alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE vazamento

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Dados de políticos alemães são publicados na internet; Merkel não é afetada

    Dados de políticos alemães são publicados na internet; Merkel não é afetada

    Por Tassilo Hummel e Hans-Edzard Busemann

    BERLIM (Reuters) - Dados pessoais e documentos de centenas de políticos e figuras públicas da Alemanha foram publicados na internet, informou o governo alemão nesta sexta-feira, acrescentando que nenhuma informação sensível do gabinete da chanceler Angela Merkel foi divulgada.

    A agência nacional de defesa cibernética da Alemanha, BSI, se reuniu na manhã desta sexta-feira depois de receber a notícia das invasões virtuais, disse um porta-voz à Reuters.

    De acordo com a mídia alemã, hackers publicaram dados, incluindo detalhes de cartão de crédito e números de telefones celulares, de políticos de todos os principais partidos, menos da legenda de direita Alternativa para a Alemanha (AfD).

    'Dados pessoais e documentos pertencentes a centenas de políticos e figuras públicas foram publicados online', disse a porta-voz do governo, Martina Fietz, em entrevista coletiva.

    A julgar por uma revisão inicial, nenhuma informação sensível da chancelaria havia sido publicada, 'e isso inclui da chanceler', acrescentou.

    Políticos do partido de extrema-esquerda Linke estão entre os afetados, inclusive Dietmar Bartsch, líder do grupo na câmara baixa do Parlamento, segundo um porta-voz.

    A identidade dos hackers e seu motivo são desconhecidos, segundo a mídia.

    Citando fontes da BSI, o jornal Bild relatou que a rede interna segura do governo alemão não foi invadida.

    Um porta-voz da BSI disse à Reuters que a agência se reuniu para coordenar a reação das agências do governo federal, incluindo as de inteligência interna e externa.

    A agência cibernética começou a se reunir 'assim que tomamos conhecimento disto -- portanto hoje de manhã', disse o porta-voz, sem dar qualquer detalhe sobre o alcance da invasão.

    A ARD disse que, após uma primeira análise dos dados, jornalistas não detectaram nenhum conteúdo incriminador.

    (Por Tassilo Hummel e Hans-Edzard Busemann)

    0

    0

    8

    2 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Vazamento de petróleo atinge Baía de Guanabara após tentativa de furto em duto

    Vazamento de petróleo atinge Baía de Guanabara após tentativa de furto em duto

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - Um vazamento de ao menos 60 mil litros de petróleo atingiu a Baía de Guanabara no sábado, após uma tentativa de furto em oleoduto da Transpetro, subsidiária da Petrobras, informou a empresa.

    A Transpetro informou nesta segunda-feira que suas equipes de emergência já recolheram cerca de 45 mil litros de óleo, do total que vazou na região do município de Magé, Baixada Fluminense. O duto já foi reparado e voltou a operar.

    A companhia pontuou que um sobrevoo de helicóptero realizado na manhã desta segunda-feira 'somente constatou a presença de vestígios de óleo contidos na foz e nas margens do rio Estrela, em decorrência do furto de petróleo ocorrido sábado'.

    'A companhia continua trabalhando nas ações de limpeza e recuperação da área atingida e instalou uma unidade de atendimento à fauna no local, com atuação de médica veterinária e especialistas em meio ambiente', disse a empresa em nota.

    Pescadores que trabalham na Baía de Guanabara publicaram imagens do vazamento nas redes sociais mostrando a camada de óleo que tomou conta de parte do local.

    'Foi um vazamento de grandes proporções, com impacto em manguezais, e a mancha já está chegando à Ilha de Paquetá', disse a jornalistas o analista ambiental Maurício Muniz, do Instituto Chico Mendes.

    A Transpetro disse ainda que são 413 profissionais mobilizados, 24.600 metros de barreiras absorventes e de contenção, 19 caminhões, 22 embarcações de apoio, uma aeronave, três drones, dentre outros recursos.

    Na véspera, a empresa disse que 'ao detectar a ação criminosa, imediatamente interrompeu as operações do duto, acionou equipes de emergência e conteve o vazamento do oleoduto'.

    A Petrobras e a Transpetro têm sido alvos frequentes de ações criminosas de furto de óleo e derivados em suas instalações.

    'A companhia esclarece que é vítima de ações criminosas de furto de óleo e derivados e colabora com as investigações das autoridades', disse a empresa, destacando que 'intervenções criminosas nos dutos podem trazer riscos como vazamentos, incêndios e explosões.'

    A Transpetro tem contado com a colaboração de moradores vizinhos para realizar denúncias, por meio de canais de atendimento.

    Em 2000, um vazamento de óleo na Baía de Guanabara provocado pelo rompimento de um duto da Refinaria Duque de Caxias (Reduc) derramou cerca de 1,3 milhão de litros de óleo no local e afetou fauna e flora da região.

    (Reportagem de Rodrigo Viga Gaier e Marta Nogueira)

    0

    0

    19

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Furto em duto da Transpetro provoca vazamento de óleo na Baía de Guanabara

    Furto em duto da Transpetro provoca vazamento de óleo na Baía de Guanabara

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - Ao menos 60 mil litros de óleo vazaram na Baía de Guanabara durante o fim de semana em decorrência de uma tentativa de furto ocorrida em um duto da Transpetro na Baixada Fluminense, no Estado do Rio de Janeiro, informou a empresa subsidiária da Petrobras.

    Metade do óleo derramado foi recolhido pelas equipes de emergência da Transpetro acionadas logo após o incidente, segundo a empresa.

    A tentativa de furto, de acordo com a Transpetro, ocorreu em um duto localizado no município de Magé, e um rio da região também foi atingido pelo vazamento.

    A Transpetro informou que “ao detectar a ação criminosa, imediatamente interrompeu as operações do duto, acionou equipes de emergência e conteve o vazamento do oleoduto”.

    A Petrobras e a Transpetro têm sido alvos frequentes de ações criminosas de furto de óleo e derivados em suas instalações.

    Pescadores que trabalham na Baía de Guanabara publicaram imagens do vazamento nas redes sociais mostrando a camada de óleo que tomou conta de parte do local.

    “Foi um vazamento de grandes proporções, com impacto em manguezais, e a mancha já está chegando à Ilha de Paquetá”, disse a jornalistas o analista ambiental Maurício Muniz, do Instituto Chico Mendes.

    Em 2000, um vazamento de óleo na Baía de Guanabara provocado pelo rompimento de um duto da Refinaria Duque de Caxias (Reduc) derramou cerca de 1,3 milhão de litros de óleo no local e afetou fauna e flora da região.

    (Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

    1

    1

    17

    1 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. vazamento

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.