alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Especialistas argentinos dão dicas de como baixar os triglicérides

    Valores elevados podem significar aumento do risco de doenças cardiovasculares

    Por Larissa Valença

    Placeholder - loading - news single img

    De acordo com profissionais da Argentina, é comum que as pessoas não saibam o que são os Triglicérides, um tipo de gordura (lípido) o qual se encontra no sangue.

    Ao comer, o organismo converte as calorias que não precisa em Triglicérides de forma imediata. Segundo um artigo americano de especialistas da Clínica Mayo, se alguém consome mais calorias do que queima, é possível que tenha nível alto do índice. Para saber o valor, basta fazer um simples exame de sangue. 

    Pensando em quem quer reduzir os Triglicérides, a Sociedade Argentina de Lípidos fez um guia com 6 recomendações para atingir esse objetivo.

    Primeiramente é crucial saber o porquê controlá-lo. Níveis altos de triglicérides podem favorecer o endurecimento e engrossamento das artérias, o que aumenta o risco de sofrer de ACV,  infartos e outras doenças relativas ao coração. Além de que pode estar associado à obesidade, diabetes tipo 2 mal controlada, hipotiroidismo, e doenças renais ou hepáticas.

    O mais positivo dessa história é que tentar manter valores normais está relacionado, muitas vezes, ao empenho da própria pessoa. Pois requer alteração ou manutenção de certos hábitos de vida os quais impactam diretamente na saúde. Em alguns casos, é necessário tomar uma medicação específica prescrita pelo médico. 

    Indicações

    1- O recomendado é tentar reduzir o peso. No caso de obesos devem perder entre 2,3 kg e 4,5 quilos.

    2- O indicado é consumir menos calorias.

    3- O ideal é evitar a ingestão de alimentos com açúcar ou ingredientes refinados. É crucial ter cuidado com o consumo de carboidratos simples, como o açúcar e os produtos feitos com farinha branca, pois eles elevam o nível do triglicérides.

    4- Os profissionais afirmam que gorduras mais saudáveis devem ser escolhidas. Ou seja, troque a gordura saturada das carnes pelas gorduras monoinsaturadas, as quais são mais saudáveis e podem ser encontradas, por exemplo, em produtos de origem vegetal, como no azeite de oliva e até mesmo no amendoim. Substitua a carne vermelha por peixe, os quais contêm ômega-3, o salmão é um dos recomendados.

    5- É fundamental diminuir o consumo de álcool, que possui calorias e açúcar, repercutindo, então, nos triglicérides. Segundo os especialistas do país latino-americano, é possível que até mesmo a ingestão leve de álcool aumente o nível de triglicérides.

    6- Outra valiosa recomendação é: se exercitar. O ideal é fazer no mínimo 30 minutos de atividade física, preferencialmente, todos os dias da semana. A prática de exercícios físicos ajuda a regular o nível de triglicérides e além disso auxilia a elevar o colesterol bom. Os argentinos ainda sugerem que no caso de não ter meia hora disponível na agenda, o ideal é criar esse espaço, dividindo as atividades em séries de 10 minutos. Nesse período, as dicas são tentar se empenhar e realizar uma caminhada curta, ou até mesmo subir as escadas do trabalho. Outra saída é: enquanto assiste tevê ou escuta rádio, faça abdominais ou flexões de braços.

    1. Home
    2. /
    3. noticias
    4. /
    5. especialistas argentinos dao …
    6. /

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.