Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

    Dia Nacional do Chef de Cozinha: confira homenagem da Antena 1

    Confira entrevistas exclusivas com os maiores e mais renomados Chefs do país

    Placeholder - loading - Chef cozinhando. - iStock
    Chef cozinhando. - iStock

    Publicada em  

    Hoje, 13 de maio, é celebrado o Dia Nacional do Chefe de Cozinha. A data foi criada no ano de 1999 pela Associação Brasileira da Alta Gastronomia (ABAGA) com o intuito de homenagear o ato e os prazeres de cozinhar. Nesta matéria você irá conferir uma homenagem aos profissionais, além de entrevistas exclusivas com alguns dos cozinheiros mais conhecidos do Brasil.

    Cozinhar é uma arte. Isso é um fato. Muitos desses artistas encontram seu ponto de paz e amor tornando essa profissão cada dia mais admirável. Todos com os seus dons inquestionáveis fazem da Culinária Brasileira única, com sua riqueza em temperos e sabores que a torna conhecidíssima e renomada, tanto em território nacional quanto internacional.

    Imagem de conteúdo da notícia "Dia Nacional do Chef de Cozinha: confira homenagem da Antena 1" #1
    Toque para aumentar

    Nesse dia tão especial, a Antena 1 entrevistou alguns dos Chefs mais queridos pelos amantes da cozinha, e é claro, grandes representantes da tão única e expressiva Culinária Brasileira. Aproveitando, confira o que alguns dos entrevistados disseram sobre sua perspectiva sobre a culinária do país:

    Chef Henrique Fogaça

    “ A gastronomia brasileira é uma comida muito regional. É um país muito grande. Nós temos a Amazônia que é o pulmão do mundo, né? Que tem uma variedade imensa de frutas, de raízes. Então a nossa gastronomia é muito diversificada. A origem da gastronomia, a origem indígena, tem muita mandioca, enfim, em todos os cantos do Brasil, Sudeste, Sul, Norte, Nordeste. Cada região tem sua gastronomia bem exaltada, bem diferenciada, então o Brasil é um país,que no mundo que é o que mais se tem, sendo uma diversidade muito grande de ingredientes.”

    Chef Beto Almeida

    “Que bom que a gastronomia brasileira é essa miscelânea organizada. A gente vê principalmente essa mistura de ingredientes indígenas, europeus e africanos. Cada um sendo predominante em uma região do nosso país. Mas que bom que essa mistura deu muito certo, né? E naturalmente cada uma foi tomando o seu lugarzinho em cada uma das regiões. Em algumas regiões existe uma mistura, e acho que São Paulo é um grande exemplo disso. A gente encontra um pouco de tudo aqui em São Paulo, quando a gente vai pro sul a gente tem aí uma característica mais europeia, quando a gente vai pro norte, nordeste aí a gente vê mais esses ingredientes indígenas, africanos. Mas que bom que a gente conseguiu juntar um pouquinho de cada história. E acho que essa é a grande riqueza da nossa gastronomia: podendo viver um pouco de cada história, pensando em séculos e séculos atrás ou viver um pouquinho da história de outros continentes, de outros países através da comida. E isso naturalmente ao longo do tempo foi se modificando, foi se atualizando. Grandes chefes e não só grandes chefes, mas grandes cozinheiros e restaurantes foram aproveitando o que a gente tem de bom, né? Antes olhava-se muito pro exterior e o que está sendo feito nos Estados Unidos, na Europa, na França principalmente, um grande polo, mas que bom que a gente hoje consegue olhar muito e valorizar muito os nossos ingredientes que a gente tem aqui, tanto a fartura, tanta coisa que pode ser explorada, aproveitada que inclusive quem está fora que, né? Então, a gastronomia brasileira é uma gastronomia muito rica, muito farta, com muita pluralidade e que precisa cada vez mais ser explorada e valorizada.”

