alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Donald Trump reafirma os perigos do cigarro eletrônico

    O surgimento de uma doença misteriosa nos pulmões dos usuários tem preocupado.

    Placeholder - loading - news single img
    Cigarros eletrônicos (Foto: Pixabay)

    Publicada em  

    De acordo com informações da revista norte-americana Time, o presidente Donald Trump mostrou ser contra o uso do cigarro eletrônico, considerando que o crescente hábito é um "problema”. Seu secretário de saúde disse que o governo forçaria as empresas a remover produtos vaping com sabor do mercado, depois de relatos de centenas de casos de uma doença misteriosa relacionada ao produto nos EUA.

    "Não é apenas um problema geral, mas especificamente com respeito às crianças", disse Trump a repórteres na Casa Branca após uma reunião com conselheiros, incluindo o secretário de Saúde e Serviços Humanos, Alex Azar, e o comissário interino da Administração de Alimentos e Medicamentos, Norman Sharpless.

    "Podemos muito bem ter que fazer algo muito, muito forte sobre isso", disse Trump.

    Azar disse que o FDA em breve emitirá orientações regulatórias, permitindo à agência remover produtos vaping com sabor que, acredita-se, atraem um público mais novo. Cinco milhões de jovens estão usando produtos de cigarro eletrônico, disse Azar, chamando isso de uma tendência "alarmante".

    Mais de 450 casos da condição respiratória foram relatados neste mês, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. A gravidade dos casos varia, mas seis pessoas morreram.

    Em todo o país, os médicos já viram centenas de casos em que pacientes - geralmente jovens e adultos saudáveis - apareceram na sala de emergência, subitamente atingidos por danos respiratórios perigosos.

    Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA disseram que qualquer pessoa que use um dispositivo vape deve considerar parar enquanto as autoridades de saúde pública investigam a causa da doença. O CDC disse na sexta-feira que os casos de lesão pulmonar estão aparecendo com mais frequência em pessoas que usam produtos vaping contendo THC, o principal ingrediente psicoativo da cannabis.

    As autoridades estaduais de saúde de Nova York apontaram o acetato de vitamina E como um provável culpado. Embora seja considerado inofensivo quando usado como suplemento nutricional, pode causar riscos quando inalado e foi encontrado em alguns produtos, disseram autoridades de saúde de Nova York.

    Na Antena 1 o assunto já foi abordado aqui.

    1. Home
    2. noticias
    3. donald trump reafirma os …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.