alexametrics
Conectando

    Conheça Cecilia Krull, dona do hit da série La Casa de Papel

    A cantora dá voz a faixa “My Life is Going On”

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    A série La Casa de Papel, gravada na Espanha, já é uma das preferidas entre os brasileiros. Com isso, a música de abertura, “My Life Is Going On” já foi, inclusive, adicionada na programação da Antena 1.

    Criada por Álex Pina para a emissora Antena 3, teve sua estreia no dia 2 de maio de 2017 e, na plataforma Netflix no dia 25 de dezembro, trazendo estrelas como Úrsula Corberó, Paco Tous, e Alba Flores.

    Além disso, a canção de abertura da série, nomeada “My Life Is Going On” se tornou um sucesso no país. A cantora Cecilia Krull, responsável também pela composição da letra já interpretou também temas das produções Tres Metros Sobre El Cielo e Vis a Vis.

    A artista concedeu uma entrevista exclusiva para a Antena 1, revelando que, tudo começou aos 12 anos e que uma de suas principais inspirações é Stevie Wonder. Além disso, a cantora deu voz a outra faixa da série. Saiba qual e tudo sobre Cecilia Krull a seguir:

     

    1- Quando foi que você começou a cantar? Quando decidiu que seria cantora? Vem de uma família de músicos?

     

    Meu pai era pianista, minha mãe canta muito bem, e fez algumas coisas quando era jovem, mas não se dedicou a música profissionalmente. Meu avô tocava acordeão, meus tios tocam guitarra, meus primos são músicos. Então, nasci em um meio musical, creio que eu tenho cantado desde que nasci! Nunca decidi ser cantora, sempre foi algo que esteve comigo. Segundo meus pais, quando meu pai tocava  piano, eu cantarolava o que ele estava tocando. E inclusive, quando comíamos em algum restaurante, eu cantava a música que escutava por lá, durante o percurso do estabelecimento até chegar em casa! Comecei profissionalmente aos 7 anos, nas produções da Disney

    2- O seu pai é compositor? E você, já escreveu alguma música?

    Sim, meu pai é compositor. E eu já escrevi muitas canções, também. Uma das primeiras, fiz com 12 anos, eu a apresentei em um programa de Tv aqui na Espanha chamado " el juego del amor " (O jogo do amor). É alucinante como o amor ocupa tanto lugar na música.



    3- Como foram suas participações nas produções do Walt Disney quando era criança?

    Aprendi muito, era muito pequena, e até os 14 anos estive fazendo muitas sessões de gravação, também como atriz de dublagem. Compartilhar com companheiros, exercitar o ouvido musical, aprender a cantar com mais gente, foi uma experiência da qual guardo muitas boas recordações, muito doce.

    4- Quais são as suas maiores inspirações musicais?

     

    Em casa sempre escutamos sobretudo Jazz, música clássica, contemporânea, 'chanson française'.... Mas, na minha adolescência escutei muito hip hop! Eu era rebelde, não queria seguir os passos do meu pai e o jazz, mas, com o tempo, encontrei na fusão (musical) meu refúgio, eu gosto muito, também, de flamenco, música Soul, e r&b.....


    5- “My Life Is Going On” foi escrita especialmente para a série? Qual é a sua relação com o compositor, Manel Santisteban? Vocês já fizeram outras parcerias?

     

    Manel Santisteban e eu temos uma excelente relação que começou sendo de trabalho e ele se tornou um familiar para mim! Fizemos juntos a canção para o filme " 3 metros sobre el cielo" (3 metros sobre o céu), chamada " Something’s Triggered", e desde então, não deixamos a parceria de lado, ele compondo e eu colocando a voz nas melodias!

    Também fizemos  a canção “All my fears” para o filme “Fuga de Cerebros 2" e a música “Agnus Dei”da série Vis a Vis, “My life is Going on”, para La casa de Papel, e também uma em espanhol “La verdad”, da série” El Accidente. Quando nós fazemos canções para séries e filmes sempre pensamos na trama e nos personagens.


    6- Há outra canção sua na série 'La casa de papel'?


    No primeiro capítulo quando se apresenta o grupo! Quando eles vão entrando juntos na casa, onde tudo se planeja com o Professor. Essa canção, também, é minha e de Manel.  


    7- Você esperava que a série lhe daria reconhecimento mundial? Como está sendo a recepção dos telespectadores com a música?

    A verdade é que sempre aproveito muito quando estou cantando, não penso na repercussão de nenhum tipo, não espero nada, tudo o que chega é uma surpresa, e eu recebo com imensa alegria e muito agradecimento. Os telespectadores são incríveis, me escrevem nas minhas redes, me dedicam covers da música. No momento, tento responder a todos que me mandam mensagens.

    8- Quais são seus planos de agora em diante? Escrever novas músicas ou um novo disco?


    Novas canções e um disco, claro! E muitos shows, espero.


    9- No vídeo enviado para a Antena 1, você disse que espera encontrar os brasileiros em breve. Há planos de uma visita ao Brasil? Qual a sua relação com os seus fãs brasileiros?

     

    Minha relação com os meus admiradores é a máxima possível! Eu respondo todo mundo que me escreve. Ainda não há nada fechado, mas espero que em breve.  Gostaria de ir ao Brasil, seria um sonho e além do mais para cantar. Felicidade! Significa muito para mim todo o apoio que estou recebendo. Muito carinho e amor.

    10- Quais são os seus planos? Tem pretensões de continuar cantando em espanhol e inglês? Tem alguma preferência de idioma ao cantar? 

     

    Falo três idiomas, espanhol, inglês e francês, às vezes, também, escrevo letras em francês, em espanhol canto menos, embora eu, também, goste. Acredito que o inglês sai mais fluído. Afinal, eu sempre escutei mais música anglo-saxônica.


    11- Como foi o convite para ser intérprete da canção "My life is going on"? Qual foi a sua reação?

    Quando Manel me liga para me apresentar projetos, sempre desligo e grito: Bem! Isso me deixa muito feliz, nós colocamos todo o coração, mas não só tenho pretensões, como sempre tento manter os pés no chão.

    12- A música "My life is Going on" ocupa boa posição em diversas paradas musicais: Está no topo do iTunes Brasil e entre as mais tocadas no Spotify da Argentina e de outros países. Como você se sente com isso?


    Muito feliz. Imagina que sigo cantando por toda a minha vida, eu já cantei em todo tipo de eventos, restaurantes, casamentos.... (Risos) Isso é um sonho! 


    13- Você já escreveu canções para duas produções espanholas. Qual a sua relação com as séries? Você já pensou em seguir a carreira de atriz?


    Minha irmã mais velha sempre estudou artes dramáticas, ela até se formou como atriz e agora como dramaturga!  Sinto muito respeito pela atuação, sempre que me perguntaram eu disse não (sobre a carreira de atriz). Exceto, na série Vis a Vis, quando me convidaram para fazer uma aparição em um capítulo, e eu adorei. Comecei a fazer aulas de interpretação e a verdade é que adorei essa experiência. Então, porque, não?

    Perfil:

    Cecilia Krull López
    Nascimento: 1986, em Madri, na Espanha.
    Hobbies: viajar e gastronomia.
    Filme preferido: O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.
    Cantora favorita: Erykah Badu  
    Melhor cantor: Stevie Wonder 

    Por Larissa Valença e Amanda Brandão

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.