alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE sp

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Pelé é novamente hospitalizado em São Paulo após voltar de Paris

    Pelé é novamente hospitalizado em São Paulo após voltar de Paris

    (Reuters) - O ex-jogador Pelé foi internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, após desembarcar no aeroporto de Guarulhos na manhã desta terça-feira ao voltar de Paris, onde passou cinco dias internado.

    A hospitalização de Pelé ocorreu devido a um quadro de infecção urinária, que foi controlada e erradicada pelos médicos franceses. 'No momento, (ele) esta? realizando exames admissionais e seu estado de sau?de e? bom', informou o hospital Albert Einstein em nota.

    Ao desembarcar, o tricampeão mundial reconheceu o carinho e a preocupação dos fãs. 'Quero aproveitar essa oportunidade para (agradecer a) todos os brasileiros, para todos aqueles que ligaram para hospital, que ligaram para mim... desejando meu pronto restabelecimento. Muita gente dizendo que fazia prece, orando por mim e, mais uma vez, foi tudo bem', disse em reportagem da TV Globo.

    O ex-atleta, de 78 anos, também mencionou que passou por uma cirurgia, mas não forneceu mais detalhes sobre o procedimento.

    Pelé foi internado num hospital de Paris no dia 3 de abril com febre alta, depois de participar de um evento na cidade ao lado do atacante do Paris Saint Germain e da seleção francesa Kylian Mbappé.

    O astro, considerado por muitos o melhor jogador de futebol da história, recebeu tratamento com antibióticos e disse na sexta-feira, em sua conta oficial do Twitter, que estava se sentindo muito melhor.

    Pelé tem enfrentado uma série de problemas de saúde nos últimos anos.

    Em março do ano passado, ao ser homenageado no Fórum Econômico Mundial para a América Latina em São Paulo, Pelé afirmou que ainda se recuperava de duas cirurgias no quadril que o deixaram “fora do jogo”.

    Além disso, o tricampeão já esteve hospitalizado nos últimos anos devido a problemas na próstata e no rim.

    (Reportagem de Débora Moreira no Rio de Janeiro)

    51

    2 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Tentativa de assalto a agências bancárias termina com 11 suspeitos mortos em SP

    Tentativa de assalto a agências bancárias termina com 11 suspeitos mortos em SP

    (Reuters) - Uma tentativa de assalto a duas agências bancárias em Guararema, na região metropolitana de São Paulo, resultou na morte de 11 suspeitos em confronto com a polícia na madrugada desta quinta-feira, informou a Secretaria da Segurança Pública do Estado.

    Segundo a secretaria, cerca de 25 criminosos se preparavam para explodir caixas eletrônicos quando foram surpreendidos por policiais. Os suspeitos dispararam contra as equipes para tentar fugir, dando início a uma perseguição com troca de tiros em diferentes pontos do município, acrescentou.

    'Onze criminosos feridos durante a ação não resistiram aos ferimentos', disse a secretaria em comunicado. 'Até o momento, foram apreendidos sete fuzis, quatro pistolas, duas calibres 12, explosivos, coletes balísticos e três veículos, sendo dois deles blindados'.

    Uma residência foi invadida durante a fuga e os moradores foram feitos como reféns, mas foram posteriormente libertados pela Polícia Militar. Segundo a secretaria, as buscas pelos demais suspeitos continuavam em torno da região de Guararema no início da tarde.

    O presidente Jair Bolsonaro elogiou a ação da polícia em mensagem publicada no Twitter. 'Parabéns aos policiais da ROTA (PM-SP) pela rápida e eficiente ação contra 25 bandidos fortemente armados e equipados que tentaram assaltar dois bancos na cidade de Guararema e ainda fizeram uma família refém. 11 bandidos foram mortos e nenhum inocente saiu ferido. Bom trabalho!', afirmou.

    A movimentação dos envolvidos na ocorrência já era monitorada, o que permitiu impedir o assalto, de acordo com as autoridades.

    'Com o emprego do serviço de inteligência das polícias e do Ministério Público, que monitorava os criminosos, a Polícia Militar impediu o assalto', afirmou a secretaria.

    Imagens de televisão mostraram que os alvos dos criminosos eram agências do Banco do Brasil e do Santander.

