alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE video

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Em primeiro vídeo da campanha, Alckmin visa Bolsonaro e diz que problemas não se resolvem 'na bala'

    Em primeiro vídeo da campanha, Alckmin visa Bolsonaro e diz que problemas não se resolvem 'na bala'

    SÃO PAULO (Reuters) - O primeiro vídeo para a propaganda eleitoral do candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, divulgado nesta quinta-feira, visou os eleitores do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, ao afirmar que os problemas do país não serão resolvidos 'na bala'.

    O vídeo mostra uma sequência de problemas do país, como desemprego, falta de saneamento, analfabetismo, filas na saúde e fome, cada um deles simbolizado por um objeto que é detonado por um tiro de arma de fogo.

    Na peça, um copo com a palavra 'desemprego' é destroçado por um projétil. Uma bolsa de sangue com os dizeres 'filas na saúde' tem o mesmo destino, assim como livros que formam a palavra 'analfabetismo', um jarro de água onde se lê 'falta de saneamento' e uma melão com a palavra 'fome' têm o mesmo destino.

    Aparece na tela então uma criança e, em vez de a bala atingir a cabeça da menina, aparecem os dizeres 'Não é na bala que se resolve', encerrando o vídeo de um minuto.

    Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto no cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tem defendido uma flexibilização nas regras para obtenção de porte de arma e em entrevista nesta semana defendeu que policiais que matam mais criminosos devem ser condecorados.

    Alckmin terá o maior tempo do horário da propaganda de rádio e TV, que se inicia no sábado para os candidatos a presidente.

    O tucano, que tem encontrado dificuldades para crescer na preferência do eleitorado, terá também o maior número de inserções durante a programação normal das emissoras, que começam a ser veiculadas já na sexta-feira.

    No final da tarde desta quinta, Bolsonaro foi ao Twitter para rebater o vídeo da campanha tucana.

    'Sobre 'não é na bala que se resolve': Flores não garantem a paz. Que os 'santos' que repetem este bordão deixem de andar com carro blindado e seguranças armados que passo a acreditar em suas propostas', disse o candidato do PSL em sua rede social.

    Ele se referiu a 'santo', o suposto codinome de Alckmin na planilha de propinas da Odebrecht, descoberta pela operação Lava Jato. O tucano nega ter o codinome e cita que um delator da empreiteira afirmou que o apelido não é uma referência ao ex-governador.

    Ao comentar a postagem de Bolsonaro, uma fonte ligada à campanha de Alckmin afirmou, sob condição de anonimato, que o tucano não anda de carro blindado e não usava deste expediente nem mesmo quando era governador de São Paulo.

    (Reportagem de Eduardo Simões)

    0

    0

    44

    3 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Meirelles usa discurso de Lula com elogios em vídeo de campanha

    Meirelles usa discurso de Lula com elogios em vídeo de campanha

    Por Lisandra Paraguassu

    BRASÍLIA (Reuters) - Em vídeo de campanha para as redes sociais, o pré-candidato do MDB à Presidência, Henrique Meirelles, usa um discurso de pouco mais de 10 segundos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando ainda estava no cargo elogiando-o e creditando a Meirelles a estabilidade econômica do país à época.

    O vídeo, que será distribuído nas redes sociais, faz uma compilação de elogios ao ex-ministro da Fazendo feito por todos os ex-presidentes desde Fernando Henrique Cardoso e pela maior parte dos candidatos à Presidência este ano.

    “Lula, Dilma, Temer, FHC, Ciro, Doria e tantos outros mais têm opiniões diferentes sobre quase tudo. Mas em uma coisa todos eles concordam”, diz o vídeo, que mostra fotos dos ex-presidentes e candidatos antes de começar com uma série de manchetes de sites e jornais mostrando elogios públicos feitos a Meirelles.

    Apenas Lula, no entanto, aparece em vídeo em um discurso. “Sou um homem que tem muito respeito pelo Meirelles. E devo a esse companheiro a estabilidade econômica e o respeito que o Brasil tem hoje no mundo”, diz Lula no discurso feito em 2009 mostrado no vídeo da campanha.

    Meirelles tem citado constantemente em entrevistas sua posição como presidente do Banco Central no governo Lula, e creditado a si mesmo a estabilidade econômica e o crescimento do país à época.

