Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Ouça "Spell My Name", novo álbum de Toni Braxton

    Obra segue “Sex and Cigarettes”, lançado pela cantora em março de 2018

    Placeholder - loading - news single img
    Photoshoot/Divulgação

    Publicada em  

    Após o lançamento bem-sucedido de “Sex and Cigarettes” (2018), primeiro disco em quase uma década de Toni Braxton, a cantora voltou este ano com a estreia de seu décimo álbum de estúdio. Além de faixas inéditas, “Spell My Name” – lançado no último dia 28 de agosto – também conta com a participação da rapper Missy Elliott e da cantora de R&B H.E.R.

    Veja também: Álbuns do Momento: Sex and Cigarettes, de Toni Braxton 

    Com oito faixas e um remix, a obra já foi descrita pela crítica especializada como “um disco encorpado que exibe o alcance vocal e estilístico de Braxton” (The Guardian) e possivelmente o “álbum mais forte” (Variety) da cantora desde meados dos anos 90. 

    O álbum também traz colaboradores de longa data da cantora, como Antonio Dixon, com quem ela co-escreveu a faixa “Dance”, por exemplo – o artista também é co-autor de “Long As I Live” (2018) e já trabalhou com Beyoncé, Ariana Grande e Alicia Keys

    Duas faixas do novo disco – “Falling” e “Happy Without Me” – já receberam comentários de Braxton no Twitter.  

    Confira abaixo:

    Falling

    Eu queria fazer uma música que fosse feliz e apaixonada. Todos nós temos medo de cair, mas caímos. E é uma conversa que estou tendo comigo mesma sobre me apaixonar”.

    carregando Tweet...

    “Happy Without Me”

    Às vezes, como mulheres alfa, temos que nos lembrar de recuar e deixá-las ser um homem. Às vezes, precisamos segurar sua mão”.

    carregando Tweet...

    Vulcão Nyiragongo: Crianças esperam reencontrar famílias

    Transcrito: 
    Centenas de milhares de pessoas fugiram após a erupção do vulcão Nyiragongo. Naomi perdeu de vista a família no meio do caos. Ela jamais esquecerá o momento em que o céu ficou vermelho.
     
    Naomi (criança deslocada): ”Disse à minha mãe: ’Olha, mãe, o vulcão entrou em erupção.’ Nós saímos e muitos estavam a fugir. Foi aí que nos perdemos uns dos outros. Eu estava apavorada. Estava a tremer. Não conseguia sequer correr para casa.”
     
    Muitas das 400 mil pessoas que fugiram vieram para a cidade de Sake. De acordo com a ONU, há quase mil crianças desaparecidas. Bahati Batitsie trabalha como voluntário para a Cruz Vermelha. Ate agora, ele e os colegas conseguiram encontrar as famílias de 700 crianças. Bahati tem 6 filhos e acolhe outras 3 crianças. São muitas bocas para alimentar.
     
    Bahati Batitsie Fidel (Voluntário da Cruz Vermelha): “Eu sacrifico o pouco que tenho, o que Deus me deu. É assim que alimento as crianças, mas é uma luta.”
     
    Muitas pessoas estão desesperadas. Bebem a água do lago que pode causar cólera. A equipe humanitária tenta oferecer o básico, como farinha.
     
    Bahati Batitsie Fidel (Voluntário da Cruz Vermelha): “As condições de vida são muito más. Não há comida nos mercados. Pessoalmente, não estou a ganhar nada, sou pobre.”
     
    Naomi acha que sabe onde podem estar os seus pais. Mas esse sítio fica longe e o transporte é caro.
     
    Naomi (criança deslocada): ”Depois de encontrar a minha mãe e o meu pai, gostaria de me mudar para cá, porque gosto de aqui estar."

    A brincar sobre a lava de uma antiga erupção. As crianças esperam rever as suas famílias em breve. 
    Veja também:

    1 D

    1. Home
    2. noticias
    3. ouca spell my name novo album …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.