alexametrics
Conectando

    Medicamentos com a substância são frequentemente indicados para dores e febre.

    Ibuprofeno durante a gravidez causa danos a fetos do sexo masculino

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    Equipe do Instituto de Saúde e Pesquisa Médica da França descobriu que o ibuprofeno pode causar malefícios ao feto do sexo masculino. Os especialistas concluíram que a molécula presente em alguns aintiinflamatórios pode provocar má formação dos sistemas genitais e reprodutivos do feto a partir do primeiro trimestre de gravidez. 

    A medicação, que já era contra-indicada às grávidas, também pode prejudicar o coração e os rins do feto a partir do sexto mês de gestação. 

    De acordo com os cientistas, o uso de ibuprofeno durante o primeiro um terço da gravidez "suprimem a produção de diferentes hormônios testiculares, incluindo a testosterona, que controla as características sexuais primárias e secundárias e a descida testicular".

    Testes foram realizados com ratos a fim de estudar os efeitos de ibuprofeno no testículo do feto. Bernard Jégou, diretor de pesquisa do Inserm e coordenador do estudo, adverte também contra a mistura de diferentes analgésicos: "Tudo indica que se houver combinação de paracetamol e/ou aspirina e/ou ibuprofeno durante determinados períodos de gravidez, existe um risco de desenvolvimento do sistema urogenital da criança". Outros especialistas também recomendam evitar o uso contínuo de ibuprofeno até o início do sexto mês de gestação. 

    O ibuprofeno é comumente prescrito como analgésico capaz de aliviar dores de cabeça, febre ou dor nas articulações, costas, músculos, odontologia ou ginecológico.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

     

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.