    (Reportagem por Débora Moreira, no Rio de Janeiro)

    73

    2 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Lava Jato em SP denuncia Temer por lavagem em caso sobre reforma na casa de sua filha

    Lava Jato em SP denuncia Temer por lavagem em caso sobre reforma na casa de sua filha

    Por Eduardo Simões

    SÃO PAULO (Reuters) - O ex-presidente Michel Temer foi novamente denunciado em um caso ligado à operação Lava Jato, dessa vez em São Paulo e por crime de lavagem de dinheiro em uma acusação que envolve uma reforma feita na casa de Maristela Temer, filha do ex-presidente, na capital paulista.

    De acordo com o Ministério Público Federal em São Paulo, a reforma foi paga com recursos de propinas pagas a Temer em troca de contratos para obras na usina nuclear de Angra 3.

    Temer tornou-se réu nesta terça-feira na Justiça Federal do Rio de Janeiro por corrupção, lavagem e peculato (apropriação de verbas públicas) no âmbito da operação Descontaminação, que apura desvios na Eletronuclear, por meio de obras em Angra 3. Temer chegou a ser preso preventivamente neste caso e posteriormente solto.

    Também foram denunciados pelos procuradores da Lava Jato em São Paulo a filha de Temer, como beneficiária da reforma, o coronel da reserva da Polícia Militar de São Paulo e amigo pessoal do ex-presidente João Baptista Lima Filho e Maria Rita Fratezi, mulher do Coronel Lima. Os dois são acusados de pagar a reforma, que teria custado 1,6 milhão de reais, em espécie.

    Os procuradores da Lava Jato em São Paulo afirmam que o Coronel Lima é um 'faz-tudo' de Temer há 40 anos. Já os procuradores da República no Rio de Janeiro afirmam que Lima é operador financeiro do ex-presidente e que Temer comanda uma organização criminosa que opera desviando recursos públicos há 40 anos.

    Em nota, o advogado Eduardo Carnelós, que representa Temer, negou o envolvimento do ex-presidente em irregularidades e disse que a denúncia da força-tarefa da Lava Jato em São Paulo expressa crueldade por envolver a filha de Temer.

    'Michel Temer não recebeu nenhum tipo de vantagem indevida, seja originária de contratação da Eletronuclear, seja originária de qualquer outra operação envolvendo órgãos públicos. Por isso, nunca poderia ter praticado lavagem de dinheiro ilícito, que nunca lhe foi destinado', afirmou Carnelós.

    'A acusação hoje feita, além de absolutamente descabida e contraditória, também expressa a crueldade de quem, para persegui-lo, não se peja de envolver a filha dele, atingindo-o assim de forma ainda mais vil.'

    O advogado Fernando Castelo Branco, responsável pela defesa da filha do ex-presidente, se declarou surpreendido com a denúncia, que classificou de 'infundada' e disse que a origem dos recursos usados na reforma é lícita.

    'Com o respeito devido ao Ministério Público Federal, não houve preocupação em se verificar a veracidade dos fatos, inteiramente refletida nos esclarecimentos já prestados por ela quando ouvida perante a autoridade policial', disse o advogado.

    'A origem dos valores utilizados para a reforma de sua residência é lícita e Maristela Temer jamais participou de qualquer conduta voltada à lavagem de dinheiro.'Temer também tornou-se réu, ainda na semana passada, na Justiça Federal do Distrito Federal no processo que trata do caso em que o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures recebeu, supostamente como intermediário do ex-presidente, uma mala com 500 mil reais que, de segundo o Ministério Público, era dinheiro de propina paga pelo grupo J&F, controladora da JBS.

    24

    2 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Governo de SP anuncia ICMS menor para novos investimentos de montadoras

    Governo de SP anuncia ICMS menor para novos investimentos de montadoras

    Por Aluisio Alves

    SÃO PAULO (Reuters) - O governo paulista vai reduzir a alíquota do ICMS para novos investimentos de montadoras de veículos, após gigantes como General Motors e Ford terem sinalizado intenção de desmobilizar fábricas no Estado de São Paulo.