    Chef Andreia Pimentel

    “ A gastronomia brasileira hoje tem personalidade. A gente deixou há muito tempo de ser fornecedor de mão de obra e de matéria prima barata. Hoje nós já temos a nossa personalidade bem trabalhada com alguns chefes autorais, como Alex Atala, Rodrigo Oliveira, Jefferson Rueda que trabalham com essa gastronomia brasileira, com insumos brasileiros, mas com técnicas de alta gastronomia. Então, a gente deixou de ser fornecedor de matéria e de mão de obra barata e agora temos um produto nacional interessante. Além de chefes autorais e restaurantes que possam passar com qualidade os nossos pratos, com os nossos insumos. Então acho que hoje o Brasil ele já tem uma personalidade, embora ainda mais tímida até que a do Peru né? O Peru é bem menor, como tamanho de extensão, mas ele tem uma representatividade bem grande. A capital é da América Latina de gastronomia. Eu acho que o Brasil está buscando em cada estado e cada cultura do Brasil.”

    Chef Pablo Oazen

    “ A Gastronomia brasileira é uma gastronomia com certeza de muitas histórias, de histórias diferentes, ainda em descobrimento, né? Nós somos muito jovens, então eu tenho certeza que surpresas muito boas ainda estão por vir. E eu gosto muito de ficar contando que a gastronomia brasileira tem três grandes momentos. Os índios que já tavam aqui, onde na época a gente ainda nem chamava Brasil depois com a chegada dos portugueses e dos negros escravizados e por último com a chegada dos grandes das grandes eh imigrações japoneses, italianos, árabes e esse conjunto de de culturas a forma gastronomia brasileira.”

    Desafios e recompensas

    E é claro que como todo sonhador, o caminho em direção aos seus sonhos da vida é repleto de obstáculos e desafios, mas sempre há uma luz no fim do tunel: a chamada recompensa. Confira agora alguns dos desafios e recompensas na Culinária, na perspectiva dos entrevistados.

    Chef Henrique Fogaça

    "Já faz quase vinte anos que eu tô no ramo de gastronomia e graças a Deus cada vez mais a a gastronomia vem sendo exaltada. Acho que o MasterChef é um programa que exalta bastante pras pessoas terem acesso, né? Cozinhas diferentes, técnicas diferentes, ingredientes nunca vistos... Então, os desafios: é fácil você fazer um prato, eu no caso no restaurante. O difícil é você replicar esse prato padronizado durante dez ou vinte anos. Você põe numa crescente de todos esses anos então esse é o maior desafio. As recompensas... É um prazer, né? De poder tá trabalhando com o que gosta, com as pessoas gostando da comida, um gosto universal pode se dizer. Então esse é o grande prazer e a recompensa."

    Chef Beto Almeida

    "Muitos pensam que ser um chefe de cozinha hoje é muito mais fácil, muito mais simples do que antigamente. Eu digo que a cada dia é mais desafiador. Claro, hoje nós temos cursos, faculdades, universidades, entregando conteúdos de ponta, preparando profissionais pro mercado. Eu gosto muito de quebrar essa ideia me formei em gastronomia ou trabalho numa cozinha, sou chefe de cozinha. Você se formando em gastronomia, talvez um dia você seja um chefe de cozinha. Chefe de cozinha nada mais é do que um cargo. É um status dentro da cozinha. Então, a partir do momento que você se forma em gastronomia, você é um tecnólogo em gastronomia ou um gastrólogo, mas não, você não é automaticamente um chefe de cozinha. A não ser que você saia da faculdade, abra o seu próprio restaurante e seja você o chefe da sua cozinha. Aí sim você vai ser um chefe de cozinha. Mas ser chefe de cozinha é um cargo e é absolutamente desafiador. [...] É um trabalho muito prazeroso, ver o brilho nos olhos do nosso cliente, experimentando o que nós preparamos com todo o nosso carinho, com toda a nossa experiência, com todo o nosso profissionalismo é a maior recompensa que a gente pode ter. E os desafios são diários. A gente vai lidar com pessoas é muito difícil, lidar com gastronomia é lidar com pessoas, com sonhos, desejos. [...] Então assim, lidar com pessoas é desafiador e saber atender corretamente, e ter aquele jogo de cintura né? Muitas vezes necessário mesmo quando a gente está lidando com comida."

