Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Dona do hit “Lost On You”, LP comenta novo single em entrevista à Antena 1

    Cantora estadunidense também fala sobre novo álbum, previsto para ser lançado em março de 2021. Ela revela o que tem feito durante a quarentena, desafios na carreira e impressões sobre o Brasil.

    Placeholder - loading - news single img
    Photoshoot/Divulgação

    Publicada em  

    Autora de hits como “Lost On You” e “Girls Go Wild”, a cantora e compositora estadunidense LP esperava apresentar uma série de shows ao longo deste ano, incluindo uma participação no Lollapalooza Brasil. Mas a interrupção das turnês em decorrência da pandemia do novo coronavírus não impediu a artista de produzir em quarentena “canções que poderiam render dois álbuns” e um clipe para o novo single “The One That You Love”, divulgado na última quinta-feira (23). 

    Veja também: LP publica clipe para o novo single The One That You Love

    Em entrevista à Antena 1, por telefone, ela revelou os bastidores da produção do vídeo, gravado no rancho Big Sky, em Simi Valley, cidade da Califórnia – local que também já foi cenário da série de ficção científica Westworld. O espaço de mais de 32 km² facilitou o distanciamento social entre os membros da equipe, mas o registro não deixou de ser desafiador.

    Chegamos lá às cinco da manhã e só fomos sair às seis da tarde. Foi difícil e quase acabou não acontecendo”, contou LP, ressaltando o uso de máscaras pelo grupo, dirigido por Darren Craig – conhecido por seus trabalhos com Rihanna, Kanye West e Shakira.

    Sobre inquietações de um amor não correspondido – “Querida, eu peguei o mundo inteiro e coloquei nas suas mãos/Estou realmente tentando muito/Mas não entendo/Diga-me como ser aquela que você ama”, diz um trecho da composição –, a música compartilha semelhanças com o próximo álbum da artista, ainda em construção.

    Meus relacionamentos são minha inspiração. O amor não é uma coisa estática, tem seus altos e baixos e eu nunca me canso de escrever canções partindo das minhas emoções”, comentou LP, que atualmente é noiva da cantora Lauren Ruth Ward. O novo projeto já tem previsão de lançamento: março de 2021. 

    Em quase meia hora de conversa, a cantora e ativista LGBT de 39 anos também falou sobre quarentena, sua primeira turnê global online marcada para o dia 1º de agosto e desafios enfrentados ao longo dos dezenove anos de carreira. 

    Ela lembrou de quando foi “descartada” pelo selo Warner Brothers, em 2014: “Foi horrível, mas acabou se transformando na melhor coisa que já me aconteceu”. Um ano depois, o chefe de A&R da gravadora grega Cobalt Music, Panagiotis Loulorgas, procurou a artista para licenciar suas músicas no exterior. Em pouco tempo, LP alcançaria o topo das paradas musicais em 18 países – além da Grécia, a lista inclui países como França, Alemanha, Itália, Rússia, Turquia, Romênia e Israel – com o hit “Lost On You”, que atingiu mais de 1 bilhão de streams.

    Sobre o Brasil, país que visitaria pela primeira vez em 2020, ela afirmou: “É o ponto de vista de alguém de fora e ainda sem conhecimento, mas sinto que você não pode dizer que entende do universo musical se não conhece a música brasileira”. Quando a pandemia passar, garantiu: “Mal posso esperar para estar aí!”.

    Confira os principais trechos da entrevista com LP:

    Antena 1: Você está a poucos dias de sua primeira turnê global online, que vai acontecer no dia 1º de agosto. Quais são suas expectativas para a gravação?

    LP: Estou animada! É muito bom poder tocar com a minha banda e ver minha equipe depois de tantos meses. Parece que não tenho visto – ou pelo menos tocado – com esse pessoal há milhões de anos… Então, acho que vai ser realmente divertido. Espero que todo mundo assista e aproveite!

    Antena 1: O que seus fãs podem esperar desse show virtual?

    LP: Tudo de bom… Eu não vou conseguir tocar todas as minhas músicas, mas tem tanta coisa legal para tocar, inclusive minha nova música [“The One That You Love”]. Quem já esteve em algum show meu antes, vai gostar!

    Antena 1: E como foi gravar um clipe em meio à pandemia do novo coronavírus?

    LP: Foi um dia de gravação, das cinco da manhã às seis da tarde. Tivemos muitos desafios. Tudo foi feito respeitando as orientações de distanciamento social, usamos máscaras e tudo mais, mas foi difícil, quase não aconteceu. O diretor do clipe, Darren Craig, impulsionou todo mundo e foi ótimo gravar em um lugar arejado. 

    Antena 1: De onde veio a ideia para gravar o clipe no rancho Big Sky, em Simi Valley?

    LP: Definitivamente foi um lugar fácil para fazer o distanciamento social funcionar. E o lugar é lindo! Acho que casou com o clima da canção, a vibe de um novo começo comigo caminhando em direção ao desconhecido...  

    Antena 1: O que inspirou essa composição?

