alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    BRF e Carrefour estão entre empresas com resultados trimestrais afetados por greve dos caminhoneiros

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    Por Gram Slattery e Ana Mano

    SÃO PAULO (Reuters) - Os resultados trimestrais de empresas de setores que vão de proteína animal a shoppings centers, como BRF e JBS, serão permeados pelos efeitos da greve dos caminhoneiros que deixou o país paralisado durante 11 dias no final de maio.

    Como resultado da greve, cerca de 167 fábricas do setor de carnes pararam as operações, causando 3 bilhões de reais em prejuízos para empresas processadoras de carne suína e de frango, segundo estimativas da associação que representa o setor, ABPA.

    Isso veio em cima da decisão do governo brasileiro de suspender a exportação de algumas unidades da BRF e da proibição da União Europeia de importação de alguns produtos de carnes brasileiros que assustaram os investidores.

    'Para o segundo trimestre, esperamos que a maior parte destas companhias, especialmente a BRF, mas também a JBS , mostrem pressões sobre as margens na comparação anual', disse Benjamin Theurer, analista do Barclays, na Cidade do México.

    Apesar da greve ter durado menos de duas semanas, os efeitos colaterais duraram muito mais tempo, acrescentou Theurer, com as filas de navios esperando para entrar nos portos recuando lentamente.

    Já analistas do BTG Pactual estimam que o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da BRF caia cerca de 32 por cento na comparação anual.

    Mais abaixo na cadeia de suprimentos, varejistas de alimentos como o GPA

    1. Home
    2. /
    3. noticias
    4. /
    5. brf e carrefour estao entre …
    6. /

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.