Antena 1 - Home

Com a crise, menos pessoas compraram iPhones no Brasil

  • 21/03/2017 17:00
Imagem: Com a crise, menos pessoas compraram iPhones no Brasil

De acordo com a consultoria Counterpoint, a Apple perdeu mais de 50 por cento dos seus consumidores no Brasil em 2016. Uma explicação para a queda dos compradores assíduos do iPhone foi a crise econômica que assolou o país.

A parcela de mercado da empresa passou de 8,3 por cento em 2015 para 3,8 por cento no ano passado. Smartphones de outras marcas, igualmente caros, também foram deixados de lado durante o último ano. Em contrapartida, fabricantes que vendem celulares de menor custo viram sua parcela de mercado aumentar.

A Samsung passou de 40 por cento para 46,7 por cento de 2015 para 2016, em parte, graças a linha Galaxy J. Motorola, na segunda posição no ranking, se manteve com 13 por cento e a LG teve queda, passando para a terceira colocação.

Segundo levantamento da IDC Brasil, o gasto médio com smartphones no Brasil foi de 962,96 reais no terceiro trimestre do ano passado.

O iPhone 7, aparelho mais recente da Apple, custa a partir de 3.499 reais. O modelo mais barato à venda na loja de Apple no país, o iPhone SE, tem preço de 2.499 reais.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!