alexametrics
Conectando

    Estudo revela que obesidade cresce cada vez mais, configurando uma epidemia

    O excesso de peso está relacionado a taxas elevadas de doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de câncer.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Mais de uma em cada 10 pessoas em todo o mundo são obesas, de acordo com um grande estudo internacional divulgado na Conferência de Estocolmo.

    A obesidade mais que dobrou em 73 países e aumentou em outros lugares do mundo desde 1980, quando foi lançado o estudo, publicado na revista médica New England Journal of Medicine.

    Realizada em quase 200 países ao longo de 35 anos, a pesquisa apresentada em uma conferência em Estocolmo é considerada a mais abrangente já realizada sobre o tema da obesidade.

    Na conclusão do estudo, em 2015, 107,7 milhões de crianças e 603,7 milhões de adultos em todo o mundo foram considerados obesos, o que configura, segundo os autores, “uma crescente e perturbadora crise global de saúde pública”.

    A taxa de obesidade em crianças, ainda que tenha permanecido mais baixa do que entre os adultos, aumentou a um ritmo mais rápido durante o período do estudo.

    “O excesso de peso corporal é um dos problemas de saúde pública mais desafiadores do nosso tempo, afetando quase uma em cada três pessoas”, disse Ashkan Afshin, autor principal do estudo e professor assistente de saúde global na Universidade de Washington, em Seattle.

    Acredita-se que 2,2 bilhões de pessoas eram obesas ou tinham sobrepeso em 2015. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou o número de pessoas com excesso de peso em 1,9 bilhão em 2014, incluindo mais de 600 milhões de obesos.

    O excesso de peso está relacionado a taxas elevadas de doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de câncer.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.