    Chef Andreia Pimentel

    "Eu acho que o que é mais desafiante hoje pra ser chefe de cozinha na verdade hoje é trabalhar com as mídias sociais e também com a questão de pós-pandemia. A vida mudou, então hoje a gente tem deliverys com mais qualidade entregando, então acho que os restaurantes eles tem que se adequar a essa forma. Eu acho que o desafio hoje de quem vai empreender nessa área é tentar buscar uma forma ele de ter o seu restaurante autoral, com uma gastronomia interessante, mas também poder atender esse público em casa, que é um um costume que a gente aderiu com a pandemia. Então eu me sinto assim, cumprindo minha missão, meu propósito de estar fazendo uma gastronomia saudável, de estar tendo estar oferecendo uma alternativa alimentar mais saudável e sustentável ah pro pras pras pessoas e que elas possam ter oportunidade de conhecer através do meu trabalho outras formas de se alimentar bem."

    Chef Pablo Oazen

    "Com certeza eu posso afirmar que tenho sorte de ser um chefe de cozinha nesse momento de muitos descobrimentos, de muita coisa acontecendo, sabe? De muita energia empregada na nossa gastronomia. Então tá sendo incrível ser chefe de cozinha nessa época. E os maiores desafios sempre vem da parte de RH, né? De gestão de pessoas, acho que é uma coisa que vai acontecer e vai ser sempre. Acho que as grandes profissões do futuro vão estar ligadas a gestão de pessoas. Então quem conseguir se desenvolver bem nessa área tende a tornar o trabalho mais fácil. Uma recompensa com certeza é o retorno do cliente no dia a dia do restaurante, gostando da comida, gostando do serviço. É uma coisa que eu acho que é o que dá nosso motor propulsor do dia a dia."

    Mensagem para futuros Chefs

    Confira agora uma mensagem especial que os entrevistados fizeram para aqueles que os futuros Chefs:

    Chef Henrique Fogaça

    "Pra você que quer ser chefe de cozinha, quer entrar no ramo de gastronomia, vá com determinação, foco e vontade. E goste de comer, porque é muito importante para um cozinheiro gostar, apreciar, conhecer o ingrediente e testá-lo. Mesmo que você não goste, faça com que ele fique bom pra você. Isso é um dos grandes desafios. Faça um estágio, um restaurante, faça um curso e foco e determinação e planejamento."

    Chef Beto Almeida

    "Uma mensagem inspiradora pra aqueles apaixonados por culinária que sonham em ser chefe um dia, de forma bem clichê, é: lutem pelos seus sonhos! Não é a impossibilidade de fazer uma faculdade que vai te impedir trabalhar no mundo da gastronomia e da culinária. É o conselho que eu dou pra todo mundo: se você tiver a possibilidade, faça uma faculdade de gastronomia, não apenas pelo diploma, mas pela experiência, as técnicas, pela vivência, pelo contato com outros alunos, principalmente pelo contato e experiência dos chefes e professores que muita muitas vezes fazem parte do do corpo docente. Você vai sair de lá um profissional, uma pessoa completamente diferente da que você entrou. E lógico, nunca pare de estudar. Continue sempre estudando, lendo, pesquisando, e testando. Tem espaço pra todo mundo! Fuja desse padrão, fuja do que todo mundo está fazendo, tenha criatividade, seja inovador que sem dúvida você vai ter muito sucesso!"

    Chef Andreia Pimentel

    "Todos aqueles que querem seguir gastronomia. Dá certo, porque imagina, se eu que trabalho com insetos, cozinha exótica, das mais hards possíveis, sou uma mulher e cheguei lá, todo mundo é capaz de chegar. Então eu falo pra vocês, é ter foco e o estudo -não é só a graduação-, e também estar aberta as novidades de inovação que são os aplicativos. Essa parte social mídia que é importante e trabalhar com as oportunidades, como se você tiver uma oportunidade agarre, faça bem feito que vai dar certo!"

