alexametrics
Conectando

    Avenida Paulista pode passar a ser interditada para o tráfego de veículos aos domingos

    Avenida Paulista: alternativa de lazer para os paulistanos

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    A prefeitura da capital paulista deve fechar novamente a Avenida Paulista, neste domingo, dia 23 de agosto. O motivo da decisão, desta vez, é a inauguração da ciclovia na Rua Bernardino de Campos – que na verdade é uma continuação da Paulista no sentido Paraíso. A ideia é bloquear a via para o tráfego de veículos das 10 horas até às 17 horas, como já aconteceu no fim do mês passado - para a inauguração da ciclovia na própria Avenida Paulista.

    A prefeitura da cidade tem conversado com comerciantes da região e com associações de moradores, para saber o que eles pensam da medida. Dependendo do resultado da pesquisa, o Secretário Municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que pode transformar uma das principais avenidas do país em um espaço de lazer para os paulistanos, todos os domingos.

    Seguindo o incentivo à mobilidade urbana sustentável, outra novidade chegará em breve aos usuários das linhas de trens da CPTM. A partir no dia 19 desse mês – quando se comemora o Dia do Ciclista – os paulistanos poderão transportar suas bicicletas nos últimos vagões dos trens.

    A medida vale de segunda a sexta-feira, após as 20 horas e 30 minutos - e depois das 14 horas, aos sábado. Aos domingos e feriados, o transporte das bikes é liberado o dia todo.

    As linhas da CPTM também contam com 28 bicicletários gratuitos – com exceção da unidade Mauá, que cobra diária de R$2 e mensalidade de R$20 para o uso do local.

    Com a expansão das ciclovias e ciclofaixas pela capital paulista, quem pedala em vias compartilhadas deve tomar consciência de que deixou de ser a parcela mais frágil da mobilidade urbana. Mesmo fora da faixa, os pedestres têm sempre preferência.

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.