Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    'Os 7 de Chicago' e Chadwick Boseman são consagrados no SAG Awards

    Placeholder - loading - news single img
    Ator Chadwick Boseman, ganhador do SAG Awards, que morreu no ano passado 06/06/2019 REUTERS/Monica Almeida

    Publicada em  

    Por Jill Serjeant

    LOS ANGELES (Reuters) - O drama de tribunal 'Os 7 de Chicago' e o filme de época de jazz 'A Voz Suprema do Blues' foram os grandes vencedores da premiação do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG, na sigla em inglês), uma das últimas grandes cerimônias de Hollywood antes do Oscar.

    Tendo como pano de fundo um protesto contra a Guerra do Vietnã em 1968, 'Os 7 de Chicago' levou o prêmio de melhor elenco pelas atuações de nomes como Sacha Baron Cohen, Eddie Redmayne, Frank Langella e Mark Rylance.

    Langella atribuiu a vitória ao roteirista e diretor Aaron Sorkin, dizendo que sua 'voz é a alma deste filme'.

    Todos os quatro vencedores nas categorias de atuação foram não brancas, a primeira vez que isto acontece nos 27 anos de história do SAG.

    Chadwick Boseman, que morreu de câncer no ano passado aos 43 anos, recebeu mais um prêmio por seu último papel, um ambicioso trompetista dos anos 1930 em 'A Voz Suprema do Blues'. A conquista de domingo o colocou como franco favorito ao que seria seu primeiro Oscar, no dia 25 de abril.

    Ao receber o prêmio em seu nome, sua viúva, Simone Ledward Boseman, citou uma frase do próprio ator: 'Se você vê o mundo desequilibrado, seja um cruzado que se inclina com força na gangorra da mente'.

    Viola Davis foi premiada como melhor atriz por sua interpretação de uma diva do jazz em 'A Voz Suprema', derrotando as favoritas Frances McDormand, por 'Nomadland', e Carey Mulligan, pelo drama 'Bela Vingança'.

    'Minari', a história sul-coreana de uma família de imigrantes lutando para sobreviver no Arkansas dos anos 1980, trouxe um prêmio de atriz coadjuvante para a veterana sul-coreano Youn Yuh-jung como uma avó rabugenta.

    O ator britânico Daniel Kaluuya venceu por seu papel de coadjuvante como o falecido ativista dos Panteras Negras Fred Hampton em 'Judas e o Messias Negro'.

    Os prêmios SAG, escolhidos por membros do sindicato de atores, são acompanhados atentamente porque os atores são o maior grupo de eleitores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que organiza o Oscar.

    O êxito de 'Os 7 de Chicago' aumentou suas chances de levar a estatueta de melhor filme em um ano no qual 'Nomadland', produção sobre a recessão nos tempos modernos, triunfou em muitas das premiações que antecedem o Oscar.

    Por causa da pandemia de coronavírus, a cerimônia deste ano do SAG foi reduzida de um jantar de gala a uma apresentação de uma hora, realizada remotamente e salpicada de piadas sobre como os atores ocuparam o tempo livre durante o lockdown ou deram impulso às suas carreiras.

    Helen Mirren falou de um encontro com um urso durante a pandemia, Sterling K. Brown demonstrou suas habilidades de malabarista e Jimmy Fallon tocou gaita.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. os 7 de chicago e chadwick …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.