Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Confira como foi a apresentação de despedida de Elton John em Toronto, no Canadá

    Momento mais que especial foi pautado por muita emoção e carinho

    Placeholder - loading - Elton John durante show. Crédito: iStock
    Elton John durante show. Crédito: iStock

    Publicada em  

    (Toronto, CAN) Na última quinta-feira, a lenda da música, Sir Elton John, realizou uma performance na maior cidade do Canadá, Toronto, show faz parte da sua turnê de despedida, ‘Farewell Yellow Brick Road’. No total, são 3 apresentações seguidas, entre 23 e 25 de outubro, no estádio, Scotiabank Arena.

    Aliás, no ano passado, o astro esteve nesse local, em setembro de 2018. E ao retornar, surpreendeu os fãs nesta semana com uma loja temporária, pop-up, cheia de produtos do músico.

    Elton é um dos artistas solos de mais prestígio de todos os tempos. O intérprete de 72 anos já vendeu mais de 300 milhões de discos ao redor do mundo, já fez mais de 4 mil performances em mais de 80 países, desde a sua primeira turnê em 1970.

    Ao longo do espetáculo, que durou 2 horas e 50 minutos, o astro disse: ‘’A última vez que estive no estádio foi no final da NBA para ver o time de basquete de Toronto, Raptors, ser campeão, e agora, estou aqui para 3 shows consecutivos, estou emocionado’’, colocou.

    O artista inglês, também, explicou ao longo do show que a razão de ter decidido se afastar dos palcos tem nome: Furnish, Zachary, de 8 anos e Elijah, de 6 anos, ou seja seus filhos. ‘’Eles precisam de mim e eu deles’’, complementou.

    Mas, o célebre cantor não deve deixar de compor, tampouco gravar depois de 2021, quando terá finalizado a tour que percorrerá todos os continentes.

    A estrela agradeceu com os olhos marejados o carinho do público durante esses 50 anos.

    Em Toronto, é o seu vigésimo segundo show, e a celebridade continuou mostrando muito entusiasmo e carisma de sobra ao tocar e cantar com a sua banda, composta por 6 integrantes, a maioria já está junto há um longo tempo: Davey Johnstone- na guitarra, Nigel Olsson- na bateria, Ray Cooper, John Mahon– na percussão, Kim Bullard, nos teclados e Matt Bissonette, no baixo.

    Elton começou com o single ‘’Beginning with Bennie and the Jets’’ e finalizou com a faixa título do disco de 1973, ‘’Goodbye Yellow Brick Road’’.

     

    Enfim, veja o Setlist, segundo publicação do jornal canadense, ‘The Sun’:

    Bennie and the Jets

    All the Girls Love Alice

    I Guess That’s Why They Call it the Blues

    Border Song

    Tiny Dancer

    Philadelphia Freedom

    Indian Sunset

    Take Me to the Pilot

    Sorry Seems To Be the Hardest Word

    Someone Saved My Life Tonight

    Levon

    Candle in the Wind

    Funeral for a Friend / Love Lies Bleeding

    Burn Down the Mission

    Daniel

    Believe

    Sad Songs (Say So Much)

    Don’t Let the Sun Go Down on Me

    The Bitch is Back

    I’m Still Standing

    Crocodile Rock

    Saturday Night’s Alright for Fighting

    Your Song

    Goodbye Yellow Brick Road

     

    Relembre, ‘’Levon’’ nesta versão ao vivo de 1971: 

    Aliás, o hit foi um dos grandes destaques da noite de 23 de outubro! Difícil definir os momentos mais impactantes, quando se tem uma lista dessa repleta de hinos, não é mesmo... 

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia 6 músicas internacionais que têm samples de outras canções

    6 músicas internacionais que têm samples de outras canções

    Sample é um termo bastante conhecido no mundo da música, especialmente por compositores, cantores e gravadoras. Mas a verdade é que isso talvez seja algo que esteja guardado apenas para os profissionais da área. Sendo assim, esta matéria foi preparada para informar o leitor, com uma linguagem fácil para todos tenham conhecimento.

    A criação de uma música é muito mais complicada e detalhada do que o ouvinte comum acha. O glamour para os cantores e bandas, como premiações, discos de ouro e platina são apenas o final de um trabalho longo e extenso. Como, sabemos que para uma produção de música, uma equipe com vários profissionais é acionada.

    Para entender o sample, devemos voltar lá na origem do artificio, que teve notoriedade na década de 80, justamente com o crescimento das músicas eletrônicas e os arranjos, em versões de remix.

    Por mais moderno que possa parecer, uma técnica de samplear as faixas musicais são muito mais antigas do que pensamos. As primeira tentativas e estudos originaram o termo, surgiram na década de 40.

    Os franceses teóricos da música Pierre Schaefer e Pierry Henry, foram os pioneiros na preparação da chamada Musique Concrèt, que em resumo é arte de modificar um som.

    Como o próprio diz, o significado de Sample, do inglês para o português é basicamente “amostra”, e essa amostra é uma forma utilizada pelos produtores, em uma criação musical. Diferente do remix, o sample é uma base de um faixa já existente. Para deixar mais fácil para o entendimento.

    Quando um musico pega um violão para compor as primeiras notas de uma obra, ele levará para uma gravadora e produtor musical, e incluir aquele curto trecho instrumental na canção. Essa gravação do violão é uma amostra fica gravada, para o inicio da criação.

    O Sample não está limitado apenas nas gravações instrumentais, mas as vozes são muito presentes também. Muitos produtores usam de uma musica já existente para a elaboração de uma nova.

    Por isso, em algumas situações, é notório quando o ouvinte aprecia uma canção, e assemelha a mesma com outra. Assim, ‘samplear’ pode ser considerado uma forma de homenagear o criador.

    Músicas que utilizam sample

    Madonna - 'Hung Up'

    Do ritmo conhecido e apreciado por muitos, o single ‘Gimme ,Gimme, Gimme’ da banda aclamada ABBA, a diva Madonna, não economizou na homenagem ao grupo sueco. ‘Hung Up’ virou de fato um sucesso em 2005, e talvez poucos sabiam dessa similaridade.



    Confira a versão do ABBA:



    Beyoncé - 'All Night'

    A base feita pela estrela Beyoncé em ‘All Night’ foi de fato uma bela combinação com ‘Spottieottiedopaliscious’. A canção original veio da dupla de rappers americanos, Outkast.



    Confira a versão da dupla Outkast:



    Jennifer Lopez - 'Jenny From The Block'

    O grupo americano de hip hop, The Beatnuts, emprestou um de seus exemplares, ‘Watch Out Now’, para a cantora, compositora e atriz Jennifer Lopez. A batida presente na canção da J.Lo é mais um exemplo da utilização do sample. E vale ressaltar que isso não falta de criatividade, e sim uma admiração e homenagem.



    Confira a versão do grupo The Beatnuts:



    Ariana Grande - '7 Rings'

    Ariana Grande voltou ao passado e utilizou 'My Favorite Things', do clássico 'A Noviça Rebelde' em sua música "7 Rings".    

    1 D
    1. Home
    2. noticias
    3. confira como foi a …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.