Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Hit de Whitney Houston ultrapassa 1 bilhão de acessos no YouTube

    Regravado pela cantora em 1992, “I Will Always Love You” foi criado para a trilha sonora do filme “The Bodyguard” (O Guarda-Costas, em português)

    Placeholder - loading - news single img
    Getty Images/Reprodução

    Publicada em  

    O clipe da música “I Will Always Love You” (1992), um dos maiores sucessos de Whitney Houston, alcançou nesta segunda-feira (26) a marca de 1 bilhão de visualizações no YouTube. Originalmente escrita e gravada por Dolly Parton em 1973, a versão da cantora de Nova Jersey virou um fenômeno ao entrar para a trilha sonora do filme “The Bodyguard” (O Guarda-Costas, em português), em 1992. 

    Veja também: Whitney Houston: Sony ganha disputa para produzir cinebiografia da artista 

    O feito marca a primeira vez que um artista solo dos anos 1990 atinge um bilhão de visualizações na plataforma de vídeos. Entre as bandas que já alcançaram esse recorde, estão Guns N’ Roses (“November Rain”, 1991), Nirvana (“Smells Like Teen Spirit”, 1991) e The Cranberries (“Zombie”, 1993).

    Dirigido pelo pseudônimo Alan Smithee, o videoclipe mistura cenas da performance de Houston com trechos do filme que ela estrelou ao lado de Kevin Costner, em 1992. Relembre abaixo:

    Cinebiografia

    Em agosto deste ano, após uma longa disputa com serviços de streaming e estúdios de Hollywood, a multinacional Sony, por meio da subsidiária TriStar Pictures, ganhou o direito de produzir a cinebiografia que vai homenagear a artista. Intitulada “I Wanna Dance With Somebody” – nome do primeiro single e um dos maiores hits da diva pop –, a obra tem previsão de estreia para 2022. 

    De acordo com informações do site Deadline, o estúdio já tem data marcada para o lançamento do filme: o Dia de Ação de Graças, celebrado nos Estados Unidos em 26 de novembro. 

    Anunciado em abril, o longa-metragem terá direção da canadense Stella Meghie, conhecida por seus trabalhos em “A Fotografia” (2020) e “Tudo e Todas as Coisas” (2017); e roteiro e produção de Anthony McCarten, especialista em cinebiografias indicado a quatro prêmios no Oscar pelos filmes “Dois Papas” (2019), “O Destino de uma Nação” (2018) e “A Teoria de Tudo” (2015). 

    À revista norte-americana online, os produtores descreveram a visão que pretendem dar ao filme como uma “celebração alegre, emocional e comovente da vida e da música da maior vocalista pop de R&B de todos os tempos, acompanhando sua jornada da obscuridade ao estrelato musical”. Eles também disseram que não irão ignorar o fim trágico de Houston – morta em 2012, aos 48 anos, depois de se afogar em uma banheira por sofrer uma overdose acidental de cocaína –, mas que o seu legado será o foco da produção. 

    Embora seja muito franca com o preço que o estrelato exigiu, [a cinebiografia] será a saga rica e complexa da busca pelo casamento perfeito entre música, cantora e público e, ao mesmo tempo, a história comovente de uma simples garota de Jersey tentando encontrar o caminho de volta para casa", explicaram.

    1. Home
    2. noticias
    3. hit de whitney houston …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.