alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Beber mais do que três vezes na semana pode trazer riscos à saúde

    Apesar dos benefícios ao coração, a bebida pode aumentar o risco de câncer.

    Por Letícia Furlan

    Placeholder - loading - news single img

    Um estudo publicado na revista Alcoholism: Clinical & Experimental Research revelou que beber mais do que três vezes na semana pode aumentar em 20 por cento o risco de morte prematura.

    Até então, a baixa ingestão de álcool já havia sido associada a benefícios, principalmente para a saúde cardíaca – algo que foi confirmado pelos pesquisadores. Mesmo assim, eles descobriram também que a bebida pode aumentar o risco de câncer.

    Um artigo científico anterior já havia comprovado este risco para os cânceres de boca, garganta, esôfago, fígado, mama e cólon. E, de acordo com a Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO, na sigla em inglês), 5,5 por cento dos novos casos de câncer no mundo estão relacionados ao hábito de beber.

    “Embora esta associação tenha sido estabelecida há muito tempo, a maioria dos oncologistas, dos leigos e dos pacientes com câncer não estão cientes do risco. Essa foi uma oportunidade para aumentarmos a conscientização”, comentou Noelle LoConte, da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, em entrevista para a revista norte-americana Time.

    E o risco de morte prematura encontrado no estudo pode ser impulsionado pelo maior risco de câncer. “Foi um grande estudo no qual foram analisados os tipos de ingestão — leve a moderada — em vez de apenas pessoas que bebem versus que não bebem. O resultado traz mais evidências que sugerem como precisamos prestar atenção ao risco de câncer”, disse Tara Narula, cardiologista do Zucker School of Medicine, nos Estados Unidos, em entrevista ao CBS This Morning.

    Foram analisadas informações sobre saúde, dieta, consumo de álcool e mortalidade de quase 435 mil pessoas entre 18 e 85 anos por quase dez anos. Beber uma ou duas doses cerca de três vezes por semana foi associado ao menor risco de mortalidade — mesmo em comparação com aqueles que bebiam menos. Entretanto, cada sessão adicional de bebida mostrou maior risco de morte. Embora seja o mesmo para todas as faixas etárias, o risco pode ser mais significativo para pessoas mais velhas, já que à medida que envelhecemos, a probabilidade de morrer por qualquer causa também aumenta.  

    “Não devemos beber mais do que três vezes por semana”, disse Sarah Hartz, da Universidade de Washington, à Time. Para Tara, os médicos devem considerar o histórico dos pacientes antes de determinar se a ingestão de álcool é recomendável ou não. A especialista afirma que indivíduos com histórico de câncer na família devem se abster; já no caso de pessoas com risco cardiovascular, beber uma ou duas doses pode ser benéfico.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. beber mais do que tres vezes

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.