alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Estudo no Reino Unido revela como antidepressivos funcionam

    Os resultados foram animadores para médicos e pacientes.

    Placeholder - loading - news single img
    Cartelas de remédios (Foto: Pixabay)

    2660

    Publicada em  

    Um antidepressivo comumente prescrito reduz a ansiedade primeiro e tem um efeito menor nos sintomas depressivos semanas depois, sugere um estudo. Pesquisadores da University College London disseram que isso faz as pessoas se sentirem melhor, mas trabalham de maneiras inesperadas.

    O estudo envolveu 653 pacientes do Reino Unido, metade dos quais recebeu sertralina e a outra metade um placebo.

    Os psiquiatras dizem que os resultados são tranquilizadores para médicos e pacientes, confirmando os benefícios do tratamento.

    Os antidepressivos são um dos medicamentos mais comumente prescritos no Reino Unido e muitas vezes têm sido levantadas preocupações de que muitos estão sendo danosos aos pacientes.

    A sertralina, um inibidor seletivo da recaptação de serotonina, é um dos medicamentos mais comuns usados ??no tratamento dos sintomas de depressão e ansiedade. Mas os cientistas ainda têm pouca ideia de como esse tipo de medicamento funciona.

    Melhorias rápidas

    Neste estudo, publicado na revista The Lancet Psychiatry, pacientes com sintomas depressivos leves a graves, ou ansiedade, ou uma mistura de ambos, foram selecionados e inscritos no estudo.

    Após seis semanas, os pacientes que tomaram sertralina relataram uma melhora 21% maior nos sintomas de ansiedade - como se sentir preocupado, nervoso e irritado - em comparação com o grupo controle que tomava o placebo. Após 12 semanas, a diferença foi de 23%.

    Mas havia poucas evidências de que a droga reduzisse os sintomas depressivos, como baixa concentração, humor depressivo e falta de prazer após seis semanas – aparecendo apenas uma pequena melhora, de 13%, após12 semanas.

    No entanto, o grupo que tomou antidepressivos teve duas vezes mais chances de dizer que sua saúde mental era melhor no geral.

    "Parece que as pessoas que tomam o medicamento estão se sentindo menos ansiosas, então se sentem melhor em geral, mesmo que seus sintomas depressivos sejam menos afetados", disse a principal autora do estudo, Dra. Gemma Lewis, da UCL.

    Ela disse que os resultados sugerem que a sertralina e antidepressivos semelhantes estão sendo usados ??corretamente pelos médicos – e mais pacientes com sintomas leves a moderados podem se beneficiar deles.

    O estudo constatou que também havia pouca evidência de efeitos colaterais no grupo que tomou sertralina.

    Wendy Burn, presidente do Royal College of Psychiatrists, disse que as descobertas seriam "tranquilizadoras para médicos e pacientes". Mas ela acrescentou: "Isso também mostra que os antidepressivos não são a solução para todos e reforça a importância de combiná-los com outras opções, como terapias de fala e prescrição social".

    As informações são da BBC News.

    Para saber mais sobre a depressão, neste Setembro Amarelo a Antena 1 tirou as principais dúvidas sobre o assunto com uma especialista aqui.

    1. Home
    2. noticias
    3. estudo no reino unido revela …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.