alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE sbm

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Petrobras obtém mais de R$3 bi em ressarcimentos por Lava Jato após pagamento da SBM

    Petrobras obtém mais de R$3 bi em ressarcimentos por Lava Jato após pagamento da SBM

    Por Marta Nogueira

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras recebeu até agora mais de 3 bilhões de reais em restituições feitas por empresas e pessoas envolvidas em casos de corrupção investigados pela operação Lava Jato, apontaram dados compilados da companhia e do governo nesta segunda-feira.

    O montante inclui pagamento de 549 milhões de reais realizado à Petrobras na sexta-feira pela maior empresa de afretamento de plataformas no mundo, a SBM Offshore, também uma das principais fornecedores da Petrobras.

    O pagamento da SBM, que se soma aos mais de 2,5 bilhões de reais recebidos pela Petrobras até agosto, foi fruto de acordo de leniência com o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU), reiteraram a pasta e o órgão nesta segunda-feira.

    Assinado em julho, o acordo com a SBM previa a restituição da primeira parte dos valores --em até 90 dias--, sendo 264 milhões de reais relativos à multa administrativa e 285 milhões de reais em antecipação de danos.

    No total, a empresa holandesa se comprometeu a pagar 1,22 bilhão de reais.

    Em meio às investigações da Operação Lava Jato, a SBM foi acusada no Brasil de irregularidades em contratos com a Petrobras.

    A segunda parcela do acordo de leniência, previsto na Lei Anticorrupção, inclui o abatimento do valor de cerca de 667 milhões de reais, em pagamentos futuros, devidos pela Petrobras à SBM, com base em contratos vigentes de afretamento e operação.

    O total em ressarcimentos obtidos até o momento, no entanto, representa uma parcela inferior a 10 por cento do que a empresa espera receber como vítima dos casos de corrupção.

    Em 28 de agosto, a Petrobras informou em nota que ainda buscava o ressarcimento de mais de 40 bilhões de reais referentes a indenizações e multas no âmbito da Lava Jato.

    (Por Marta Nogueira)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia SBM fecha acordo de leniência que prevê mais de R$1 bi à Petrobras

    SBM fecha acordo de leniência que prevê mais de R$1 bi à Petrobras

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A fornecedora de plataformas holandesa SBM Offshore assinou com autoridades brasileiras e Petrobras nesta quinta-feira um acordo de leniência que prevê um montante de mais 1 bilhão de reais à petroleira, incluindo abatimentos de valores em pagamentos futuros, informou a estatal.

    O acordo prevê o pagamento de 549 milhões de reais, pela SBM à Petrobras, em até 90 dias, além do abatimento do valor nominal de 179 milhões de dólares de pagamentos futuros, devidos pela Petrobras à SBM, com base em contratos vigentes.

    A medida acontece a partir da descoberta de um enorme escândalo de corrupção na petroleira brasileira em meio a investigações de autoridades na operação Lava Jato. Diante das apurações, a SBM foi acusada no Brasil por executar irregularidades em contratos com a Petrobras.

    O valor a ser recebido pela Petrobras soma-se ao montante de 1,475 bilhão de reais, já recebido pela companhia até o momento, a título de ressarcimento de danos, por meio de acordos de colaboração premiada.

    A partir do acordo, assinado ainda pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), a Advocacia-Geral da União (AGU), o grupo SBM --o maior de afretamento de plataformas no mundo e um dos principais fornecedores da Petrobras-- fica apto a participar das licitações em curso e de contratações futuras.

    No entanto, a Petrobras ponderou que, nesse caso, a SBM terá de passar por todos os filtros e controles de conformidade a que estão submetidos os fornecedores da Petrobras.

    O processo de negociação, destacou a Petrobras, foi iniciado em março de 2015, e um acordo de leniência foi assinado e divulgado ao mercado em 15 de julho de 2016. Entretanto, não entrou em vigor por não ter sido homologado pelo Ministério Público Federal.

    (Por Marta Nogueira)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Justiça determina indisponibilidade de US$893 mi da SBM por danos à Petrobras

    Justiça determina indisponibilidade de US$893 mi da SBM por danos à Petrobras

    SÃO PAULO (Reuters) - Uma decisão judicial determinou a indisponibilidade de 892,7 milhões de dólares do grupo holandês SBM por danos causados à Petrobras em meio a desvios em contratos com a estatal, além de uma multa civil, segundo o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro, responsável pela ação.

    A medida acontece a partir da descoberta de um enorme escândalo de corrupção na petroleira brasileira em meio a investigações de autoridades na operação Lava Jato.

    O montante deverá ser retido pela Petrobras de valores mensais devidos às empresas do grupo SBM em contratos de afretamento vigentes para a operação dos navios-plataforma Espadarte/Anchieta, Capixaba, Paraty, Ilhabela, Maricá e Saquarema.

    A SBM havia informado na véspera sobre uma ordem judicial no Brasil que obrigava a retenção de pagamentos da Petrobras à companhia, mas sem citar valores.

    Segundo o MPF-RJ, também foi decretada a indisponibilidade de montante correspondente à receita obtida pela SBM com os contratos em que houve pagamento de propina a funcionários da Petrobras. Nesse caso, a Justiça determinou que a empresa demonstre a taxa de retorno dos contratos para definir o valor referente a essa parcela.

    Caso a companhia não apresente as informações, a Justiça poderá fixar o valor com base no percentual de 8 por cento indicado pelos procuradores, o que resultaria em um valor mínimo estimado de 596,4 milhões de dólares, segundo o MPF-RJ.

    A 12ª Vara Federal do Rio de Janeiro ainda considerou legítimo pedido dos procuradores para incluir a SBM Offshore holandesa no polo passivo da ação, em conjunto com SBM Holding e SBC Offshore do Brasil.

    Empresas da SBM e ex-executivos da SBM e da Petrobras são réus no processo.

    Procurada no Brasil, a SBM não pode responder imediatamente ao pedido de comentários.

    (Por Luciano Costa)

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. sbm

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.