Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    EXCLUSIVO-Distribuidoras de energia notificam geradores sobre força maior após coronavírus

    Placeholder - loading - Cabos de distribuição de energia em São Paulo (SP)  23/06/2014 REUTERS/Nacho Doce
    Cabos de distribuição de energia em São Paulo (SP) 23/06/2014 REUTERS/Nacho Doce

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Luciano Costa

    SÃO PAULO (Reuters) - Distribuidoras de energia elétrica, incluindo empresas da italiana Enel, da Equatorial Energia e a fluminense Light, enviaram a geradores notificações sobre evento de força maior que pode afetar o cumprimento de contratos, devido à pandemia de coronavírus, segundo documentos vistos pela Reuters e duas fontes com conhecimento do assunto.

    Os avisos vêm em meio a preocupações das distribuidoras com possíveis problemas de caixa em meio à forte redução do consumo de eletricidade causada pelas medidas de combate ao vírus e por expectativas de elevada inadimplência como consequência de efeitos da epidemia sobre a economia e a renda da população.

    Concessionárias de distribuição controladas pela Enel avisaram a geradores com quem possuem contrato que, em meio a esse cenário, 'estima-se necessário proceder oportunamente a redução temporária dos volumes de energia contratados... e dos correspondentes custos contratuais', de acordo com notificação vista pela Reuters.

    'Entendemos que tal redução poderá ser proporcional à queda de mercado, à redução da arrecadação e ao aumento da inadimplência experimentada pela compradora, que vêm afetando as suas contas', afirmam nos avisos as elétricas Enel São Paulo, Enel Rio, Enel Goiás e Enel Ceará.

    As empresas acrescentaram que 'dados e extensão' de eventual redução contratual serão reportados 'tão logo possível'.

    Procurada, a Enel disse em nota à Reuters que 'enviou uma notificação às suas principais contrapartes no mercado de energia, informando que está realizando uma análise de seus contratos e da atual situação'.

    'Portanto, a empresa está sinalizando a necessidade de manter um diálogo constante com todos os agentes do mercado, de forma a mitigar o cenário atual de menor consumo', acrescentou.

    A Equatorial, responsável pela distribuição de energia elétrica nos Estados do Maranhão, Pará, Alagoas e Piauí, disse em nota à Reuters que as distribuidoras do grupo notificaram, em 31 de março, os geradores e comercializadores sobre possíveis efeitos danosos decorrentes da pandemia da Covid-19, 'caracterizando a mesma como um caso de força maior que pode levar a um desequilíbrio dos respectivos contratos'.

    'Vale frisar que a notificação tem caráter preventivo e que as distribuidoras do grupo mantêm seus esforços em busca de uma solução sistêmica para as consequências derivadas desta pandemia, com equilíbrio para todos: sociedade e setor', acrescentou.

    A Light não respondeu de imediato a pedidos de comentário sobre as notificações.

    O movimento das elétricas vem em momento em que a associação que representa investidores em distribuição, Abradee, conversa com o governo para pedir medidas de apoio financeiro ao segmento devido às perdas esperadas com o coronavírus.

    Uma das alternativas em estudo nas conversas entre a Abradee e o Ministério de Minas e Energia envolveria a viabilização pelo governo de empréstimos emergenciais para distribuidoras, conforme publicado pela Reuters na segunda-feira.

    As interações com o governo são citadas pela Enel na notificação enviada aos fornecedores de energia.

    'Estamos inclusive mantendo interlocução com as autoridades do setor elétrico, empenhados em buscar uma solução sistêmica para o problema atualmente enfrentado', afirma a italiana, que disse também ter notificado a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre o evento de força maior.

    Procurada, a Aneel não quis comentar o assunto.

    GERADORES REAGEM

    A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), que representa empresas com usinas de biomassa que venderam energia a distribuidoras, fez duras críticas aos avisos de força maior no setor.

    'Sob o ponto de vista jurídico, as notificações ignoram os pressupostos legais para alegação de força maior e pretendem criar uma verdadeira licença para não pagar', afirmou a entidade em nota nesta quarta-feira, sem citar empresas.

    A Associação Brasileira de Energia Limpa (Abragel), que reúne investidores em usinas renováveis, principalmente pequenas hidrelétricas, disse que os avisos geram preocupação devido aos possíveis impactos financeiros sobre geradores.

