Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Pink Floyd é o Artista da Semana

    Banda clássica é referência atemporal

    Placeholder - loading - news single img
    Pink Floyd – Direita para esquerda: Nick Mason, David Gilmour, Richard Wright e Roger Waters usando um cobertor rosa – Photoshoot/Divulgação

    Publicada em  

    O Pink Floyd foi uma banda de rock progressivo e psicodélico formada em Londres durante 1965. Os membros que fundaram o grupo foram Richard Wright, Nick Mason, Roger Waters e Syd Barrett. Confira mais sobre a história e carreira do lendário grupo abaixo, e você pode descobrir mais ouvindo o podcast do artista sobre o Pink Floyd clicando aqui.

    Veja também: Novo Letra e Tradução Another Brick In The Wall, Pt. 2, de Pink Floyd

    Waters e Mason se conheceram enquanto estudavam arquitetura em Londres e ambos tocavam músicas juntos de Keith Noble e Clive Metcalfe. Richard Wright também cursava arquitetura e se juntou ao grupo mais tarde, fechando um sexteto chamado Sigma 6. Richard performava a guitarra rítmica na época, já que o teclado estava raramente disponível. Em setembro de 1963, o guitarrista Bob Klose se juntou ao grupo e a posição de Roger foi alterada para baixista.

    Após isso, o grupo mudou diversas vezes de nome até chegar em Tea Set e Syd Barrett se juntou a banda. Noble e Metcalfe deixaram o Tea Set em 1963, por conta disso, Bob Klose apresentou o cantor Chris Dennis. A direção da banda mudou quando Dennis deixou o conjunto e Syd Barrett se tornou o líder. Assim que Bob Klose deixou o grupo, no final de 1965, Barrett também assumiu a guitarra. No mesmo período da saída de Klose, Syd descobriu que havia outra banda chamada Tea Set e alterou o nome do conjunto. 

    Após observar sua coleção de blues, o guitarrista referenciou os músicos Pink Anderson e Floyd Council. No fim daquele ano, a banda era chamada Pink Floyd Sounds. Em 1966, Peter Jenner – junto com seu parceiro de negócios, Andrew King –, se tornou agente da banda. Foi Jenner quem sugeriu que o grupo abandonasse a parte “sound” no nome, e assim, restou apenas Pink Floyd.

    Algum tempo depois, a EMI Records fechou um acordo com os músicos. Apenas em 10 de março de 1967 que o primeiro single dos artistas, “Arnold Layne”, foi realizado. Nesse ano, com o lançamento de mais singles, os artistas foram chamados para participarem de uma série de programas de TV e se apresentarem algumas vezes. Em uma dessas performances, foi notada a primeira mudança no comportamento de Syd Barrett, que já estava fazendo uso excessivo de LSD na época.

    Em 1967 também foi aprovado pela EMI o lançamento do primeiro disco do Pink Floyd, que foi realizado em agosto. “The Piper at the Gates of Dawn” alcançou o número 6 nas paradas britânicas e ficou durante 14 semanas no ranking. Algum tempo depois, aconteceu o colapso mental de Barrett. Após a primeira turnê desastrosa pelos Estados Unidos ter sido interrompida no meio, a condição do vocalista piorou drasticamente. O Pink Floyd, sem saída aparente após uma crise do artista em dezembro de 67, adicionou um quinto membro a formação.

    David Gilmour se tornou o segundo guitarrista e Syd passou a ser apenas compositor do grupo por pouco tempo, até se distanciar completamente dos outros membros. Em março do mesmo ano aconteceu uma reunião com os empresários e foi decidido que Barrett iria sair da banda. Com pouco tempo, o Pink Floyd passou toda direção lírica para Roger Waters.

    A banda retornou para o estúdio e gravou o segundo disco “A Saucerful os Secrets”. O álbum foi responsável pela introdução da musicalidade completamente autentica do Pink Floyd, e o primeiro com Gilmour. Após os lançamentos “Ummagumma” e “Atom Heart Mother”, David mostrou o verdadeiro potencial de sua força musical no LP “Meddle”, de 1971. Foi nessa transição que aconteceu a gravação de “The Dark Side of the Moon” um dos maiores trunfos na história da indústria musical.

    Após o lançamento do disco, a banda entrou em um hiato de dois anos por conta da exaustão causada pelo fenômeno que foi a produção. Apenas em 1974 que Roger viu algum conceito para trabalhar e compôs algumas canções que foram apresentadas em shows. O artista começou a sentir saudade do ex-membro Syd Barrett, que estava desaparecido. Foi seguindo essa experiencia que o LP “Wish You Were Here” foi realizado.

    Após o lançamento de mais um álbum com grande conceito, “Animals”, em 1978 o grupo estava passando por uma crise financeira. Roger Waters já estava com uma ideia chamada “Bricks in the Wall”. Com a coprodução de Bob Ezrin, os artistas roteirizaram uma história dividida em três partes de um personagem chamado Pink. Esse disco também marcou a demissão de Richard Wright do grupo. “The Wall” foi realizado com apoio do single “Another Brick in the Wall (Part II)”.

    Após a realização de mais alguns trabalhos, as tensões entre Roger Waters e David Gilmour foram expostas ao mundo. Aconteceram uma série de disputas legais entre Roger e os membros do conjunto, até que deixasse a banda. Essa cisão foi crucial para o enfraquecimento do Pink Floyd, que sofreu diversas restrições na produção do disco seguinte, “A Momentary Lapse of Reason”, composto e escrito apenas por Gilmour.

    Waters dificultou muito as apresentações do grupo em turnês, além de, mesmo com o retorno de Richard Wright, os membros estavam instáveis. Porém, os integrantes remanescentes do Pink Floyd, Wright, Gilmour e Mason, se reuniram para uma última produção em 1994. O LP era pensado em como aconteceu a grande cisão do que é o Pink Floyd, desde o desaparecimento de Syd Barrett até a partida de Roger Waters. “The Division Bell” foi o último disco do Pink Floyd com a formação ativa e a turnê derradeira do LP terminou em 1994.

    Em 7 de julho de 2006, Syd Barrett faleceu em sua casa em Cambridge, aos 60 anos de idade. Dois anos depois, em 15 de setembro de 2008, Richard Wright foi vitima de uma forma não revelada de câncer. Em 2014, o último disco do grupo foi lançado “The Endless River” e Gilmour finalizou a divulgação do álbum dizendo que este era o fim do conjunto. Tanto David, quanto Roger Waters e Nick Mason continuam suas carreiras solo. O Pink Floyd continua vivo na memória dos fãs e seu legado é eterno. Quer conhecer mais sobre a história do Pink Floyd e ouvir alguns de seus principais sucessos? Então não deixe de conferir nosso Podcast do Artista clicando aqui!

    1. Home
    2. noticias
    3. pink floyd e o artista da …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.