alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Pesquisadores descobrem por que pessoas que utilizam cigarros eletrônicos estão ficando doentes

    Análises independentes conduzidas por um grupo de pesquisadores da Mayo Clinic podem aproximar os pesquisadores de uma conclusão.

    Placeholder - loading - news single img
    Pessoa fumando cigarro eletrônico (Foto: Pixabay)

    3364

    Publicada em  

    Durante meses, as autoridades de saúde dos EUA se esforçaram para descobrir por que mais de 800 pessoas desenvolveram doenças pulmonares e pelo menos 12 pessoas morreram devido a problemas relacionados ao vaping. As conclusões, no entanto, foram frustrantes. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), na semana passada, fez sua declaração mais forte até agora, dizendo que acredita que os produtos que contêm THC, o principal composto psicoativo da maconha, desempenham um papel no surto - mas mesmo assim, nenhuma substância, produto ou dispositivo isolado foi descoberto como uma causa de todos os casos.

    Análises independentes conduzidas por um grupo de pesquisadores da Mayo Clinic, organização sem fins lucrativos dos EUA, podem aproximar os pesquisadores de uma conclusão.

    No que os autores dizem ser o primeiro estudo de biópsias pulmonares associadas ao surto, os pesquisadores analisaram 17 amostras de tecido de pacientes que adoeceram após o uso de cigarros eletrônicos. Cerca de uma dúzia utilizaram produtos contendo óleos de maconha ou cannabis e dois morreram. Os pesquisadores encontraram sinais de danos nos pulmões semelhantes aos que ocorreriam após a exposição a produtos químicos tóxicos, gases ou outras substâncias, de acordo com a correspondência publicada no New England Journal of Medicine.

    "O que vemos nesses casos de vaping é um tipo de lesão química grave que eu nunca vi em um fumante de tabaco ou em um fumante tradicional de maconha", disse o coautor da carta e patologista da Mayo Clinic, Dr. Brandon Larsen.

    Os resultados de 17 biópsias não se aplicam necessariamente a um surto de 800 pessoas e os pesquisadores não foram capazes de determinar com precisão quais produtos químicos poderiam estar causando o dano pulmonar que observaram. No entanto, a descoberta é significativa, pois enfraquece uma teoria proeminente sobre o que está causando doenças relacionadas ao vaping: acúmulo de gordura resultante da inalação de substâncias gordurosas, como óleos nos quais os agentes aromatizantes e compostos químicos nos produtos vaping às vezes são suspensos.

    A nova pesquisa não refuta completamente a ideia de que a inalação dessas substâncias está causando danos nos pulmões, mas questiona essa teoria. Em vez de acúmulo de gordura, os pesquisadores descobriram danos nas vias aéreas que eram indicativos de pneumonia e pareciam ter sido contraídos após a inalação de "uma ou mais substâncias tóxicas".

    O estudo é um passo importante, mas seus pesquisadores alertam que "os agentes responsáveis permanecem desconhecidos". À medida que as investigações continuam, vários estados promulgaram proibições aos cigarros eletrônicos, e as autoridades do CDC alertam os americanos a não usar o produto, pelo menos até determinar o que está causando o crescente número de doenças.

    As informações são da revista norte-americana Time

    1. Home
    2. noticias
    3. pesquisadores descobrem por …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.