alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Mulheres com mais de 40 anos não têm dormido o suficiente

    Períodos de mudanças hormonais deixam as mulheres particularmente vulneráveis a distúrbios do sono.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Uma pesquisa americana revelou que mulheres com mais de 40 anos não estão dormindo o suficiente. Segundo o estudo, uma em cada três mulheres na faixa etária de 40 a 59 anos dormem menos de sete horas por noite, e uma a cada cinco relataram dificuldades em adormecer em quatro ou mais noites por semana.

    Mais de um quarto das entrevistadas revelaram que, em quatro ou mais noites na semana, enfrentam dificuldade em continuar dormindo após adormecerem, e quase metade disseram que não acordam se sentindo descansadas em pelo menos quatro dias por semana.

    A National Sleep Foundation, organização sem fins lucrativos dedicada ao estudo do sono, recomenda que adultos de 18 a 64 anos durmam de sete a nove horas por noite. Para adolescentes, o ideal é de oito a dez horas, e para quem tem 65 anos ou mais, de sete a oito horas.

    A autora do estudo, Anjel Vahratian, ressalta que a falta de sono está associada ao aumento do risco de doenças cardiovasculares e diabetes. Diferentes estudos indicam que distúrbios do sono podem levar a resistência à insulina e aumento das taxas de glicose no sangue.

    No caso de doenças cardiovasculares, a neurologista Sandhya Kumar, especialista em sono do centro médico acadêmico Wake Forest Baptist Medical Center, em Winston-Salem, na Carolina do Norte, disse que diversos estudos mostram que a apneia do sono (obstrução das vias aéreas durante o sono) afeta a pressão arterial e o coração.

    Vahratian diz que períodos de mudanças hormonais, como as relacionadas à transição para a menopausa, deixam as mulheres particularmente vulneráveis a distúrbios do sono.

    Entre as participantes do estudo, 74,2 por cento estavam na pré-menopausa, 3,7 por cento na perimenopausa (no estudo, o termo se refere a mulheres que não menstruam mais e registraram o último ciclo há menos de um ano) e 22,1 por cento na pós-menopausa (última menstruação há mais de um ano ou que passaram por cirurgia para remover os ovários).

    Vários fatores podem ter papel nos distúrbios no sono enfrentados por mulheres nessa faixa etária, incluindo as ondas de calor e outros sintomas associados às mudanças hormonais da menopausa.

    Para uma boa noite de sono, é recomendado um ambiente fresco e bem ventilado, evitar fumar, não consumir álcool perto do horário de dormir nem cafeína após às 13 horas.

    Também é recomendado desligar a TV, o celular e outros aparelhos eletrônicos e ir para a cama somente quando estiver com sono e usar o quarto apenas para dormir. E ficar de olho no relógio pode gerar mais ansiedade.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

     

    1. Home
    2. /
    3. noticias
    4. /
    5. mulheres com mais de 40 anos
    6. /

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.