Antena 1 - Home

A quantidade de telas no dia a dia pode ressecar o globo ocular

  • 02/03/2017 18:00
Imagem: A quantidade de telas no dia a dia pode ressecar o globo ocular

Coceira e ressecamento são sintomas de fadiga ocular, problema que aumenta com a idade e que tem ficado cada vez mais comum com a quantidade de telas – de computadores, smartphones, tablets, televisões – que lidamos no dia a dia.

O problema, apesar de não ser permanente, pode causar dores fortes de cabeça e diminuir a produtividade consideravelmente. E tudo isso porque não piscamos o suficiente para umidificar os olhos.

Normalmente, piscamos entre 15 a 24 vezes por minuto. Mas o corpo é esperto e, para não dispersar a concentração das telas, ele passa a piscar de 10 a 12 vezes por minuto. Ao longo do dia, as células já ressecaram tanto que a recuperação fica mais difícil. Aí aparecem os sintomas, que só melhoram após uma boa noite de sono e de hidratação ocular.

A luz desbalanceada da tela pode piorar ainda mais a fadiga. Quanto mais a luz do computador contrasta com a luz natural, mais difícil é para os olhos se adaptarem.

Para reverter este quadro, o oftamologsita Rahul Khurana, em entrevista ao Business Insider, disse que o segredo é seguir a regra do 20-20-20. A cada 20 minutos de tela, deve-se voltar os olhos para um objeto que esteja a 6 metros de distância, e observá-lo por 20 segundos. Assim, o corpo tem tempo para se reajustar e piscar com um pouco mais de frequência.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!