alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Al Di Meola fala sobre inspiração musical em entrevista exclusiva para a Antena 1

    O músico está desembarcando no Brasil para Festival de Blues e Jazz

    Por Amanda Brandão

    Placeholder - loading - news single img

    No próximo sábado, o Parque Villa-Lobos recebe a quarta edição do Festival de Blues e Jazz. O evento que reúne importantes artistas de blues e jazz contará com ninguém mais ninguém menos que Al Di Meola, que concedeu uma entrevista exclusiva para a Antena 1.

    O guitarrista norte-americano deu início à carreira em 1974 e por diversas vezes já foi considerado o melhor do mundo. Além disso, é pioneiro do movimento Jazz fusion, que traz como mistura o ritmo latino.

    Além da apresentação no festival em São Paulo, Al Di Meola fará uma pequena turnê no Brasil, passando pelo Rio de Janeiro e Porto Alegre, como parte da divulgação de seu mais novo disco, nomeado Opus.

    Na entrevista, o artista falou sobre seu novo material e o amor recente pela música latina. Além de afirmar que, para ele, Snarky Puppy é a banda que representa o jazz moderno nos dias atuais.

    Confira a entrevista na íntegra a seguir:

    Agora você está lançando seu 25º álbum de estúdio, "Opus", quais são as inspirações para a composição deste material? O que há de novo no disco?

    É um álbum muito pessoal. Eu fui inspirado por minha família - minha esposa e eu tivemos uma menina quando comecei a escrever e depois me inspirei no passado da minha família na Itália. Nós visitamos a aldeia do meu avô perto de Nápoles e isto me surpreendeu: havia tantos “Di Meolas” que eu nunca tinha visto antes e todos eles tinham histórias incríveis.

    Quais são suas principais inspirações musicais ou artistas favoritos?

    Astor Piazzolla e os Beatles! Eu não seria o guitarrista e compositor que sou hoje se não fosse por eles.

    Qual é o maior desafio do jazz hoje?

    Para sobreviver (risos)! O mundo mudou e a música tornou-se quase livre, por isso é difícil para toda a indústria.

    Como funciona o seu processo criativo?

    Eu escrevo minha música em Miami no meu apartamento tarde da noite ouvindo as ondas na praia. E então eu pratico, mudo o que achar que devo mudar e ensaio com os músicos - às vezes por anos até gravarmos.

    Como estão suas expectativas para os shows no Brasil? Você já esteve aqui? O que mais lhe atrai na música brasileira?

    Eu amo o Brasil e sua rica cultura musical! Eu estive aqui muito ao longo dos anos! Os brasileiros realmente apreciam a guitarra como instrumento solo. Eu sou um grande fã de Egberto Gismonti e todos os outros jogadores brasileiros - é sempre muito inspirador vir aqui!

    1. Home
    2. noticias
    3. al di meola fala sobre …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.