alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Vettel encerra má fase e vence com sua Ferrari em Cingapura

    Placeholder - loading - news single img
    Sebastian Vettel, da Ferrari, comemora após vencer o Grande Prêmio de Cingapura. 22/9/2019 REUTERS/Thomas Peter

    3355

    Publicada em  

    Por Abhishek Takle

    CINGAPURA (Reuters) - Sebatian Vettel encerrou seu tormento de passar 13 meses sem vencer e cruzou a linha de chegada em primeiro neste domingo, no Grande Prêmio de Cingapura, pouco à frente de seu companheiro de equipe, Charles Leclerc, que fechou a dobradinha da Ferrari.

    O piloto alemão, cuja vitória anterior havia sido no GP da Bélgica em agosto de 2018, largou em terceiro, mas se aproveitou ao máximo de um pit stop no início para ultrapassar o piloto de Mônaco, que havia largado na pole position.

    Vettel cruzou a linha 2,6 segundos à frente de Leclerc, selando a terceira vitória seguida da Ferrari – na primeira trilogia do tipo para a equipe italiana desde 2008, e na primeira dobradinha desde 2017.

    O jovem holandês Max Verstappen terminou em terceiro com sua Red Bull, à frente de Lewis Hamilton, que ficou em quarto mas ainda permanece na liderança da tabela, aumentando para 65 pontos sua vantagem sobre seu companheiro na Mercedes, Valtteri Bottas, que chegou em quinto.

    Hamilton tem 296 pontos, enquanto Bottas soma 231, com seis corridas para o fim do campeonato.  Na disputa de escuderias, a Mercedes tem 527 pontos, ante 394 da Ferrari.

    A vitória em Cingapura foi a 53ª da carreira de Vettel. Agora, o alemão é o piloto mais vitorioso no circuito de rua da cidade-estado, com cinco vitórias, uma a mais que Hamilton.

    'Estou muito feliz, ótima corrida', disse o tetracampeão mundial depois de protagonizar a primeira dobradinha da história de Cingapura.

    O pit stop no início deu ao alemão pneus frescos para apertar o ritmo e ultrapassar um desapontado Leclerc, que saiu dos boxes e viu Vettel passar veloz e assumir uma liderança que nunca deixaria.

    'O que diabos é isso...', exclamou Leclerc pelo rádio com a equipe, não fazendo questão de esconder seu descontentamento em seguida.

    'Minha cabeça está baixa e vai ficar baixa até a corrida (terminar). Só gostaria que soubessem dos meus sentimentos', disse ele durante uma das três entradas do safety car na noite.

    'Para ser bem honesto com vocês, não entendi a ultrapassagem nem um pouco', reclamou Leclerc, que venceu na Bélgica e na Itália e está em terceiro na tabela, junto com Verstappen.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. vettel encerra ma fase e …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.