alexametrics
Conectando

    Apesar do resultado assustador, os pesquisadores ressaltam que boa parte desses micro-organismos já estão presentes no nosso corpo e no ambiente.

    Uma esponja de lavar louça pode acumular 680 milhões de fungos e bactérias

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    Uma esponja de lavar louças pode acumular 680 milhões de bactérias e fungos em apenas quinze dias de uso. Foi o que atestaram pesquisadores da Faculdade DeVry Metrocamp.

    Apesar do resultado assustador, os pesquisadores ressaltam que boa parte desses micro-organismos já estão presentes no nosso corpo e no ambiente e só geram doenças quando se trata de uma quantidade excessiva deles.

    O simples contato da esponja com os talheres e pratos faz com que um objeto se contamine, podendo estender tal contaminação aos alimentos.

    Para deixar a esponja livre dos micro-organismos, os especialistas recomendam coloca-la todos os dias no micro-ondas com um pouco de água em potência alta por 2 minutos. O resultado, garante o estudo, é uma esponja mais higienizada do que uma outra nova.

    Outra opção de limpeza testada no estudo é colocar o objeto em uma solução na proporção de duas colheres de água sanitária para 1 litro de água. A esponja deve ficar imersa por dez minutos. É importante também não deixa-la em potes de sabões em pasta ou úmidas, já que quanto mais úmida, mais contaminada ela fica.

    No entanto, todos esses procedimentos devem ser feitos desde o primeiro até o 15º dia de uso, quando ela deve ser de fato substituída por outra.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

     

     

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.