    'É evidente que há uma preocupação de todos com as distribuidoras, porque elas são o primeiro elo da receita do setor, onde se dá a arrecadação. Mas ficamos um pouco surpresos com essa movimentação. Evidente que ninguém gostou... tem que haver uma preocupação com o equilíbrio do setor como um todo', disse à Reuters o presidente da entidade, Charles Lenzi.

    Ele adicionou que geradores que receberam os avisos estão agora avaliando como proceder.

    Os contratos entre distribuidoras e empresas de geração são fechados em leilões de energia promovidos pelo governo federal e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

    Os recebíveis desses contratos de longo prazo, com duração de até 30 anos, costumam ser utilizados pelas elétricas como garantia para obtenção de financiamentos juntos a bancos.

    (Por Luciano Costa)

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia 6 músicas internacionais que têm samples de outras canções

    6 músicas internacionais que têm samples de outras canções

    Sample é um termo bastante conhecido no mundo da música, especialmente por compositores, cantores e gravadoras. Mas a verdade é que isso talvez seja algo que esteja guardado apenas para os profissionais da área. Sendo assim, esta matéria foi preparada para informar o leitor, com uma linguagem fácil para todos tenham conhecimento.

    A criação de uma música é muito mais complicada e detalhada do que o ouvinte comum acha. O glamour para os cantores e bandas, como premiações, discos de ouro e platina são apenas o final de um trabalho longo e extenso. Como, sabemos que para uma produção de música, uma equipe com vários profissionais é acionada.

    Para entender o sample, devemos voltar lá na origem do artificio, que teve notoriedade na década de 80, justamente com o crescimento das músicas eletrônicas e os arranjos, em versões de remix.

    Por mais moderno que possa parecer, uma técnica de samplear as faixas musicais são muito mais antigas do que pensamos. As primeira tentativas e estudos originaram o termo, surgiram na década de 40.

    Os franceses teóricos da música Pierre Schaefer e Pierry Henry, foram os pioneiros na preparação da chamada Musique Concrèt, que em resumo é arte de modificar um som.

    Como o próprio diz, o significado de Sample, do inglês para o português é basicamente “amostra”, e essa amostra é uma forma utilizada pelos produtores, em uma criação musical. Diferente do remix, o sample é uma base de um faixa já existente. Para deixar mais fácil para o entendimento.

    Quando um musico pega um violão para compor as primeiras notas de uma obra, ele levará para uma gravadora e produtor musical, e incluir aquele curto trecho instrumental na canção. Essa gravação do violão é uma amostra fica gravada, para o inicio da criação.

    O Sample não está limitado apenas nas gravações instrumentais, mas as vozes são muito presentes também. Muitos produtores usam de uma musica já existente para a elaboração de uma nova.

    Por isso, em algumas situações, é notório quando o ouvinte aprecia uma canção, e assemelha a mesma com outra. Assim, ‘samplear’ pode ser considerado uma forma de homenagear o criador.

    Músicas que utilizam sample

    Madonna - 'Hung Up'

    Do ritmo conhecido e apreciado por muitos, o single ‘Gimme ,Gimme, Gimme’ da banda aclamada ABBA, a diva Madonna, não economizou na homenagem ao grupo sueco. ‘Hung Up’ virou de fato um sucesso em 2005, e talvez poucos sabiam dessa similaridade.



    Confira a versão do ABBA:



    Beyoncé - 'All Night'

    A base feita pela estrela Beyoncé em ‘All Night’ foi de fato uma bela combinação com ‘Spottieottiedopaliscious’. A canção original veio da dupla de rappers americanos, Outkast.



    Confira a versão da dupla Outkast:



    Jennifer Lopez - 'Jenny From The Block'

    O grupo americano de hip hop, The Beatnuts, emprestou um de seus exemplares, ‘Watch Out Now’, para a cantora, compositora e atriz Jennifer Lopez. A batida presente na canção da J.Lo é mais um exemplo da utilização do sample. E vale ressaltar que isso não falta de criatividade, e sim uma admiração e homenagem.



    Confira a versão do grupo The Beatnuts:



    Ariana Grande - '7 Rings'

    Ariana Grande voltou ao passado e utilizou 'My Favorite Things', do clássico 'A Noviça Rebelde' em sua música "7 Rings".    

    17 H
    1. Home
    2. noticias
    3. exclusivo distribuidoras de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.