alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    American Cancer Society faz novas recomendações para o câncer colorretal

    Especialistas falam quando é necessário iniciar os exames de triagem.

    Placeholder - loading - news single img
    Corpo humano (Foto: Pixabay)

    2420

    Publicada em  

    Recomendações conflitantes sobre quando e como os adultos de risco médio devem ser rastreados quanto ao câncer colorretal podem causar confusões. Mas as novas orientações têm como objetivo esclarecer tudo isso.

    A American Cancer Society recomenda iniciar a triagem regular aos 45 anos, enquanto outros especialistas continuam com a recomendação de iniciar aos 50 anos. Já a The Canadian Task Force on Preventive Health Care recomenda não usar a colonoscopia como teste de triagem primário, enquanto outras recomendações fazem essa recomendação.

    Segundo a rede CNN, uma nova declaração de orientação do American College of Physicians ou ACP, publicada na revista Annals of Internal Medicine, examina essa discórdia e oferece novas ideias sobre o que seguir com base nas evidências mais recentes.

    "Quando fazemos uma declaração de orientação, estamos essencialmente analisando as diretrizes de outras organizações e aprofundando seu processo e por que elas chegaram a conclusões ligeiramente diferentes - parte disso é como elas veem os dados ou quais definições pode usar", disse Robert McLean, presidente da ACP.

    "A conclusão é que você deve começar a triagem aos 50 anos. Entre 50 e 75, você deve fazer algum tipo de teste de triagem para o câncer colorretal", disse ele sobre a declaração de orientação. "As opções são colonoscopia, sigmoidoscopia e teste FIT ou apenas um teste FIT a cada dois anos".

    Um FIT, ou teste de imunoquímico fecal, que pode ser usado em casa, verifica se há sangue nas fezes, o que pode ser um sinal precoce de câncer. Procedimentos flexíveis de sigmoidoscopia e colonoscopia são métodos de rastreamento mais invasivos que permitem ao médico procurar dentro do reto e do cólon por sinais de câncer.

    "Qualquer um desses três são boas modalidades de triagem", disse McLean.

    A declaração de orientação da ACP envolveu a análise das recomendações de triagem para o câncer colorretal, publicadas entre 2014 e 2018, de seis organizações: American College of RadiologyCanadian Task Force on Preventive Health CareUS Preventive Services Task ForceAmerican Cancer SocietyScottish Intercollegiate Guidelines Network e the US Multi-Society Task Force on Colorectal Cancer.

    A análise concentrou-se especificamente em adultos com "risco médio", ou seja, adultos que atualmente não apresentam sintomas de câncer colorretal e não apresentam maior risco devido a uma história pessoal ou familiar de pólipos do cólon ou retal.

    "Se você corre um risco médio, não há nenhuma recomendação nossa ou de várias outras organizações para continuar a triagem após os 75 anos", disse McLean.

    Riscos

    As diretrizes da American Cancer Society foram divulgadas depois que um estudo separado mostrou que as taxas de mortes por câncer de cólon e retal estavam aumentando entre adultos com menos de 55 anos nos Estados Unidos.

    Após um declínio geral de 1970 a 2004, as taxas de mortalidade por câncer colorretal entre adultos de 20 a 54 anos de idade nos Estados Unidos aumentaram 1% anualmente de 2004 a 2014, de acordo com o estudo publicado na revista médica JAMA em 2017.

    "O risco de câncer colorretal em pessoas com 45 anos agora é praticamente o mesmo que com 50 anos quando alguns dos ensaios clínicos foram realizados pela primeira vez", disse Wender no email.

    Os pacientes que estão confusos sobre suas opções de triagem são aconselhados a conversar com seus médicos sobre seus fatores de risco e quando e como fazer o rastreamento do câncer colorretal.

    1. Home
    2. noticias
    3. american cancer society faz …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.