    O pré-candidato acredita, como disse em entrevista à Reuters, que pode herdar parte dos eleitores do ex-presidente -- que, apesar de se apresentar como candidato do PT, está preso e condenado em segunda instância, o que deve impugnar sua candidatura.

    Meirelles tem afirmado que, quando as pessoas o relacionam ao período de estabilidade do governo Lula, a intenção de votos nele cresce.

    O vídeo reforça a campanha do ex-ministro da Fazenda como um homem que resolve problemas. “Todos concordam que na hora da crise é melhor chamar o Meirelles”, diz o narrador, com o candidato afirmando na sequência: “É só me chamar”.

    Meirelles tem aparecido com apenas 1 por cento nas intenções de voto nas pesquisas e ainda precisa ser confirmado pelo MDB como candidato. A convenção do partido acontecerá no dia 4 de agosto.

    0

    0

    28

    4 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Meninos tailandeses acenam para o mundo em primeiro vídeo após resgate

    Meninos tailandeses acenam para o mundo em primeiro vídeo após resgate

    Por Panu Wongcha-um e Patpicha Tanakasempipat

    CHIANG RAI, Tailândia (Reuters) - O primeiro vídeo dos 12 meninos tailandeses resgatados de uma caverna inundada depois de 17 dias foi divulgado nesta quarta-feira, mostrando-os sorrindo e acenando de suas camas no hospital, parecendo em bom estado depois de uma provação que cativou o mundo.

    Os últimos integrantes do time de futebol de adolescentes Javalis Selvagens e seu treinador foram retirados da caverna Tham Luang, perto da fronteira com Mianmar, na terça-feira, encerrando com segurança um resgate perigoso e levando alívio e alegria a pessoas no mundo todo.

    O chefe da missão de resgate, Narongsak Osottanakorn, disse em entrevista coletiva que os meninos estavam apenas sendo crianças quando se perderam, e que ninguém era culpado.

    Não vemos os meninos como culpados ou como heróis. Eles são crianças sendo crianças, foi um acidente , disse Narongsak.

    Um vídeo dos meninos no hospital foi exibido na entrevista coletiva. Alguns dos meninos, usando máscaras cirúrgicas, estavam deitados em suas camas. Outros se sentaram e fizeram o sinal de paz para a câmera.

    Nenhum dos meninos foi ouvido falando no vídeo mostrado na coletiva de imprensa.

    Os 12 meninos e seu técnico perderam em média dois quilos cada durante os 17 dias de isolamento, mas de forma geral estão em bom estado de saúde e não mostraram sinais de estresse, de acordo com uma autoridade de saúde de alto escalão.

    Eles depois foram levados de helicóptero a um hospital a cerca de 70 quilômetros de distância e colocados em quarentena ao lado de seus colegas por ora.

    Por nossa avaliação, estão em bom estado e não exibem estresse. As crianças foram bem cuidadas na caverna. A maioria dos meninos perdeu em média dois quilos , disse Thongchai Lertwilairattanapong, inspetor do departamento de saúde tailandês, a repórteres.

    Os pais dos primeiros quatro garotos libertados no domingo puderam visitá-los, mas tiveram que usar roupas protetoras e ficar a dois metros de distância por precaução.

    Thongchai disse que um menino do último grupo resgatado na terça-feira tem uma infecção pulmonar e que todos receberam vacinas contra raiva e tétano.

    O primeiro-ministro Prayuth Chan-ocha pediu nesta quarta-feira que se dê tempo e espaço para os meninos se recuperarem.

    O importante é... espaço pessoal. Temos que monitorar isso para os meninos porque o sistema imunológico deles ainda está fraco , disse Prayuth aos repórteres.

    A melhor maneira é não aborrecê-los e deixá-los estudar .

    O grupo se aventurou no vasto complexo de cavernas da província de Chiang Rai, no norte tailandês, depois de um treino em 23 de junho e ficou preso porque uma chuva sazonal intensa inundou os túneis.

    Eles ficaram perdidos durante nove dias, e foram descobertos por mergulhadores britânicos no dia 2 de julho.

    Retirá-los --o que envolveu ensinar os garotos, alguns só de 11 anos e que não eram nadadores exímios, a mergulhar por passagem estreitas e submersas-- foi um desafio monumental, e um ex-membro da unidade de elite da Marinha tailandesa morreu durante uma missão na caverna na sexta-feira.

    0

    0

    148

    5 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. video

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.