alexametrics
Conectando

    Mas os nutricionistas dizem que mesmo as crianças criadas em dietas veganas também podem ser completamente saudáveis.

    Incluir leite e ovos na dieta dos bebês pode ajudar no crescimento

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    De acordo com novo estudo publicado no periódico científico Pediatrics, oferecer ovos e laticínios para crianças a partir dos seis meses ajuda no crescimento e evita a atrofia relacionada à desnutrição. Pode parecer cedo, mas os alimentos não aumentaram o risco de reações alérgicas.

    A equipe de pesquisa comparou o crescimento e os padrões alimentares de mais de 150 crianças, entre seis e nove meses de idade, do Equador. Por seis meses, metade delas comeu um ovo diariamente, enquanto as outras não receberam nenhuma dieta específica.

    No final do teste, os bebês da dieta com ovos apresentaram 47 por cento menos chances de ter desnutrição associada ao crescimento e 74 por cento menos chances de estarem abaixo do peso para a idade comparadas aquelas que não consumiram ovo com a mesma regularidade.

    Segundo Lora Iannotti, professora de saúde pública na Universidade Washington em St. Louis, tanto os ovos quanto o leite de vaca são fontes naturais de proteínas, gorduras, vitaminas e minerais prontos.

    Em países em desenvolvimento, o consumo desses alimentos pode ajudar a combater a desnutrição, já que são amplamente disponíveis e mais baratos do que carnes.

    “O alimento faz parte da dieta dos Homo sapiens há muito tempo, então podemos até estar geneticamente predispostos a absorver seus nutrientes de forma mais eficiente”, explicou Lora.

    Também foram descobertos outros benefícios no consumo de ovos. Quando as crianças comiam um ovo por dia, consumiam menos alimentos açucarados do que as do grupo controle. “Nós não sabemos se eram as crianças que se sentiam saciadas ou se os pais as alimentavam menos. Mas seja qual for o motivo, é uma descoberta positiva”, disse Lora.

    Os estudo não significam que bebês devem ser alimentados com leite e ovos para crescer, até porque algumas crianças podem ter alergias ou intolerâncias. Os nutricionistas dizem que mesmo as crianças criadas em dietas veganas podem ser completamente saudáveis e, inclusive, desenvolver melhores hábitos alimentares a longo prazo. No entanto, essas dietas podem apresentar desafios para os pais ao se certificar obtendo os nutrientes necessários.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.