alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Doces são ainda mais irresistíveis quado ligados a uma boa lembrança, diz especialista

    E o combo sal, gordura e açúcar contribuem para a sensação de prazer e recompensa.

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    Segundo Rachele Pojednic, professor assistente de nutrição da Universidade Simmons ouvido pela revista norte-americana Time, a junção do açúcar, da gorduda e do sal presente nas guloseimas “acelera o sistema de alimentação hedônico”. Ele se refere ao fenômeno bem de comer por prazer e não por necessidade física.

    Estudos demonstraram que alimentos doces ou gordurosos podem ativar vias do cérebro associadas ao prazer e à recompensa, desencadeando processos que podem competir ou anular sinais que regulam a fome e a saciedade normais, às vezes levando as pessoas a comer demais do prazer, não da fome. E enquanto sal, açúcar e gordura são todos saborosos por conta própria, cientistas de alimentos e empresas de alimentos, como observado em um livro de 2013 intitulado Salt Sugar Fat: How The Food Giants Hooked Us (Sal Açúcar Gordura: Como os Gigantes nos Alimentaram, em tradução livre), sabem há muito tempo que eles se tornam irresistíveis quando se unem .

    O efeito hedônico pode até transcender os ingredientes de uma barra de chocolate, diz Pojednic. "Temos esses sistemas neurológicos realmente complexos, onde a aprendizagem, a memória e o prazer se unem", explica ela. “É por isso que quando você entra no escritório e vê aquela Reese’s Peanut Butter Cup (chocolate), sua boca literalmente começa a regar. Você vai começar a salivar automaticamente, porque você tem essa lembrança de prazer, então esse ciclo continua”.

    Qualquer alimento palatável pode estimular esse efeito, mas algo como doces de Halloween, por exemplo, que muitas vezes está ligado à nostalgia e a lembranças positivas, provavelmente desencadeia uma reação ainda mais intensa. "Todos nós tivemos experiências com comida, onde há uma memória realmente maravilhosa em torno dela, e temos essa memória de prazer que a acompanha", diz Pojednic. "Não é apenas o prazer do sabor ou do cheiro, mas também a situação que o acompanha."

    Pode ser difícil superar esses mecanismos corporais, embora algumas pesquisas sugiram que a escolha consistente de alimentos saudáveis ??possa eventualmente religar seu cérebro para preferi-los. Até que isso aconteça, Pojednic diz que a alimentação consciente é a melhor maneira de evitar uma compulsão acidental por doces. Da próxima vez que você se deparar com guloseimas, diminua a velocidade e reserve um minuto para se perguntar: "Eu realmente quero e preciso disso?”

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. doces sao ainda mais …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.