Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    América do Sul é região que mais preocupa por avanço da Covid, Brasil em especial, diz Opas

    Placeholder - loading - Pacientes com Covid-19 aguardam transferência para UTI em hospital em Bauru (SP)  23/03/2021 REUTERS/Leonardo Benassatto
    Pacientes com Covid-19 aguardam transferência para UTI em hospital em Bauru (SP) 23/03/2021 REUTERS/Leonardo Benassatto

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Julia Symmes Cobb

    BOGOTÁ (Reuters) - A América do Sul é a região mais preocupante para as infecções por Covid-19 no mundo, uma vez que os casos aumentam em quase todos os países e a situação no Brasil é especialmente preocupante, disse a diretora-geral da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Carissa Etienne, nesta quarta-feira.

    'Em nenhum lugar as infecções são tão preocupantes como na América do Sul', disse Etienne em entrevista coletiva semanal realizada de forma virtual.

    O Brasil registra a disparada mais implacável de casos na região, e atingiu na terça-feira um novo recorde diário de mortes pela doença, com mais de 4 mil. Cientistas preveem que em breve o país ultrapassará as piores cifras de uma onda recorde nos Estados Unidos.

    'A situação do Brasil é preocupante no país inteiro', disse o diretor de incidentes de Covid-19, Sylvain Aldighieri. 'Nossa preocupação no momento é também com os próprios cidadãos brasileiros neste contexto de serviços de saúde que estão sobrecarregados'.

    O Brasil precisa ter acesso a mais vacinas contra Covid-19 agora, e deveria poder recebê-las através de parcerias globais, disse Aldighieri.

    A Opas pode ampliar sua ajuda a Estados brasileiros a pedido, disse ele, acrescentando que a entidade já está ajudando com o sequenciamento genético do vírus e adquirindo oxigênio e testes de coronavírus.

    As unidades de tratamento intensivo estão chegando perto da lotação no Peru e no Equador, e em partes da Bolívia e da Colômbia os casos dobraram na última semana, disse Etienne, acrescentando que o Cone Sul também está vivenciando uma aceleração de casos.

    EUA, Brasil e Argentina estão entre os dez países que testemunham o número mais alto de infecções novas globalmente, disse ela.

    As Américas registraram mais de 1,3 milhão de casos novos de coronavírus e mais de 37 mil mortes na semana passada, observou Etienne, o que representa mais de metade dos óbitos relatados mundialmente.

    Mais de 210 milhões de doses de vacinas já foram administradas nas Américas, segundo Etienne.

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. america do sul e regiao do …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.