alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE tempestade

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Número de mortos por fortes chuvas na África do Sul se aproxima de 70, diz governo

    Número de mortos por fortes chuvas na África do Sul se aproxima de 70, diz governo

    DURBAN/JOHANESBURGO (Reuters) - Cerca de 70 pessoas morreram na África do Sul em decorrência de chuvas torrenciais ao longo da costa leste, disse um porta-voz do governo nesta quinta-feira, e equipes de resgate ainda procuram corpos.

    A província de KwaZulu-Natal, onde a maioria das mortes ocorreu após tempestades e deslizamentos de terra, tem fortes chuvas a cada ano, mas que raramente matam tantas pessoas em tão pouco tempo.

    O número de vítimas fatais 'se aproxima de 70', afirmou Lennox Mabaso, porta-voz do Departamento de Governança Cooperativa e Assuntos Tradicionais, por telefone.

    'Não me lembro disso na história', disse ele, atribuindo a severidade da tempestade e seus impactos à mudança climática.

    Uma testemunha da Reuters viu equipes resgatarem o corpo de uma mulher que foi retirada da lama por moradores locais. Mabaso disse que um número mais preciso de mortes seria dado posteriormente nesta quinta-feira.

    Testemunhas relataram na quarta-feira como as águas das enchentes e os deslizamentos de terra atingiram as casas, muitas com pessoas dentro, e destruíram vias e outras infraestruturas.

    As chuvas fragmentaram pedaços de colinas e vias da região, varrendo carros, telhados de zinco e outros escombros pelas profundas trincheiras de lama deixadas para trás.

    Em outros locais, pessoas enterraram seus mortos em encostas enlameadas pela tempestade, marcando o lugar de descanso com cruzes simples de madeira.

    Vanetia Phakula, uma consultora sênior do Serviço Meteorológico da África do Sul, disse que a tempestade não é vista como incomum, embora o nível de chuvas possa ter sido maior do que o normal.

    Mais de 100 milímetros de água foram registrados em diversas estações na região entre a manhã de segunda-feira e terça-feira, acrescentou ela.

    Phakula disse que o alto índice de mortes poderia ser explicado pelas inundações e pelos deslizamentos que ocorreram em áreas mais povoadas.

    'Portanto, o número de mortos é o que é hoje', afirmou.

    Enquanto mais chuvas são esperadas para esta quinta-feira, elas não devem ser tão fortes, e o serviço de meteorologia previu clima seco na maioria das áreas até sexta-feira, acrescentou ela.

    (Reportagem de Rogan Ward em Durban e Emma Rumney em Johanesburgo)

    18

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Tempestade Florence causa alagamentos e deixa ao menos 5 mortos nas Carolinas

    Tempestade Florence causa alagamentos e deixa ao menos 5 mortos nas Carolinas

    Por Ernest Scheyder

    WILMINGTON, Estados Unidos (Reuters) - O Florence atingiu a costa da Carolina nesta sexta-feira, derrubando árvores, despejando quase um metro de chuva em alguns pontos e provocando a morte de cinco pessoas antes de ter sido reduzido para uma tempestade tropical ainda capaz de causar estragos.

    Entre as primeiras mortes causadas pela tempestade estão uma mãe e seu bebê, que morreram quando uma árvore caiu em cima da casa em que estavam em Wilmington, Carolina do Norte. O pai da criança ficou ferido e foi levado para um hospital.

    No condado de Pender, na Carolina do Norte, uma mulher sofreu um ataque cardíaco fatal; paramédicos que tentavam socorrê-la foram bloqueados por destroços. Duas vítimas morreram no condado de Lenoir. Um homem de 78 anos foi eletrocutado tentando conectar cabos de extensão, enquanto outro homem morreu quando foi atingido por fortes ventos enquanto checava seus cães de caça, disse um porta-voz do condado.

    “Para os que estão no caminho da tempestade, se puderem me ouvir, por favor permaneçam abrigados”, disse o governador da Carolina do Norte, Roy Cooper, em entrevista coletiva em Raleigh, acrescentando que o Florence irá “continuar seu trabalho violento pelo Estado durante dias”.

    O Florence era um furacão de categoria 3 com ventos de 190 quilômetros por hora na quinta-feira, mas caiu para categoria 1 antes de chegar em terra firme.

    Após chegar na costa, o Florence caiu para um ritmo que provavelmente deixará o sistema prolongado por dias. O Centro Nacional de Furacões reduziu o Florence para uma tempestade tropical, mas disse que surtos ameaçadores à vida e enchentes catastróficas são esperados em partes da Carolina do Sul e Carolina do Norte.

    A maré ciclônica, água empurrada por uma tempestade sobre terra que normalmente estaria seca, “submergiu” a cidade de New Bern no encontro dos rios Neuse e Trent, disse Cooper.

    Partes da Carolina do Norte e da Carolina do Sul devem receber até um metro de chuva.

    Mais de 60 pessoas, incluindo muitas crianças, foram retiradas de um hotel em Jacksonville, Carolina do Norte, após fortes ventos derrubarem parte do telhado. Muitas das pessoas estavam com animais de estimação.

    Maysie Baumgardner, de 7 anos, se abrigou com sua família no Hotel Ballast, no centro de Wilmington, conforme enchentes geradas pelo Florence preenchiam as ruas. “Estou um pouco assustada agora”, disse, “mas eu tenho meu iPad e estou assistindo Netflix”.

    Vídeos gravados em diversas cidades das Carolinas mostravam membros de equipes de emergência caminhando com água na altura das coxas.

    A Casa Branca informou nesta sexta-feira que o presidente Donald Trump irá viajar à região na próxima semana, a não ser que sua visita atrapalhe esforços de limpeza e resgate.

    22

    9 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. tempestade

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.