    LP: Meus relacionamentos sempre me inspiram… O amor não é uma coisa estática, tem seus altos e baixos. Sem dúvidas, eu sou uma pessoa emocional, temperamental. Meu coração transita por todos os lugares. E com o amor você nunca sabe onde vai chegar… Pode ser meio complicado na vida real às vezes, mas é ótimo para inspirar canções!

    Antena 1: O que mais você tem feito nesses tempos de quarentena?

    LP: Bem, a coisa que mais tenho feito não posso compartilhar, porque é segredo (risos)... Mas eu tenho escrito bastante, tocado guitarra, ukulele. Também tenho passeado bastante com meu cachorro, bebido muito vinho, feito algumas caminhadas durante a noite...

    Antena 1: Seu cachorro é super popular entre os fãs, inclusive…

    LP: Sim, ele é tão fofo! Eu me sinto como se tivesse cinco anos de idade quando estou passeando com ele, não consigo acreditar o quão fofo ele é...

    Antena 1: Tem alguma música que você tem escutado mais durante a pandemia?

    LP: Eu descobri um artista chamado Tamino, ele é da Bélgica e tem uma voz linda. As músicas dele são perfeitas para estes tempos que vivemos, falam sobre o desconhecido… E ele é como a versão belga do Jeff Buckley!

    Antena 1: Falando sobre música, o seu primeiro álbum é de 2001. Desde então, você lançou outros quatro. O que mudou entre a LP do início de carreira e a LP atual?

    LP: Tantas coisas mudaram… Mas principalmente minhas experiências, adotei novas perspectivas… Ter rodado o mundo me fez ver muita coisa ruim também, vi minha carreira seguindo em milhares de direções. Em alguns momentos, não tinha ideia de onde ela iria parar. Eu aprendi muito nessa vida e acho que isso ajuda inclusive nesse momento de pandemia, porque estou acostumada a esperar pela coisas... Nunca vivi uma experiência de satisfação instantânea na minha carreira, mesmo que eu quisesse. Mas, quando olho pra trás, sinto que aproveitei cada segundo. Eu sinto que entendo as coisas um pouco melhor agora. 

    Antena 1: E qual foi o episódio mais desafiador da sua carreira até hoje?

    LP: Acho que quando eu mostrei as músicas “Lost On You”, “Muddy Waters” e “Strange” para a Warner Brothers. Eles queriam ver se me manteriam na gravadora, mas acabaram me dispensando. Eu fiquei "Uau, ok", mas pensei em quanto podia ir além daquilo. Foi horrível, mas acabou se transformando na melhor coisa que já me aconteceu.

    Antena 1: Por quê?

    LP: Porque aí eu não tive que pagar de volta todo os milhões de dólares que eles investiram em mim. E ninguém nunca teria me escutado cantar "Lost On You" se eu continuasse lá, porque eles não iriam permitir que eu tocasse a música na Europa sem a gravadora. Essa situação acabou me ensinando que, às vezes, você acha que algo é ruim, mas acaba se transformando em algo bom. Acho que todos nós estamos lidando com o desconhecido e, no final, o desconhecido é nosso amigo. É só não colocar tanta pressão em você mesmo, fazer seu trabalho, dar o seu melhor e as coisas vão fluir do jeito que devem acontecer.

    Antena 1: E você está trabalhando em um novo álbum?

    LP: Sim! Eu não posso dizer que já está pronto, mas eu escrevi muitas músicas, tantas que daria para montar dois álbuns. Estamos nos preparando para produzir. Mal posso esperar para o que vem a seguir!

    Antena 1: O que tem inspirado esse novo projeto?

    LP: Minha vida no geral… As muitas cores e emoções que povoam meu coração, minha mente. Eu nunca me canso de escrever partindo de um lugar emocional. Você vai perceber isso quando ouvir!

    Antena 1: Já há uma previsão de quando poderemos ouvi-lo?

    LP: Acho que no começo do ano que vem, provavelmente em março...

    Antena 1: Antes da pandemia, um dos lugares que você visitaria era o Brasil, no festival Lollapalooza…

    LP: Sim, fiquei bem chateada com a suspensão. Estava muito animada para visitar o Brasil, que é o único país da América Latina onde ainda não fiz shows. O festival supostamente vai acontecer em dezembro, mas eu acho que não vai se concretizar… Imagino que só ano que vem.

    Antena 1: Tem alguma coisa sobre a cultura brasileira que te atrai?

    LP: Tenho muitos amigos no Brasil, amo a vivacidade dos fãs brasileiros! Também amo futebol. E é o ponto de vista de alguém de fora e ainda sem conhecimento, mas sinto que você não pode dizer que entende do universo musical se não conhece a música brasileira, sabe?

    Antena 1: Tem alguma música que você gostaria de dedicar aos seus fãs brasileiros?

    LP: Acho que “Girls Go Wild”, porque eu sempre me sinto bem e me divirto muito na América Latina!

    Antena 1: Quer deixar uma mensagem para eles?

    LP: Quero dizer que mal posso esperar para vê-los, e sinto muito que o Lollapalooza tenha sido adiado, mas assim que as coisas melhorarem estarei aí!

    1. Home
    2. noticias
    3. dona do hit lost on you lp …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.