Antena 1 - Home

Nova fase no julgamento do médico de Michael Jackson.

  • 25/10/2011 00:00
Imagem: Nova fase no julgamento do médico de Michael Jackson.

O julgamento de Conrad Murray, acusado pela morte de Michael Jackson, entrou em nova fase nesta semana.
Até agora, o julgamento se concentrou em depoimentos e provas contra o médico.

Nesta semana, a defesa pretende ouvir todas as testemunhas até quinta.
A última testemunha de acusação foi o também médico Steven Shafer, que afirmou ao júri que Murray não deveria ter dado o anestésico propofol ao cantor para ajudá-lo a combater a insônia.

Outros especialistas que prestaram depoimento também reprovaram a conduta do médico de Michael Jackson. Conrad Murray admitiu ter dado o anestésico ao cantor, mas a defesa alega que foi o próprio Michael o responsável por tomar uma dose extra do remédio na ausência do médico.
A overdose teria provocado a morte. Murray é acusado de homicà­dio doloso e se diz inocente.

Se condenado, pode pegar até quatro anos de prisão. A expectativa é que o julgamento termine em mais alguns dias.