alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE transi

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Moro deve assumir posição na equipe de transição mesmo sem ter pedido exoneração

    Moro deve assumir posição na equipe de transição mesmo sem ter pedido exoneração

    BRASÍLIA (Reuters) - O juiz Sérgio Moro deverá assumir uma posição na equipe de transição do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro e sua nomeação deverá ser publicada nos próximos dias no Diário Oficial, de acordo com informações repassadas pela equipe de transição.

    Moro deverá ter agenda já na quarta-feira em Brasília, incluindo um encontro com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

    O juiz, no entanto, ainda continua ligado à magistratura e pretende pedir sua exoneração apenas em janeiro deste ano, depois de tirar dois períodos de férias consecutivos, excedentes de anos anteriores, e parte do recesso de final de ano no Judiciário.

    Em carta enviada na segunda-feira à Corregedoria do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o juiz informou que estaria em férias até o dia 21 deste mês e, em seguida, emendaria com outro período entre o dia 21 e 19 de dezembro. Apenas depois disso, na véspera de sua nomeação como ministro da Justiça, assinaria seu pedido de exoneração.

    Em entrevista na tarde desta terça, Moro afirmou que não pediu exoneração ainda porque depende do salário de juiz e ainda assumiu qualquer cargo, o que acontecerá apenas em janeiro.

    De acordo com a lei da magistratura, um juiz no exercício do cargo --mesmo em férias ou afastado-- não pode exercer qualquer outra atividade remunerada, com exceção do magistério.

    De acordo com a equipe de transição de Bolsonaro, a previsão é que o grupo tenha três tipos de colaboradores: 50 remunerados, dentro das vagas criadas pelo governo federal para a transição; pessoal cedido de outros órgãos que continuariam a receber seus salários regulares; voluntários, sem vencimentos.

    A equipe de transição não soube especificar em qual categoria Moro se encaixaria.

    Dentro das vagas de transição, os salários mais altos são uma vaga de 16,6 mil reais brutos --ocupada pelo deputado Onyx Lorenzoni, coordenador da transição-- e outras quatro de 16,2 mil reais brutos, reservadas até agora ao general Augusto Heleno, ao economista Paulo Guedes, e ao advogado Gustavo Bebbiano, os dois primeiro já confirmados como futuros ministros de Bolsonaro.

    Moro, de acordo com informações disponíveis no site do TRF-4, recebeu em outubro 34,2 mil reais brutos.

    (Reportagem de Lisandra Paraguassu)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia PT prepara homenagem de despedida a Lula em programa eleitoral e logo dará início a transição para Haddad

    PT prepara homenagem de despedida a Lula em programa eleitoral e logo dará início a transição para Haddad

    Por Lisandra Paraguassu

    CURITIBA (Reuters) - O PT apresentará, na noite desta terça-feira, um programa eleitoral em homenagem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em uma despedida da sua tentativa de se candidatar mais uma vez à Presidência, e começa na quinta-feira com um programa de transição que já colocará Fernando Haddad como o candidato petista à Presidência, informaram à Reuters fontes petistas.

    Na manhã desta terça-feira, Lula e seu substituto estão reunidos na Superintendência da Polícia Federa, onde Lula está preso, fazendo a última revisão na carta em que o ex-presidente anunciará ao país que desistiu de sua candidatura e Haddad assumirá o posto. Depois de meses de resistência, tendo perdido praticamente todos os recursos que tentou para manter sua candidatura, Lula aceitou desistir.

    No início da manhã, ao sair do hotel em que estava hospedado para visitar Lula mais uma vez, Haddad confirmou que será feito um 'pronunciamento' às 15h.

    No programa, contou uma das fontes, será apresentado um depoimento 'forte e emocionante' de Lula, falando de sua trajetória e suas ideias para o país. Será um encerramento de ciclo para que, na quinta-feira -próximo dia de programas eleitorais para Presidência- o partido apresente já Haddad como o candidato.

    Neste programa, segundo as fontes, será finalmente colocado o vídeo gravado por Lula apresentando Haddad, com elogios ao e-ministro da Educação de seu governo. O texto foi gravado ainda antes do ex-presidente ser preso. Apesar de duvidar da prisão, Lula deixou vários depoimentos, entre eles, elogios a seus possíveis substitutos.

    Nesta terça, o roteiro em Curitiba já foi traçado. Depois da reunião da Executiva do partido, os dirigentes irão para a frente da PF. Haddad, que estará com Lula até o último minuto, irá encontrá-los na vigília Lula Livre, em frente à PF. Lá, será lida a carta de Lula e Haddad fará seu primeiro discurso como candidato.

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. transi

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.