    O benefício valerá para novos investimentos a partir de 1 bilhão de reais, com o desconto subindo conforme o valor do aporte, podendo chegar a até 25 por cento em relação à alíquota atual quando os montantes superarem 10 bilhões de reais. Os aportes devem incluir também o compromisso de criar pelo menos 400 postos de trabalho.

    No anúncio, o governador de São Paulo, João Doria, negou que o programa, batizado de IncentivAuto, seja uma reação aos planos de desinvestimentos das montadoras.

    'É um programa propositivo para estimular a produção, mas com vinculação a geração de emprego e melhora da produtividade', disse Doria nesta sexta-feira a jornalistas, na sede do governo do Estado.

    Em fevereiro, a Ford anunciou saída do negócio de caminhões na América do Sul e o fechamento de sua fábrica em São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista. Em janeiro, a General Motors ameaçou não continuar a operar da mesma forma no Brasil e que estava negociando incentivos fiscais com o governo de São Paulo, onde tem fábricas em São Caetano do Sul e São José dos Campos.

    O governo paulista negocia a venda da fábrica da Ford com para outras montadoras e, segundo Doria, uma solução positiva deve acontecer 'bem antes de novembro', referindo-se ao prazo combinado com a montadora para manutenção da produção e preservação dos cerca de 3 mil empregos da instalação.

    Doria também rejeitou que o plano de incentivo tributário seja parte de uma guerra fiscal para trazer investimentos de montadoras destinados para outros Estados. E se negou a fazer um cálculo de renúncia fiscal do programa.

    'Estamos falando da atração de novos investimentos que, sob outras condições, não aconteceriam', disse Doria, defendendo que seu governo é liberal na sua visão econômica.

    O secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmou que a própria Ford poderá se enquadrar no programa de incentivo.

    A Ford afirmou que não comentaria o assunto.

    Em nota, a GM afirmou que 'a iniciativa vai contribuir na busca de competitividade para a indústria automotiva'.

    O anúncio do benefício fiscal paulista acontece no momento em que o setor de veículos se recupera de uma queda histórica no país. Na semana passada, a Fenabrave, entidade que representa as concessionárias, afirmou que o licenciamento de veículos novos no Brasil cresceu 26,6 por cento em fevereiro sobre um ano antes.

    O IncentivAuto também chega pouco mais de um mês após o governo Doria ter anunciado a redução da alíquota do ICMS sobre combustível de aviação, de 25 para 12 por cento, em voos domésticos.

    Doria adiantou que novas fases de programas de incentivos tributários serão anunciados mais adiante, embora não tenha citado quais nem quando.

    36

    3 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bolsonaro mantém liderança em SP, agora em empate técnico com Alckmin, diz Ibope

    Bolsonaro mantém liderança em SP, agora em empate técnico com Alckmin, diz Ibope

    SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, manteve a liderança na corrida presidencial no Estado de São Paulo, agora em empate técnico com o ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB), mas com vantagem numérica, após ter sido esfaqueado na quinta-feira, mostrou pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira.

    Bolsonaro registrou 23 por cento das intenções de voto, ante os 22 por cento no levantamento anterior, divulgado em 20 de agosto. Alckmin, que governou o Estado por quatro mandatos, aparece com 18 por cento, ante 15 por cento no levantamento anterior, segundo dados divulgados no site do jornal O Estado de S. Paulo, um dos contrantes. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais.

    A pesquisa foi realizado entre sexta-feira e domingo, logo na sequência do ataque a Bolsonaro em Juiz de Fora (MG).

    A sondagem aponta Ciro Gomes (PDT) com 11 por cento, contra 8 por cento no levantamento anterior, Marina Silva (Rede) soma 8 por cento, ante 10 por cento na pesquisa anterior, e Fernando Haddad (PT) soma 7 por cento, contra 5 por cento antes, e Marina Silva.

    Haddad deverá substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na cabeça de chapa da coligação liderada pelo PT, após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barrar a candidatura de Lula com base na Lei da Ficha Limpa.

    O percentual dos que pretendem votar em branco ou anular o voto é de 15 por cento, ante 20 por cento. A pesquisa mostrou que 6 por cento se declarou indeciso, ante 9 por cento.

    O Ibope ouviu 1.512 pessoas no Estado. A pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo.

    (Por Eduardo Simões)

    24

    9 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. sp

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.