alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    "Chiclete" identifica mulher que viveu há 6 mil anos

    Pela primeira vez, cientistas conseguiram extrair o genoma humano antigo através de algo que não seja ossos

    Placeholder - loading - news single img
    A mulher morou em Syltholm, uma ilha da Dinamarca no mar Báltico. Crédito da imagem: iStock

    Publicada em  

    O código genético de uma mulher que viveu seis mil anos atrás, na Escandinávia, foi decifrado através de um alcatrão de uma árvore, uma espécie de “chiclete”.

    Pela primeira vez, cientistas conseguiram extrair o genoma humano antigo através de algo que não seja ossos.

    De acordo com o DNA obtido pelos pesquisadores, a mulher tinha olhos azuis, cabelos castanhos escuros e pele escura. A descrição da mulher foi possível graças ao alcatrão usado por ela.

    Segundo cientistas, o “chiclete” é uma fonte muito valiosa de DNA antigo. O estudo constata que a mulher era descendente de colonos que migraram da Europa Ocidental, após as geleiras recuarem.  

    O estudo foi bastante amplo e verificou, até mesmo, como a mulher vivia.

    De acordo com a análise do DNA, a menina morou em Syltholm, uma ilha da Dinamarca no mar Báltico.

    Bactérias presentes no “chiclete” também foram extraídas pelos pesquisadores, que descobriram patógenos causadores de febre glandular e pneumonia.

    Segundo cientistas, o DNA analisado mostra a evolução dos patógenos humanos ao longo dos anos.

    1. Home
    2. noticias
    3. chiclete identifica mulher …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.