Antena 1 - Home

Vírus sincicial respiratório preocupa os pais com a chegada do outono

  • 05/06/2017 18:00
Imagem: Vírus sincicial respiratório preocupa os pais com a chegada do outono

Conhecido como VSR, o vírus sincicial respiratório vem sendo apontado como o vilão da estação para as crianças. Os sintomas mais comuns são chiado no peito, febre alta por dois dias, cansaço e falta de apetite.

A Secretaria Municipal de Saúde não computa dados gerais sobre a enfermidade, mas é possível ter uma noção do crescimento de sua incidência pelo movimento dos principais centros médicos particulares da capital.

No Hospital Sírio-Libanês, por exemplo, foram 125 casos de janeiro a abril, 60 por cento a mais que no mesmo período de 2016. Nas cinco unidades da rede São Luiz, 486 crianças receberam tratamento em 2017, mais que o dobro do que foi registrado na temporada anterior. Na Clínica Len, nos Jardins, houve alta de 30 por cento no atendimento no último mês. “Precisei aumentar a carga em duas horas para suprir a demanda de mães na recepção”, diz o pediatra Claudio Len.

Para ficar longe da doença, os especialistas recomendam lavar as mãos
com regularidade e evitar ambientes fechados. No caso do surgimento de sintomas mais preocupantes, como o chiado no peito, é preciso recorrer a ajuda profissional. Além de provocar um número maior de internações, o VSR também desenvolveu quadros mais graves, com evolução para infecções severas, entre elas a bronquiolite.

O tratamento é geralmente feito com remédios broncodilatadores, fisioterapia, repouso e a amamentação deve seguir normalmente.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!