alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE todos

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Quem vencer eleição terá que conversar com todos setores para poder governar, diz Haddad

    Quem vencer eleição terá que conversar com todos setores para poder governar, diz Haddad

    BRASÍLIA (Reuters) - O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, novamente abriu brechas para conversas com rivais, ainda na eleição ou no caso de eleito, e afirmou nesta segunda-feira que o vencedor dessas eleições presidenciais terá que conversar com todos os segmentos da sociedade para conseguir governar.

    'Não vamos resolver tudo no dia 7 ou 28 de outubro. Às vezes eu vejo aí candidato dizendo 'eu vou sair muito forte (da eleição) e vou aprovar tudo em três meses'. Não vai acontecer isso, não ocorrerá', disse o petista em conversa com blogueiros de sites considerados mais alinhados com a esquerda.

    'O que vai acontecer que é quem ganhar vai ter que vir 'piano' conversar com as pessoas, recompor, retecer, vai ter um trabalho aí de costurar, de cerzir um tecido que foi esgarçado. Porque foi o que aconteceu na sociedade brasileira', disse Haddad.

    Os candidatos do PDT, Ciro Gomes, e do PSDB, Geraldo Alckmin já disseram que pretendem usar a força das urnas para aprovar todas as suas principais propostas nos primeiros seis meses de governo.

    'Vamos ter que reconstruir até no imaginário das pessoas alguma confiança no sistema político', disse Haddad, defendendo ainda que o próximo presidente precisará ser uma pessoa 'paciente, detalhista, controlada, disciplinada e também determinada'.

    Haddad voltou a falar de uma possível aliança de centro-esquerda para o segundo turno e fala com otimismo de ter uma candidatura de centro-esquerda, seja sua ou de Ciro, no segundo turno.

    'Dois anos atrás eu duvidava que pudéssemos ter um candidato de centro-esquerda no segundo turno. Agora vamos ter ali alguém disputando voto a voto', afirmou.

    Haddad voltou a criticar Jair Bolsonaro (PSL) e disse que o país está em uma encruzilhada histórica, onde de um lado estão os direitos e do outro, ameaças de uma ditadura em suas 'formas contemporâneas'.

    Ainda assim, disse o petista, o partido não pode desconsiderar os eleitores de Bolsonaro e precisa abrir brechas para um diálogo.

    'Temos também que dialogar com o eleitorado do Bolsonaro. Não podemos dar de barato que esse eleitorado não é nosso. Pode estar faltando conversa, argumento, diálogo', defendeu.

    (Reportagem de Lisandra Paraguassu)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia 'Milagre ou ciência?': Mergulhadores retiram 12 meninos e treinador de caverna na Tailândia

    'Milagre ou ciência?': Mergulhadores retiram 12 meninos e treinador de caverna na Tailândia

    Por John Geddie e Panu Wongcha-um

    CHIANG RAI, Tailândia (Reuters) - Todos os 12 meninos e seu treinador de futebol que ficaram presos por mais de duas semanas dentro de uma caverna inundada na Tailândia foram resgatados, informou a Marinha tailandesa nesta terça-feira, em um final feliz para uma perigosa operação de resgate acompanhada com atenção no mundo todo.

    Não temos certeza se isso é um milagre, ciência, ou o que é. Todos os treze Javalis Selvagens estão agora fora da caverna , disse a unidade de elite da Marinha tailandesa em sua página oficial no Facebook.

    O jogadores do time de futebol Javalis Selvagens , com idades entre 11 e 16 anos, e seu treinador de 25 anos ficaram presos em 23 de junho enquanto exploravam o complexo de cavernas na província de Chiang Rai, no norte do país, depois de um treino. Eles foram surpreendidos por uma chuva que inundou os túneis do local.

    Mergulhadores britânicos encontraram os 13, famintos e amontoados na escuridão em um banco de lama em uma câmara parcialmente inundada a vários quilômetros da entrada do complexo, na segunda-feira da semana passada.

    Depois de uma avaliação de vários dias sobre como tirar os 13, uma operação de resgate foi iniciada no domingo, quando quatro dos meninos foram resgatados amarrados a mergulhadores.

    Outros quatro foram resgatados na segunda-feira, e os quatro últimos meninos e o técnico foram retirados nesta terça-feira.

    As comemorações pelo resgate serão marcadas, no entanto, pela tristeza da perda de um ex-mergulhador da Marinha tailandesa que morreu na sexta-feira durante uma missão de reabastecimento dentro da caverna em apoio à operação de resgate.

    Os cinco últimos foram retirados da caverna em macas um por um ao longo desta terça-feira e levados de helicóptero para o hospital.

    Três membros da unidade de elite da Marinha e um médico do Exército, que ficou com os meninos desde que foram encontrados, foram as últimas pessoas a sair da caverna, de acordo com a Marinha.

    As autoridades tailandesas não divulgaram detalhes sobre a missão de resgate durante seu andamento, de forma que informações sobre o último dia do salvamento e sobre as condições dos últimos cinco a serem salvos não estavam disponíveis de imediato

    Os oito garotos que saíram no domingo e na segunda-feira estavam bem de saúde, e alguns pediram pão de chocolate no café da manhã, disseram autoridades. Dois dos meninos estão com suspeita de infecção pulmonar, mas os quatro meninos do primeiro grupo resgatado estavam todos andando no hospital.

    Voluntários de lugares tão distantes quanto a Austrália e os Estados Unidos ajudaram nos esforços de resgate dos meninos. Militares dos EUA também ajudaram.

    As autoridades não revelaram a identidade dos meninos enquanto eram eles levados para fora da caverna. Os pais dos quatro meninos resgatados no domingo foram autorizados a vê-los através de uma janela de vidro no hospital, disseram autoridades de saúde pública nesta terça-feira, mas eles ficarão em quarentena por enquanto.

    As autoridades disseram que os meninos resgatados não foram identificados por respeito às famílias cujos filhos ainda estavam presos no interior da caverna.

    Os meninos ainda estavam sendo colocados em quarentena até mesmo de seus pais devido ao risco de infecção, e provavelmente serão mantidos no hospital por uma semana para exames.

    (Reportagem de Panu Wongcha-um, Juarawee Kittisilpa, Patpicha Tanakasempipat, John Geddie e James Pomfret, em Chiang Rai, e Aukkarapon Niyomyat, Panarat Thepgumpanat, Amy Sawitta Lefevre e Chayut Setboonsarng, em Bangcoc)

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. todos

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.