Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Procurador-geral Aras é mais um que participou de posse de Fux no comando do STF e está com Covid-19

    Placeholder - loading - Procurador-geral da República, Augusto Aras 02/10/2019 REUTERS/Adriano Machado
    Procurador-geral da República, Augusto Aras 02/10/2019 REUTERS/Adriano Machado

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Ricardo Brito e Lisandra Paraguassu

    BRASÍLIA (Reuters) - O procurador-geral da República, Augusto Aras, foi diagnosticado com Covid-19, informou a assessoria de imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR), engrossando a lista de autoridades que foram infectados pelo novo coronavírus.

    'O procurador-geral da República testou positivo para Covid-19. O resultado do exame saiu nesta quinta-feira. Augusto Aras passa bem e está em isolamento, despachando remotamente', informou o órgão.

    Na quinta-feira passada, Augusto Aras participou presencialmente da posse do novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux. Várias autoridades que participaram da solenidade, incluindo o próprio Fux, foram infectados pelo novo coronavírus que causa a Covid-19.

    Além de Fux e Aras, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Maria Cristina Peduzzi, e os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luis Felipe Salomão e Antonio Saldanha estiveram no ato e posteriormente pegaram Covid-19. Não é possível saber, entretanto, se eles foram infectados na solenidade.

    Mais cedo, a Presidência do STF divulgou uma nota à imprensa acerca da contaminação de autoridades pelo novo coronavírus no qual presta solidariedade e votos de ampla recuperação, além de detalhar medidas adotadas para o evento da semana passada.

    'O Tribunal destaca que todas as medidas de segurança, protocolos e procedimentos recomendados pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde foram adotados rigorosamente para a realização da solenidade de posse da nova gestão (2020-2022)', informou.

    A nota disse que somente 20% dos assentos do plenário do Supremo foram ocupados; houve obrigatoriedade do uso de máscaras; todos os presentes foram submetidos à medição de temperatura corporal; dezenas de totens com álcool-gel foram alocados em pontos estratégicos do tribunal; além de outras providências, como plantão médico e UTI móvel, foram tomadas.

    O Supremo disse ainda que, por meio do setor de cerimonial, está em contato com os convidados para alertá-los a buscar o serviço médico, em caso de exposição.

    A Reuters confirmou com a assessoria do STF que houve 157 diagnosticados com Covid-19 como um todo no Supremo desde o início da pandemia. A maioria das contaminações, no entanto, ocorreu fora do tribunal porque quase todos os servidores estão em home office, acrescentou a assessoria.

    'O STF, desde o início da pandemia, tem demonstrado elevado senso de responsabilidade, seja ao dar prioridades aos julgamentos de casos que envolvam a Covid-19, seja ao implementar trabalho remoto para seus servidores e colaboradores ou mesmo ao implementar ferramentas tecnológicas que permitam a efetiva prestação jurisdicional, preservando o distanciamento social e a segurança dos operadores do Direito', disse a assessoria do STF na nota.

    'De qualquer forma, ainda que esteja segura quanto às medidas de precaução adotadas dentro de suas instalações, a Corte Suprema brasileira estuda novos procedimentos para tornar ainda mais segura a presença de servidores e visitantes do STF', concluiu.

    Os presidentes dos Três Poderes já contraíram a Covid-19. Além de Fux, os presidentes da República, Jair Bolsonaro, e do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) também foram infectados.

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia 6 músicas internacionais que têm samples de outras canções

    6 músicas internacionais que têm samples de outras canções

    Sample é um termo bastante conhecido no mundo da música, especialmente por compositores, cantores e gravadoras. Mas a verdade é que isso talvez seja algo que esteja guardado apenas para os profissionais da área. Sendo assim, esta matéria foi preparada para informar o leitor, com uma linguagem fácil para todos tenham conhecimento.

    A criação de uma música é muito mais complicada e detalhada do que o ouvinte comum acha. O glamour para os cantores e bandas, como premiações, discos de ouro e platina são apenas o final de um trabalho longo e extenso. Como, sabemos que para uma produção de música, uma equipe com vários profissionais é acionada.

    Para entender o sample, devemos voltar lá na origem do artificio, que teve notoriedade na década de 80, justamente com o crescimento das músicas eletrônicas e os arranjos, em versões de remix.

    Por mais moderno que possa parecer, uma técnica de samplear as faixas musicais são muito mais antigas do que pensamos. As primeira tentativas e estudos originaram o termo, surgiram na década de 40.

    Os franceses teóricos da música Pierre Schaefer e Pierry Henry, foram os pioneiros na preparação da chamada Musique Concrèt, que em resumo é arte de modificar um som.

    Como o próprio diz, o significado de Sample, do inglês para o português é basicamente “amostra”, e essa amostra é uma forma utilizada pelos produtores, em uma criação musical. Diferente do remix, o sample é uma base de um faixa já existente. Para deixar mais fácil para o entendimento.

    Quando um musico pega um violão para compor as primeiras notas de uma obra, ele levará para uma gravadora e produtor musical, e incluir aquele curto trecho instrumental na canção. Essa gravação do violão é uma amostra fica gravada, para o inicio da criação.

    O Sample não está limitado apenas nas gravações instrumentais, mas as vozes são muito presentes também. Muitos produtores usam de uma musica já existente para a elaboração de uma nova.

    Por isso, em algumas situações, é notório quando o ouvinte aprecia uma canção, e assemelha a mesma com outra. Assim, ‘samplear’ pode ser considerado uma forma de homenagear o criador.

    Músicas que utilizam sample

    Madonna - 'Hung Up'

    Do ritmo conhecido e apreciado por muitos, o single ‘Gimme ,Gimme, Gimme’ da banda aclamada ABBA, a diva Madonna, não economizou na homenagem ao grupo sueco. ‘Hung Up’ virou de fato um sucesso em 2005, e talvez poucos sabiam dessa similaridade.



    Confira a versão do ABBA:



    Beyoncé - 'All Night'

    A base feita pela estrela Beyoncé em ‘All Night’ foi de fato uma bela combinação com ‘Spottieottiedopaliscious’. A canção original veio da dupla de rappers americanos, Outkast.



    Confira a versão da dupla Outkast:



    Jennifer Lopez - 'Jenny From The Block'

    O grupo americano de hip hop, The Beatnuts, emprestou um de seus exemplares, ‘Watch Out Now’, para a cantora, compositora e atriz Jennifer Lopez. A batida presente na canção da J.Lo é mais um exemplo da utilização do sample. E vale ressaltar que isso não falta de criatividade, e sim uma admiração e homenagem.



    Confira a versão do grupo The Beatnuts:



    Ariana Grande - '7 Rings'

    Ariana Grande voltou ao passado e utilizou 'My Favorite Things', do clássico 'A Noviça Rebelde' em sua música "7 Rings".    

    8 H
    1. Home
    2. noticias
    3. procurador geral augusto aras …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.