    Chef Pablo Oazen

    "Todo mundo pode ser um bom cozinheiro. Os desafios são grandes então tem que entender que tem que tomar as decisões mas sempre buscar estar em um lugar de referência e ter paciência. Não ficar pulando de galho em galha, sabe? Porque você não aprende só uma receita. A gente tem que entender e conhecer o produto e a técnica. A receita depois você vai com o tempo. Então quem quer trabalhar em ser cozinheiro, ter um restaurante, ser chefe de cozinha, de algum restaurante, com certeza fazer uma faculdade de gastronomia ajuda muito, é mas depois sempre tá em bons restaurantes e foco."

    Veja também:

    U2 cantam 'Stand by Me' em Kiev

    Playlist Antena 1: as 10 melhores músicas do Jack Johnson

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia DUA LIPA ANUNCIA APRESENTAÇÃO ÚNICA NO BRASIL

    DUA LIPA ANUNCIA APRESENTAÇÃO ÚNICA NO BRASIL

    Hoje, 16 de maio, a superestrela pop global Dua Lipa anunciou que fará uma apresentação única no Brasil. A Future Nostalgia Tour 2022, visitará São Paulo no dia 8 de setembro deste ano no Distrito Anhembi, como divulgação do álbum homônimo e vencedor do Grammy.

    A turnê pela América Latina também terá apresentações em Buenos Aires, Santiago, Bogotá, Cidade do México e Monterrey, lista completa das datas da turnê abaixo.

    A pré-venda será entre os dias 17 e 18 de maio, a partir das 10h. Já para o público geral, a venda começa no dia 19 de maio, nos mesmos canais e horários. Os ingressos estarão disponíveis online e na bilheteria oficial física no Pacaembu.

    “Estou tão emocionada de fazer uma turnê novamente e ver meus anjos pessoalmente! Que incrível podermos todos dançar e comemorar juntos mais uma vez”, diz Dua. “Quando eu estava escrevendo ‘Future Nostalgia', imaginei as músicas sendo tocadas em clubes nas noites com seus amigos. Estou tão animada que esse sonho está finalmente se tornando realidade. Mal posso esperar para vivenciar essas músicas ao vivo com vocês!”, afirma a cantora.

    Essa será a primeira vez que Dua conecta sua visão ao vivo para este álbum, com a Billboard a chamando de “exatamente o tipo de show de retorno ao mundo real que os fãs de pop anseiam”. Anteriormente, a superestrela foi capaz de se apresentar para o público durante Studio 2051 - sua live que bateu recordes de transmissão ao vivo, com mais de 5 milhões de espectadores.

    Dua está atualmente fazendo turnê pela Europa, sendo esta sua primeira turnê mundial desde seu segundo álbum, intitulado "Future Nostalgia" ganhou disco de platina.



    Saiba mais sobre Future Nostalgia

    "Future Nostalgia" é o álbum mais antigo no top 10 de uma artista feminina na Billboard 200 deste ano e foi o álbum mais transmitido de 2020 nas plataformas online. O disco chegou nas listas de "Best Of" do final de 2021 da Rolling Stone, Billboard e Pitchfork. Além disso, a produção também gerou vários singles de sucesso, incluindo as faixas "Break My Heart" e "Levitating", que ainda estão no topo das paradas.

    Future Nostalgia agora tem mais de 7 bilhões de streams em todas as plataformas do mundo todo. Depois de receber 6 indicações ao Grammy 2021, incluindo Gravação, Canção e Álbum do Ano, ela agora é três vezes vencedora do Grammy, tendo recebido prêmios de Melhor Álbum Vocal Pop este ano e de Melhor Artista Novo e Melhor Gravação de Dança em 2019.

    Além de quebrar recordes de rádio, Dua também é uma força dominante nas plataformas de streaming, liderando a parada de artistas como a artista feminina mais transmitida no aplicativo e atualmente é a quarta maior artista geral, com mais de 65 milhões de ouvintes mensais.

    Veja a lista completa de datas da turnê na América Latina:

    8 H
    1. Home
    2. noticias
    3. dia nacional do chef de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.