter respostas, dilacerado pelos maiores escândalos de corrupção da história protagonizados pelo partido do líder que continua dando ordens de dentro da cadeia. Transborda no brasileiro o sentimento angustiante de mudança', disse.

    'Sempre dissemos que não existe salvador da pátria, mas graças a união do brasileiro temos a chance real de não virarmos a próxima Venezuela'.

    (Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Onyx diz que campanha de Bolsonaro não se deixará levar por pesquisas eleitorais

    Onyx diz que campanha de Bolsonaro não se deixará levar por pesquisas eleitorais

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), indicado para ser ministro da Casa Civil, caso o líder nas pesquisas Jair Bolsonaro (PSL) vença o segundo turno da eleição presidencial no dia 28 de outubro, disse que a campanha do ex-capitão do Exército não se deixará levar pelos resultados de pesquisas que mostram ampla vantagem dele sobre o petista Fernando Haddad.

    Segundo Onyx, desde antes do primeiro turno havia uma desconfiança da campanha do PSL com o resultado das pesquisas de intenção de voto, e não vai ser agora, quando os levantamentos mostram vantagem sobre Haddad no segundo turno, que eles irão enaltecer os números das sondagens.

    Pesquisa Ibope divulgada na segunda-feira mostrou Bolsonaro com 59 por cento dos votos válidos, contra 41 por cento de Haddad.

    “Não ganhamos nada e trabalhamos em toda campanha com princípio, valores e muita humildade. Todos os dias botamos o joelho no chão, agradecemos e pedimos proteção. Vamos vencer a eleição se for a vontade do povo brasileiro”, disse Onyx a jornalistas.

    “Assim como nós tínhamos críticas nas primeiras pesquisas, não é agora que a gente não sabe se elas estão sendo ajustadas ou não que vamos valorizar”, acrescentou.

    Mais cedo, após visitar a sede da Polícia Federal, no Rio de Janeiro, Bolsonaro deu um tom mais otimista e afirmou que já estava com a mão na faixa presidencial. Disse que dificilmente Haddad conseguiria reverter uma diferença tão grande faltando tão pouco tempo para a votação de 28 de outubro.

    “Nós estamos com uma mão na faixa, é verdade. Pode até não chegar lá, mas estamos com uma mão na faixa. Ele não vai tirar 18 milhões de votos de agora até daqui a dois domingos”, disse Bolsonaro a jornalistas.

    Lorenzoni pediu para que todos os eleitores de Bolsonaro trabalhem pela candidatura do ex-capitão do Exército que a a eleição dele se concretize.

    (Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. pesquisas

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.