alexametrics
Conectando

    Segundo especialistas, alimentação saudável pode refletir diretamente na qualidade de sono. Saiba o que consumir.

    Boa alimentação pode impactar positivamente no sono

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    Segundo especialistas,  alimentação saudável pode refletir diretamente na qualidade de sono.  Consumir alface, cereja, nozes e kiwi pode impactar positivamente na prevenção da insônia. Esses produtos têm componentes bioativos e nutrientes que promovem o sono.

    Para médicos do setor, consumir alimentos funcionais como método para prevenir a insônia, pode ser uma alternativa, apesar de não  ter sido muito explorado até o momento. Outra forma de tratar a insônia, que é considerada uma epidemia global e atinge quase metade da população mundial,  é através da ingestão de medicamentos.

    De acordo com especialistas, em relação a alimentação, a dica é  ter uma dieta rica em vegetais e frutas, o que pode refletir em noites de sono de 8 horas ou mais. Já aqueles que não consomem peixes, vegetais e frutas podem ter dificuldade no momento de dormir.

    Outra recomendação é tomar leite a noite, devido as substâncias metanonina e cálcio presentes no produto refletirem no ato de adormecer.

    A insônia, quando acontece de forma frequente, pode levar à diversas doenças,  além de que isso pode aumentar o risco para enfermidades de ordem psicológica, como a depressão e ansiedade.

    Evite açúcar em excesso

    Alimentos ricos em açúcar, cafeína em excesso, chá verde podem colaborar para esta desordem de sono.

    Dietas com alto teor de açúcares simples tendem a impactar na redução de horas dormidas. O tabagismo, também, pode estar relacionado a insônia.

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.