alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Não há dúvida sobre correção de dados do Deter e Prodes sobre desmatamento, diz ministro

    Placeholder - loading - news single img
    Ministro Marcos Pontes conversa com presidente Jair Bolsonaro, observado pelo vice-presisente Hamilton Mourão, durante cerimônia no Palácio do Planalto no ano passado 08/10/2019 REUTERS/Adriano Machad

    Publicada em  

    BRASÍLIA (Reuters) - O ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, afirmou que não há dúvidas sobre a correção dos números de desmatamento no país dos sistemas Deter e Prodes, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e reafirmou que a pesquisadora Lúbia Vinhas, ex-coordenadora-geral de Observação da Terra, não foi demitida.

    Pontes convocou uma entrevista para apresentar a reestruturação do Inpe que, segundo ele, vem sendo trabalhada desde o ano passado. Dentro dessas mudanças, Lúbia, segundo o ministro, assumirá a coordenação de um projeto especial chamado de Base de Informações Georrefenciadas, que reunirá toda a base de dados do Inpe.

    'Não existe dúvida hoje sobre os números do Deter e do Prodes serem corretos e nem da transparência que temos na divulgação', disse o ministro.

    Marcos Pontes garante que a equipe que cuida do análise de desmatamento continua a mesma, sob a coordenação de Cláudio Almeida e Lúbia foi deslocada porque seu currículo --ela é doutora em matemática aplicada-- se encaixava nessa nova função criada na reestruturação.

    'O Inpe está fazendo um trabalho magnífico e ele vai se estender, tanto em qualidade quanto amplitude', disse o ministro.

    Pontes afirmou que a exoneração da pesquisadora nesse momento --apenas três dias depois dos dados de desmatamento do Deter mostrarem o 14º crescimento seguido-- foi um 'mal entendido'.

    'Talvez se tivesse prestado mais atenção, tivesse esperado um pouco mais para fazer (a exoneração)', disse Pontes.

    (Reportagem de Lisandra Paraguassu)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. nao ha duvida sobre correcao …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.