Antena 1 - Home
Você está lendo as notícias da Antena1 Nacional Mudar Filial

Neil Young faz declaração sobre uso de sua música em campanha política

  • 19/06/2015 14:51
Imagem: Neil Young faz declaração sobre uso de sua música em campanha política

Nesta terça-feira, dia 15 de junho, o músico Neil Young foi surpreendido pelo magnata norte-americano Donald Trump. Sem avisar o autor da canção, o político utilizou a música “Rockin' In The Free World”, de 1989, como tema de seu anúncio à presidência dos Estados Unidos.

Assim que o canadense ouviu, pediu à sua equipe que publicasse uma nota oficial com a seguinte mensagem: “Donald Trump não foi autorizado a utilizar a música 'Rockin' In The Free World' no anúncio de sua candidatura presidencial. Neil Young, um cidadão canadense, apoia Bernie Sanders para a presidência dos Estados Unidos.”.

O artista, que mora em um rancho localizado na Califórnia, publicou ainda uma nota em seu perfil do Facebook, nesta quinta-feira, reclamando da situação atual e do sistema político dos Estados Unidos.

“Rockin' In the Free World foi usada para divulgar um candidato à presidência sem minha autorização. Música é uma linguagem universal, mesmo que eu não compartilhe suas crenças. Então, fico feliz por tanta gente, com diversas crenças, gostar da minha música. Mas se um candidato pedisse minha autorização para usar uma música de minha autoria, eu diria não. Sou canadense, então não voto nos Estados Unidos, mas o mais importante é que eu não gosto do atual sistema político daqui e de alguns outros países. Cada vez mais a democracia vem sendo sequestrada por interesses corporativos. O dinheiro necessário para concorrer a um cargo, o investimento em lobby por interesses específicos, a crescente disparidade econômica e as decisões legislativas bem financiadas favorecem vantagens corporativas em detrimento do povo.”.

Para concluir, ele foi bem claro: "Fiz minha música para o povo, não para candidatos".

David Crosby, ex-integrante da banda de Neil Young, também se mostrou insatisfeito com a atitude do republicano. Em sua conta do Twitter, o guitarrista disse que a ideia de usar o clássico foi péssima e ainda completou dizendo que Donald “comprou uma briga com o cara errado”.

A explicação do candidato veio logo em seguida, anunciada por um porta-voz: “Por meio de um acordo com a ASCAP, a campanha do Sr. Trump pagou teve autorização legal para usar a canção Rockin' In The Free World, de Neil Young, no evento. Mas não a usaremos mais [...] Apesar das diferentes visões políticas, o Sr. Trump gosta muito de Neil Young.”.

Confira a seguir o vídeo da campanha do candidato: