alexametrics
Conectando

    Haverá altas de 59 por cento nas turbulências leves, 94 por cento nas turbulências moderadas e 149 por cento nas turbulências severas.

    Mudanças climáticas deixarão os voos mais turbulentos, afirma estudo

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    Se você já tem medo de andar de avião, más notícias: as mudanças climáticas devem causar mais turbulências durante os voos. A conclusão é do estudo de Paul D. Williams, um cientista da Universidade de Reading, no Reino Unido. 

    As turbulências acontecem por causa de alterações na velocidade e direção do ar quando duas correntes diferentes se encontram. Como o aquecimento global não atinge todo o planeta igualmente, as diferenças de temperatura podem se acentuar tanto no chão como em grandes altitudes – causando voos menos tranquilos.

    A previsão não é nova e já estava sendo discutida entre especialistas. A novidade do estudo, contudo, é que ele calculou os aumentos na frequência de cada tipo de turbulência.

    O resultado: altas de 59 por cento nas turbulências leves, 94 por cento nas turbulências moderadas e 149 por cento nas turbulências severas.

    “Uma intensificação da turbulência de ‘ar limpo’ pode ter consequências importantes para a aviação. A turbulência causa danos às aeronaves e é a causa por trás do medo que muitas pessoas tem de viajar de avião”, diz o estudo.

    Vale lembrar que as turbulências calculadas por Williams estão relacionadas não ao tempo ruim em si, mas sim a mudanças nas correntes das quais os pilotos não são capazes de desviar.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.