alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Como reduzir o risco de hipertensão

    Recomendações de profissionais gabaritados do exterior, simples de aplicar no cotidiano, podem ajudar a combater esse transtorno tão comum

    Por Larissa Valença

    Placeholder - loading - news single img

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a hipertensão é a causa indireta de mais de 9 milhões de mortes em todo o mundo. As dicas, a seguir, publicadas incialmente por um site norte-americano, Business Insider e divulgadas recentemente por um jornal digital Espanhol, podem ajudar a diminuir as chances de ter uma doença cardiovascular. Confira:

    1- Faça exercícios de modo moderado

    Realizar atividades físicas por cerca de quatro ou cinco dias na semana. Porém, não exagere na dose. O ideal é não se cansar demais, pois isso pode ter implicações negativas para o organismo humano.

    Aliás, em contrapartida, caso o corpo esteja adaptado a uma quantidade específica de exercícios moderados, ele fica mais resistente as mudanças da pressão arterial.

    Uma informação descoberta recentemente é que não importa quando alguém inicia a prática esportiva, mesmo se passou décadas sendo sedentário, isso pode oferecer efeitos positivos para a saúde do coração.

    2- Coma mais potássio, menos sódio e tenha uma dieta saudável

    O indicado é consumir alimentos que tenham tais nutrientes, como a banana, eles podem auxiliar a substituir os petiscos menos saudáveis.
    Já o sódio é inimigo da hipertensão, de modo que, é imprescindível ter cuidado com a quantidade ingerida do item, e seguir à risca as recomendações da Organização Mundial da Saúde.

    A dieta mais indicada, nesse caso, deve ser composta por alimentos saudáveis, que contêm muita fibra, como frutas e verduras. Contudo, o mais indicado é ir a uma nutricionista que poderá ajudar de forma certeira. 

    3-Aumentar as horas de sono

    Um artigo científico publicado na Nature, por exemplo, mostrou que dormir, mesmo que apenas por uma semana, por cerca de cinco ou seis horas, já oferece riscos. Então o ideal, é descansar, a quantidade recomendada, de 7 a 8 horas por noite.

    4-Seja grato e aproveite a vida

    De acordo com o achado de uma instituição dos Estados Unidos, American Psychological Association, os pacientes mais agradecidos mostraram que têm mais humor, qualidade de sono, menor fadiga e riscos de sofrer doenças de ordem cardíaca.

    O artigo, também, enumerou que é relevante tentar reduzir o estresse e conviver mais com os entes queridos.

     

    1. Home
    2. noticias
    3. como reduzir o risco de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.