Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Medicamento utilizado em Portugal pode ajudar no combate ao alcoolismo

    A cetamina é utilizada como anestésico na Europa.

    Placeholder - loading - news single img
    Cartelas de remédios (Foto: Pixabay)

    Publicada em  

    Segundo matéria da BBC News, uma única dose de cetamina pode ajudar os consumidores a reduzir o álcool. Foi o que sugeriu um estudo experimental da University College London. Quando o sedativo foi usado para perturbar as memórias das pessoas sobre o motivo pelo qual eles queriam beber, eles beberam menos e seu desejo de beber diminuiu ao longo de nove meses.

    Os pesquisadores dizem que a cetamina pode ser um tratamento útil para o alcoolismo e outros vícios. Especialistas disseram que as descobertas são dignas de mais investigações.

    O que é cetamina?

    A cetamina é amplamente utilizada no Sistema Nacional de Saúde (SNS) de Portugal como anestésico, sedativo e analgésico. A droga também é comumente usada em animais.

    Por causa de seus efeitos alucinógenos, também é considerado um medicamento recreativo – mas pode causar sérios danos ao corpo e ser fatal se usado dessa maneira. A cetamina é classificada pelo governo como uma droga de classe B, o que significa que é ilegal consumir, transportar, fabricar ou vender.

    Entre os riscos do uso recreativo estão:

    sérios problemas da bexiga

    confusão

    problemas de memória

    paralisia dos músculos

    alucinações

    depressão

    flashbacks

    O que o estudo encontrou?

    O estudo envolveu 55 homens e 35 mulheres que bebiam cerca de 30 litros de cerveja por semana – cinco vezes o limite recomendado. Mas os participantes não haviam sido diagnosticados com dependência de álcool e não estavam recebendo tratamento.

    Primeiro, foram mostradas fotos de cerveja e outras bebidas para avaliar seu desejo de beber e o prazer que isso lhes daria e, em seguida, uma cerveja.

    Em seguida, eles foram divididos em dois. O processo foi repetido, mas em vez de uma cerveja, eles receberam uma pequena dose de cetamina através de um gotejamento intravenoso. Na terceira vez, em vez de uma cerveja, eles receberam um placebo.

    Durante os nove meses seguintes, todos os três grupos conseguiram reduzir o consumo de bebida.

    Mas o primeiro grupo teve a maior melhoria geral: reduzindo sua ingestão de álcool pela metade; bebendo em menos dias, e quando toma uma cerveja pequena, com menos vontade de beber e aprecia menos.

    O que dizem os especialistas?

    Matt Field, professor de psicologia da Universidade de Sheffield, disse que os resultados foram "promissores" e "dignos de mais investigações". Mas "uma investigação mais aprofundada com um tamanho de amostra maior" foi necessária para apoiar as alegações de uso de cetamina para reescrever memórias de recompensa, levando a reduções duradouras sem precedentes no consumo de álcool.

    Celia Morgan, professora de psicofarmacologia da Universidade de Exeter, disse que a cetamina é uma substância viciante e associada a danos à bexiga e ao risco de acidentes, por isso precisamos ser cautelosos ao usá-la em grupos propensos a comportamentos viciantes.

    1. Home
    2. noticias
    3. medicamento utilizado em …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.